logo

sábado, 16 de maio de 2015

[polícia] Batida entre duas motos homem morto na RN que liga Felipe Guerra a BR 405

Segundo informações duas motos trafegava na RN 032, quando se chocaram frontalmente, uma pessoa morreu no local, já outra foi socorrida para mossoró e também faleceu.

Matéria reformulada.
Mais informações a qualquer momento..

[educação] Universitários apodienses decidem ir novamente as ruas na próxima segunda-feira

A classe estudantil de Apodi se reuniu na tarde de hoje, em assembléia, para discutir a respeito da proposta imposta pela prefeitura da cidade, após as reivindicações da última segunda-feira.

A proposta colocada pela prefeitura seria o repasse de 27 mil para a AENTS (Associação Estudantil do Nível Técnico e Superior). A proposta foi colocado em votação e a maioria da classe decidiu dizer não a votação no momento. A reunião durou cerca de 2 horas e o debate foi bastante aguçado devido a divergência de opiniões.

A classe estudantil quer que o prefeito volte a enviar os cerca de 47 mil que antes eram empregados no projeto Transformação. A opinião dos universitários é que a entidade fique responsável pelo dinheiro, não passando por terceiros, tampouco com licitação, mas sim uma espécie de convênio, assim como funciona com a APAMI (maternidade da cidade). Com o repasse todo o dinheiro iria direto para a conta da associação, livrando-se de impostos.

Apesar do presidente da entidade, Givaldo Torres, ser a favor da aprovação do proposta, a maioria dos estudantes disseram não, pois entendem que com o aumento do número de alunos não pode haver regressão. Pulando de 47 para 27 mil reais de investimento, mesmo com aprovação orçamentária da câmara.

Com a não votação a classe os estudantes saíram decididos a marcar uma audiência pública com o prefeito Flaviano Monteiro, sem atravessadores e que já na próxima segunda-feira um outro protesto será realizado para pressionar o poder público a ceder as reivindicações da classe.

Desta vez o protesto acontecerá pela manhã em frente a prefeitura da cidade, com o intuito de dialogar com o prefeito. Os universitários exigem diálogo.

Entenda o caso
A discussão deste caso gira em torno do atual prefeito da cidade, Flaviano Monteiro, haver prometido e falado, durante campanha, que era um absurdo os filhos de Apodi passar na faculdade e ter que gastar, 50, 60 ou 70 reais por mês para ir cursar o ensino superior em outra cidade. Este discurso de campanha o fez com que, ao assumir o cargo em 2013, enviasse um projeto para a câmara, denominado Transformação, que autorizava o poder público a dá gratuidade a classe universitária.

O projeto já está parado a 7 meses, ou seja, não houve mais o repasse do investimento que girava em torno de 50 mil reais mensais e os universitários hoje estão reivindicando para que a verba possa ser restabelecida, só que dessa vez, o valor deve ser repassado diretamente para a entidade, o que gerará mais autonomia.

Veja mais assuntos relacionados a este tema acessando o link: Universitário apodienses.

[saúde] Chá de Jaramataia é destaque no programa Resenhas do RN da TV Costa Branca

[polícia] Chacina deixa quatro pessoas mortas em Limoreiro do Norte no Ceará

Os crimes ocorreram na noite da sexta-feira, 15 de maio, em um Bar, na comunidade de São Raimundo, próximo a Subestação da Coelce.

Conforme informações preliminares chegadas a redação quatro pessoas foram vitimas de homicídio que foi registrado na noite da sexta-feira, 15 de maio, em Limoeiro do Norte.

O crime teria ocorrido na comunidade de São Raimundo, em um Bar próximo a subestação da Coelce, quatro homens fortemente armados, teria chegado um veiculo, ainda sem identidade, e se aproximado de quatro homens que estavam em um Bar, aonde efetuaram vários disparos deixando quatro mortos

A policia encontra-se no local realizando o levantamento do nome das vitimas que foram a óbito e do homem que foi levado para atendimento no hospital regional.

[segurança] Sistema de monitoramento de câmeras em Apodi poderá acabar

O sistema de monitoramento de câmeras em Apodi, instalado no final do ano passado, poderá ser extinto, tudo porque a prefeitura do município não cumpriu com o acordo que foi realizado entre a CDL, Companhia e o poder público municipal.

Relembrando
Em outubro do ano passado a CDL, juntamente com a companhia, fizeram a inauguração da implantação do sistema de monitoramento de câmeras de Apodi, na oportunidade estiveram presentes várias autoridades da cidade e do Estado. O projeto contou com o apoio do CDL e de alguns bancos do município.

A prefeitura, representada pelo Secretário de Gabinete Pedro Junior, falou que a licitação para contribuir com a doação de 3 câmeras para o sistema não tinha sido possível no prazo estabelecido pela CDL, mas que já haviam aberto a licitação e que logo estariam adquirindo as câmeras. A licitação já foi aberta, mas não vigorou e até o momento não foram adquiridas as câmeras.

Hoje a companhia ainda aguarda o investimento público bem como também pede que seja arcado com a manutenção das mesmas que é de 1 salário mínimo e meio.

Entrevista
Ontem (15), o blog do Jair Gomes entrevistou o proprietário da empresa, JC Segurança Eletrônica, responsável pelo monitoramento das câmeras, Willian Idno que é Técnico em Automação Industrial, o qual falou sobre o caso.

Idno disse que há seis meses faz a manutenção das câmaras de graça. "A seis meses implantei as câmaras e faço essa manutenção do monitoramento sem ganhar nem um valor, isso porque estou esperando a prefeitura cumprir com a parte dela, que foi acordada em reunião entre ela, CDL e Companhia." O acordo foi de que a CDL daria a maior parte das câmaras, que custaram 40 mil reais, a Companhia realiza o sistema de segurança e a prefeitura custeia a manutenção.

Segundo Idno o valor necessário para se implantar uma câmera é de 10 mil reais. Já para a manutenção é preciso um salário mínimo e meio. "O sistema que implantamos no ano passado suporta até 40 câmeras, mas atualmente só temos 6, o que é usado para cobrir os principais pontos de Apodi", disse.

O blog também foi ouvir o Capitão Carvalho para saber mais detalhes. "O sistema de monitoramento hoje é exemplo para o Estado. Por aqui já veio o prefeito de Mossoró, Felipe Guerra e Pau dos Ferros. Na próxima semana receberemos os prefeitos de Caicó, João Câmara, Assú e Extremos".

"Além de prefeitos também vieram o Coronel Avibar, que hoje é Secretário de Segurança de Mossoró e o Major Macedo, chefe do Siospe de Natal. Eles ficaram impressionado com a qualidade das câmeras que a gente tem aqui," comentou o capitão.

Apesar de todos essas pessoas já terem ido visitar o sistema o prefeito de Apodi, Flaviano Monteiro não compareceu ao local.

Resultado
Hoje o sistema de monitoramento conta com 6 câmeras espalhadas em vários pontos da cidade, mais suporta até 40 no total. Segundo Marcos Carvalho elas já tem servido para revelar alguns autores de furtos na cidade, além de serem responsáveis pela diminuição destes. "Em janeiro de 2013, quando as câmeras ainda não haviam nem implantas nós registramos 8 furtos, já em janeiro de 2014 quando já tínhamos as câmeras nós só registramos apenas 1", disse ele.

Veja outras matérias relacionadas ao assunto:

[segurança] Fim de semana começa com 5 mortes e 11 feridos em estradas do RN

O fim de semana começou violento nas estradas que cortam o Rio Grande do Norte. Cinco pessoas morreram e 11 ficaram feridas em quatro acidentes registrados ao longo desta sexta-feira (15) nos municípios de Monte Alegre, Caiçara do Rio do Vento, Lajes Pintadas e Jardim do Seridó. As informações são do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual e Polícia Rodoviária Federal.

Um dos acidentes aconteceu por volta das 20h na RN-088, entre as cidades de Jardim do Seridó e Parelhas, na região Seridó do estado. Uma caminhonete e um Gol colidiram frontalmente. O motorista do Gol, identificado como Pedro Paulo Fernandes, de 64 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Outras 11 pessoas, que estavam todas na caminhonete, ficaram lesionadas. Destas, uma foi atendida ainda na beira da pista, sete levadas ao hospital - atendidas e em seguida liberadas - e as demais permanecem internadas. Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, a caminhonete seguia para uma festa de aniversário na cidade de Santana do Seridó, que fica na mesma região.

Outro acidente que também deixou uma pessoa morta aconteceu na RN-023, no município de Lajes Pintadas, a aproximadamente 130 quilômetros de Natal. Gabriel Moreira da Silva, de 20 anos, pilotava uma motocicleta quando bateu em uma carroça de atração animal.

O acidente mais grave aconteceu à tarde, na BR-304, em Caiçara do Rio do Vento, município da região Central potiguar. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, uma peça de um caminhão teria se soltado – atingindo em cheio um casal que estava em uma motocicleta logo atrás. Morreram na hora José Etevaldo Neres, de 34 anos, e Maria Risonete de Assunção, de 36.


Mais cedo, na RN-316, no município de Monte Alegre, na região Metropolitana da capital, a vítima foi uma bancária de 31 anos. Michelle Maria da Cunha Custódio de Barros conduzia um Honda Civic quando o carro foi atingido por um caminhão. Ela morreu na hora. O marido da bancária também estava no automóvel, mas escapou sem ferimentos. A polícia ainda não sabe quem causou o acidente.
Fonte: G1

[cotidiano] Mulheres dirigem melhor do que os homens, diz estudo

Acabou a conversa de que os homens são muito mais eficientes ao volante do que as mulheres.

Ao menos é essa a conclusão de um estudo feito pela Privilege Insurance, empresa de seguros do Reino Unido, que monitorou 50 motoristas de dentro do carro e mais 200 pelo lado de fora, num dos cruzamentos mais congestionados de Londres, o Hyde Park Corner.

O resultado final das mulheres foi de 23,6 pontos de um total de 30, enquanto os homens obtiveram apenas 19,8.

Os aspectos em que as mulheres se sobressaíram, notoriamente, foram relacionados à segurança ao dirigir, se submetendo a menos riscos do que os homens.

Veja abaixo um comparativo com as porcentagens de avaliados em alguns itens:

Velocidade apropriada ao se aproximar de um semáforo
Mulheres: 75%
Homens: 55%

Parar com segurança na luz amarela
Mulheres: 85%
Homens: 44%

Impacto negativo noutros motoristas
Mulheres: 54%
Homens: 73%

Sinalização adequada
Mulheres: 96%
Homens: 82%

Uso adequado dos retrovisores
Mulheres: 79%
Homens: 46%

Observação efetiva ao fazer manobras
Mulheres: 71%
Homens: 82%

Dirigir muito próximo ao veículo da frente
Mulheres: 4%
Homens: 27%

Manter-se no limite de velocidade da via
Mulheres: 89%
Homens: 86%

Manter-se em velocidade adequada para a situação
Mulheres: 64%
Homens: 64%

Ter o controle do veículo
Mulheres: 96%
Homens: 100%

Cortar curvas
Mulheres: 43%
Homens: 68%

Falar ao telefone ou mandar mensagem ao volante
Mulheres: 16%
Homens: 24%

Cortar perigosamente os outros veículos no trânsito
Mulheres: 1%
Homens: 14%

Causar obstrução na via
Mulheres: 16%
Homens: 25%

[cotidiano] RN recebe nota 0 em ranking que mede transparência de Estados

Em comemoração aos três anos de vigência da Lei de Acesso à Informação, no dia 16 de maio, a Controladoria-Geral da União (CGU) lançou, na manhã desta sexta-feira, em Brasília, índice que mede a transparência pública em estados e municípios brasileiros. É a Escala Brasil Transparente (EBT), metodologia criada pela Controladoria para avaliar o grau de cumprimento às normas de Lei de Acesso (Lei 12.527/2011).

No Rio Grande do Norte, o Poder Executivo de quinze cidades (9% do total de municípios) passou pela avaliação de transparência. A capital, Natal, ficou com nota 7,64 e Passagem alcançou 2,50, enquanto treze cidades tiveram nota zero.  A nota do Estado (resultado da avaliação do índice de transparência do Poder Executivo estadual, sem influência do resultado dos municípios) foi zero. O Rio Grande do Norte está ao lado do Amapá, nas duas últimas posições do ranking nacional.

No total, foram analisados 492 municípios com até 50 mil habitantes, incluindo todas capitais, além dos 26 estados e do Distrito Federal. Todos os entes avaliados receberam uma nota de 0 a 10 pontos, calculada pela soma de dois critérios: regulamentação da Lei de Acesso (25%) e efetiva existência e atuação do Serviço de Informação ao Cidadão (75%). A ideia da metodologia é refletir sobre o cenário de transparência em todo o Brasil.

A criação de uma nota gerou um ranking dos entes avaliados. Segundo a escala, os estados do Ceará e de São Paulo são os mais transparentes do país, ambos com nota máxima. Eles são seguidos do Paraná, de Sergipe, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, com notas 9,72; 9,31; 9,17 e 9,17, respectivamente. Em contrapartida, Amapá e Rio Grande do Norte figuram no final da lista com notas zero.

Em âmbito municipal, Apiúna (SC) e São Paulo (SP) receberam nota dez. Contudo, 63% dos municípios avaliados tiraram nota zero e cerca de 23%, entre um e dois. Apenas sete municípios, tiraram notas entre nove e dez (1,4%), sendo cinco da região Sul. No caso das capitais, os três mais transparentes foram São Paulo (SP), Curitiba (PR) e Brasília (DF), com notas 10; 9,31; e 8,89, respectivamente. Macapá (PA), Porto Velho (RO) e São Luís (MA) não pontuaram.

Os entes que tiraram nota baixa e tiverem dificuldades na implementação da Lei de Acesso podem entrar em contato com a Controladoria para pedir auxílio ao órgão pelo Programa Brasil Transparente. Criado em 2013, o programa ajuda estados e municípios na aplicação de medidas de transparência, a partir de capacitações, distribuição de material, apoio no desenvolvimento dos Portais da Transparência locais e cessão do código-fonte do Serviço Eletrônico de Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC).

Com o resultado da EBT, a CGU visa aprofundar o monitoramento da transparência pública e gerar um acompanhamento das ações realizadas por estados e municípios. Ainda no 2º semestre deste ano, a Controladoria pretende realizar nova avaliação da EBT. A expectativa é ampliar a amostra e também permitir a inscrição para os municípios que queiram ser avaliados pela CGU.

[cotidiano] Site termina de vez relacionamentos amorosos a partir de R$ 15

Terminar um relacionamento é difícil, mas nada que o dinheiro não possa resolver. A empresa australiana “Sorry it’s over” pode colocar um ponto final em seu namoro, noivado ou casamento da forma que você desejar: via SMS, email, telefone… O serviço de SMS ou email, por exemplo, custa US$ 5 (cerca de R$ 15). Já o telefonema está avaliado em US$ 12 (aproximadamente R$ 36). Se o contratante preferir que algum representante da companhia termine pessoalmente, o valor sobe um pouco: US$ 66 (R$198).

“Nunca é fácil separar, então vamos fazer seu o trabalho sujo. Por que se preocupar dizendo adeus ao seu amor? Quem precisa de dor e quem tem tempo? Por que olhar nos olhos dele? Ninguém quer lidar com toda a gritaria, choro e apelos emocionais de ‘apenas mais uma chance’”, avisa o site.

Ficou curioso? O site usa frases clichês para fazer o “trabalho sujo”. O email vem com a seguinte mensagem: “Sinto que somos muito diferentes. Não é você, sou eu. Não há mais química. Espero que você fique bem. Ainda podemos ser amigos”.

E não para por aí. O portal tem como slogan as seguintes frases: “O coração foi feito para ser quebrado” e “Não chore porque acabou… Sorria porque isso aconteceu”.

[polícia] Pai é condenado à prisão perpétua após jogar filha de penhasco para evitar pagar pensão alimentícia

Um homem foi condenado por homicídio nos Estados Unidos por ter matado a filha de quatro anos ao atirá-la de uma falésia. Tudo porque não queria ter de pagar pensão de alimentos à mãe da menina, de quem estava separado desde a gravidez.

A relação entre os pais da pequena Lauren nunca foi pacífica. Depois da notícia da gravidez, que não foi planeada, o homem insistiu com a mãe para que esta abortasse. Mas a mulher nunca acedeu ao pedido e prosseguiu com a gestação.

Separados, a mãe intentou uma acção em tribunal para exigir o pagamento de uma pensão de alimentos para a filha. O pai ficou furioso por ser obrigado a pagar 1200 dólares por mês para contribuir para as despesas com a filha.

Passaram 15 anos desde que Cameron Brown, hoje com 53 anos e antigo funcionário de aeroporto, atirou a filha para a morte de uma altura de 36 metros. Só agora foi condenado por homicídio, já que os júris anteriores no julgamento não tiveram decisões unânimes. A dúvida recaia sobre se seria crime ou acidente, já que Brown alega que a menina estava a correr e caiu acidentalmente.

Mas investigações recentes provaram que o local onde a menina caiu não poderia resultar de uma queda acidental, mesmo que tivesse caído a correr. O local mostra que foi atirada por alguém. Além disso, tendo em conta o conflito na altura entre os pais e o facto de o homem rejeitar a filha, não fez sentido para os jurados que ali tivesse levado a menina a passear.

Durante o veredicto do júri no Supremo Tribunal de Los Angeles, a mãe da menina, Sarah Key-Marer, não segurou as lágrimas ao ouvir a decisão que esperava há década e meia. Já o homem não mostrou qualquer sinal de emoções durante a leitura.

Segue-se agora a sentença do juiz, que pode condenar o homem à pena máxima de prisão perpétua sem direito a condicional.

[educação] Aluno com isenção de taxa que faltar ao Enem perderá benefício

Portaria do Ministério da Educação publicada ontem (15) no Diário Oficial da União determina que candidatos isentos de taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que não comparecerem nos dois dias de provas sem justificar a ausência, perderão o benefício para a próxima edição.

O anúncio da nova regra foi feito na quarta-feira (14) pela pasta. O objetivo, segundo o governo, é diminuir os índices de abstenção e, com isso, evitar o desperdício de dinheiro público. “As ausências injustificadas de candidatos inscritos no Enem importam, anualmente, em prejuízos vultosos ao Erário”, informou a portaria.

Na edição do Enem do ano passado, dos 8.721.946 alunos inscritos, 2.494.477 faltaram aos dois dias de prova. O número representa índice de abstenção de 28,6%. A maior parte dos faltosos é composta por estudantes isentos da taxa de inscrição.

O ministro da Educação, Renato Janine, destacou que quase 30% das provas do Enem são impressas e transportadas, com infraestrutura e segurança previstas, para alunos que não comparecem. A pasta ainda vai definir quais serão as justificativas aceitas para a ausência de alunos nas provas.

[cotidiano] Definido conversor de TV digital destinado a beneficiário do Bolsa Família

Cerca de 14 milhões de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família vão receber um conversor de TV digital com grande capacidade de interatividade. O equipamento foi apresentado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) como consenso após uma série de discussões entre governo, empresas públicas e privadas de radiodifusão e grupos de telecomunicações.

O Grupo de Implantação da Digitalização da TV (Gired), liderado pela Anatel, decidiu hoje (15), depois de uma reunião que durou cerca de oito horas, na sede da agência, em Brasília, que o conversor terá interatividade pelo padrão Ginga C, 512 kilobytes (Kb) de memória e 2 Gigabytes (Gb) de memória flash. Isso significa um aparelho que vai atender plenamente às necessidades das famílias.

Segundo André Barbosa, superintendente Executivo de Relacionamento da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), responsável pelo Brasil 4D, projeto-piloto que permite a alguns beneficiários do Bolsa Família, a decisão de hoje inaugura a possibilidade de uma TV que não apenas disponibilize bons programas, mas também serviços, por meio de aplicativos e vídeos para as pessoas.

De acordo com Barbosa, com o conversor acoplado à televisão, o beneficiário poderá fazer consultas sobre vagas de emprego, capacitação profissional, serviços públicos nas áreas de saúde, educação, segurança e transporte, além de serviços bancários, cursos técnicos e de educação financeira.

“Esta é a mudança na sua televisão. Não é só ver o programa preferido, o jogo de futebol, o noticiário. Mais do que isso, é ter informações que você precisa, que estão à sua disposição e que antes só estavam na internet e, agora, passam a estar na tela da televisão”, disse.

Embora ainda não tenha sido anunciado o custo de cada conversor, Barbosa acredita que ele deve ficar em torno de R$ 130, incluindo a antena. Uma licitação será feita para a aquisição das “caixinhas”, que começarão a ser instaladas no próximo ano, gratuitamente, nas casas dos beneficiários do Bolsa Família residentes das capitais e, até 2018, em todo o país, informou.

Para o superintendente da EBC, alguns detalhes no equipamento poderiam ser melhorados, por exemplo, uma capacidade maior de memória. Apesar disso, Barbosa garantiu que o modelo escolhido atenderá às necessidades iniciais de cada família. O superintendente destacou que o Brasil implementará um projeto novo no mundo e espera que ele possa ser levado a outras regiões que também tenham residências sem internet, como outros países da América Latina e da África.

[educação] Falta professor na escola municipal 12 de outubro há cerca de 15 dias, em Apodi


Dois vereadores do nosso município estiveram na manha desta sexta-feira, 15 visitando a Escola Municipal 12 de Outubro, que fica localizada no Bairro Malvinas, zona urbana de Apodi.

Na unidade de ensino são 376 alunos até o quinto ano, e após denuncia de uma popular os vereadores constataram que falta professor no turno da tarde ha uma semana.

Não é a primeira vez que isso acontece na unidade de ensino, na primeira vez a direção conseguiu contornar a situação, no entanto dessa vez a direção já encaminhou a secretaria essa questão, e espera resolução do problema recorrente. Enquanto o problema não se resolve, 24 alunos do quinto ano estão em casa esperando a solução.

Outro problema encontrado na escola, pelos parlamentares foram os banheiros que segundo os mesmos estariam impróprios, para uso de crianças.

[polícia] Universitários Caraubenses sofrem tentativa de assalto quando retornavam pra casa

O ônibus que faz a rota com estudantes Universitários da UERN e UFERSA, na noite desta sexta-feira, dia 15 de Maio, sofreu uma tentativa de assalto, na entrada que dá acesso ao sitio Mariana, zona rural de Caraúbas, na Região Oeste do Estado do Rio Grande do Norte.

De acordo com informações, quando o ônibus que levava os alunos de Caraúbas para as comunidades de Mariana, São Geraldo e Apanha Peixe, voltava pela RN 233, pouco antes da entrada para a comunidade de Mariana, não encontro a viatura da Polícia que faz a escolta dos alunos naquele setor. Local onde na noite anterior foram tomadas duas motos de assalto.

Na entrada para a comunidade de Mariana, alguns elementos colocaram uma barreira feita de cordas de um lado para o outro da estrada vicinal. Quando o motorista se aproximou avistou as cordas e não parou, seguindo pela RN 233. Os elementos, quando viram que o ônibus não ia descer, efetuaram disparos contra o veículo e graças a Deus não pegou em ninguém. Ainda de Acordo com informações, o GTO de Apodi foi acionado e está em diligencias em busca dos elemento.

As informações ainda são imprecisas e a qualquer momento a matéria poderá passar por atualizações.

Fonte: IcemCaraúbas

sexta-feira, 15 de maio de 2015

[polícia] Homem é assassinado após divulgar vídeo íntimo com mulher casada

Edivaldo José Lopes, de 39 anos, foi assassinado em Altamira, no Pará, dias após divulgar um vídeo em que aparece fazendo sexo com uma mulher casada. A Polícia Civil investiga o caso e o crime teria sido cometido pelo marido da jovem. A jovem permitiu que Edivaldo fizesse o vídeo, mas não que o divulgasse e chegou a registrar um boletim de ocorrência contra ele por constrangimento.

Lopes era lutador de jiu-jitsu e tinha fama de conquistador no local. Ele não sabia que a mulher era casada quando se envolveu com ela. Após o boletim de ocorrência, Edivaldo começou a receber ameaças de morte. O crime ocorreu no centro da cidade e os tiros foram disparados por duas pessoas em cima de uma moto, que fugiram em seguida.


[educação] Aluno do RN coloca hino de time em redação do Enem e paraibano mensagem de aniversário

A divulgação dos espelhos das redações do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) está causando questionamento sobre os critérios de avaliação do MEC (Ministério da Educação) quanto as notas obtidas pelos candidatos.

Dois estudantes do Rio Grande do Norte e da Paraíba escreveram brincadeiras nos textos e conseguiram obter notas acima de 600 pontos. Os candidatos citaram hino de time de futebol e a data do aniversário no contexto do tema "Publicidade infantil em questão no Brasil".

Apaixonado pelo time de futebol Flamengo, Francisco Elias da Silva, 26, do Rio Grande do Norte, disse que resolveu "homenagear" o rubro-negro e escreveu o hino no terceiro parágrafo da redação.

"Sabemos que a criança é repetidora daquilo que ouve e que vê. Quando eu era criança ouvi um hino que nunca mais esqueci, guardei na memória. Esse hino diz assim", escreveu Silva e em seguida colocou o hino do time. Apesar da brincadeira, ele conseguiu obter 660 pontos.

Silva mora na cidade de Alto Rodrigues (RN), localizada no Vale do Açu, e cursa Ciências Contábeis em uma faculdade particular no município de Assu.

"Essa foi a quarta vez que fiz Enem e observei que a nota que obtive em 2010 foi melhor do que a de 2013, mesmo eu achando que o texto não tinha sido tão bom quanto o outro. Ano passado tive a ideia para testar se corrigiram a sério mesmo a prova e vi que tem algo estranho", disse o estudante.

O paraibano Francinaldo Guedes Pereira, 16, contou que estava contagiado pelo clima de aniversário, pois completara ano no dia da redação, 9 de novembro, e citou a data.

"Esse tipo de propaganda no Brasil é permitido, são proibidos em alguns países porque a propaganda infantil é vista como atração de crianças a despertarem um querer pelo produto proposto. Que tem essa finalidade porque é meu niver". A redação de Pereira recebeu 600 pontos.

Ao pegar o caderno de redação, Pereira disse que se lembrou que outros estudantes haviam escrito receitas de bolo e de miojo na prova e resolveu fazer a brincadeira. Ele está cursando segundo ano do ensino médio e "como a prova era por experiência resolvi arriscar". "Me surpreendi com a nota", destacou.

Apesar de ter conseguido 600 pontos, Pereira disse que não vai colocar brincadeiras na redação do Enem deste ano. "Esse ano é pra valer".
Fonte: Portalnco

[política] Pesquisa eleitoral e avaliação de governo rondam as ruas de Apodi

Uma empresa de pesquisa esteve essa semana realizando uma pesquisa eleitoral visando a campanha do próximo ano. Além disto também foi questionado a avaliação de governo na esfera municipal, estadual e federal.

Comentam-se, na cidade de Felipe Guerra, que a pesquisa também rondou aquela região.

[segurança] Polícia Militar reforça segurança nas ruas de Apodi com o Ronda Escolar

A 2a Companhia de Polícia Militar de Apodi­-RN, sob o comando do Capitão Carvalho, está realizando em nossa cidade um excelente trabalho nas escolas, denominado de “PROJETO RONDA ESCOLAR”. O projeto com característica preventiva e ostensiva busca aproximar e facilitar ainda mais a presença da POLÍCIA MILITAR com a população escolar.

Após mapear as áreas de maior risco com problemas de ordem pública, de trânsito, entre outros, inicialmente a Ronda Preventiva Escolar irá atender escolas e creches. A Ronda é uma ferramenta a mais para trabalhar a favor da diminuição de ocorrências na área de segurança pública e garantir a segurança dos professores, funcionários, pais e alunos.

O Objetivo é orientar e restaurar, todos os estudantes, (crianças e adolescentes), resgatar os valores éticos, morais e espirituais, da vida pessoal, social e cultural, com motivação, propósito, disciplina e segurança no dia ­a dia, através da solidariedade, parceria, filantropia e palestras, vinculadas à qualidade de vida, sustentabilidade, cidadania, prevenção às drogas, violência, vandalismo, direitos e deveres (individual/coletivo) e educação no trânsito.

A sociedade civil organizada e o Sistema de Defesa Social com participação comunitária, convertem ideias e propostas em soluções de problemas que propiciam a prevenção, controle e redução dos indicadores de ilegalidades, melhorando a ciência e execução da Lei, a sensação de segurança e a qualidade de vida da população.

Fonte: Sentinelas do Apodi

[segurança] Após explodir caixa, ladrões fogem atirando pela ruas de Pendências no RN

A cidade de Pendências, na região Oeste potiguar, foi alvo de uma quadrilha especializada em explosão de caixas eletrônicos na madrugada desta sexta-feira (15). Após detonarem o terminal do Bradesco, o bando fugiu efetuando disparos pelas ruas próximas à agência. Segundo a Polícia Militar, todo o dinheiro foi levado. Ninguém foi preso.

Comandante da PM na região, o major Alberto Gomes contou ao G1 que o crime aconteceu por volta das 2h. Dinamite foi usada na explosão.

“Cinco homens armados invadiram o local e explodiram o terminal. Quando eles saíram de lá, fugiram atirando. Encontramos cerca de dez cápsulas de arma de fogo nas proximidades", afirmou o oficial.

O major disse ainda que a PM continua em diligência na busca pelos criminosos. Esta foi a terceira vez que a agência bancária de Pendências foi alvo de explosão.

[saúde] Saiba quais são os sintomas do zika vírus registrado no RN

O Ministério da Saúde confirmou, nesta quinta-feira (14) a circulação da doença no Rio Grande do Norte e na Bahia. A suspeita é que a doença foi trazida durante a Copa do Mundo de 2014, realizada nestes dois estados. A Secretaria do Estado da Saúde Pública (Sesap) afirmou que só ira se pronunciar sobre os oito casos da zika no Rio Grande do Norte apenas por nota.

s amostras foram encaminhadas aos laboratórios de referência do Instituto Evandro Chagas e ao Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos para avaliação. Análises, oito vindas do Rio Grande do Norte, foram feitas pelo Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que  já haviam indicado resultado preliminar para a presença do vírus.

Há ainda relatos, não confirmados, de pacientes do Maranhão, Pernambuco, Sergipe, Paraíba e Rio de Janeiro.

O material também foi coletado pela Fundação Oswaldo Cruz, na qual aplicaram testes moleculares desenvolvidos por países com maior incidência da doença e comprovaram que o material genético de oito delas era do novo vírus.

O Ministério da Saúde ainda afirmou que independente da confirmação de outras amostras para zika Vírus, é importante que os profissionais de saúde se mantenham atentos frente aos casos suspeitos de dengue nas unidades de saúde e adotem as recomendações para manejo clínico conforme o preconizado no protocolo vigente.

Sobre a doença

O que Zika, Chicungunha e Dengue têm em comum é que são transmitidas pelo mesmo mosquito, Aedes aegypti. Entretanto, a Zika é uma doença mais branda e cura mais rapidamente. O vírus não é tão forte quanto o da dengue ou da chicungunha e os pacientes apresentam um quadro alérgico. Sua evolução é benigna, com um período de incubação de aproximadamente quatro dias.

A doença é caraterizada por febre baixa, olhos vermelhos sem secreção e sem coceira, dores em articulação e erupção cutânea com pontos brancos ou vermelhos, dor de cabeça e dor nas costas. Os sinais e sintomas podem durar até 7 dias.

Os estudos apontam que 18% das pessoas com Zika vírus apresentarão manifestações clínicas da doença.

O tratamento é sintomático e baseado no uso de paracetamol para febre e dor, conforme orientação médica. Não está indicado o uso de ácido acetilsalicílico e drogas anti-inflamatórias devido ao risco aumentado de complicações hemorrágicas, como ocorre com a dengue. Orienta-se procurar o serviço de saúde para condução adequada.
Fonte: Portal no Ar

[polícia] Mulher atira no marido após ele se recusar a ajudar em tarefas de casa

Starlene Roth perdeu a paciência com o marido. Depois de ele se recusar repetidas vezes de ajudar nas tarefas domésticas, a moradora de Marysville (estado de Washington, EUA), pegou uma arma e atirou em Greg. A americana foi presa por tentativa de homicídio. 

"Ela não machucaria uma mosca", comentou surpresa Sherry Hill, vizinha do casal há 20 anos. "Eles são boas pessoas. Sempre achei que eles se davam bem", acrescentou. 

Por sorte, Starlene errou o tiro, disparado com uma 9mm semiautomática. Antes, a esposa havia atirado um vaso de vidro em Greg. O marido conseguiu sair de casa e evitar mais disparos.

"Ela é realmente uma boa pessoa", disse Brian Ashbach, advogado de Starlene. "Minha impressão inicial é que ela não tinha intenção de ferir", concluiu ele. 

De acordo com o boletim de ocorrência, a detida afirmou estar arrependida do que fez. A americana teve fiança estabelecida em US$ 250 mil.

[cotidiano] Foto de bebê com as 'sobrancelhas feitas' espanta a internet

Está circulando uma foto nas redes sociais da internet que tem deixado muitas pessoas de cabelo em pé: uma mulher segura no colo uma criança - aparentemente, com menos de 1 ano - com as "sobrancelhas feitas". Não está claro qual foi o método usado para desenhar as espessas sobrancelhas da menina.

As identidades da mulher - ela seria a mãe? - e do bebê são desconhecidas. Alguns internautas afirmam se tratar de uma boneca, que teria tido as sobrancelhas modificadas pela dona.

[educação] Idoso de 94 anos termina faculdade depois de começá-la 75 anos atrás

Um senhor de 94 anos será um dos mais velhos graduados na história da Universidade de West Virginia (EUA) quando receber seu diploma no domingo (17), segundo a agência de notícias Associated Press.

A instituição informou que Anthony Brutto, que estudou indo e voltando por um total de 75 anos, será agraciado com o título de bacharel em Regência de Artes durante a cerimônia.

Brutto entrou na universidade, pela primeira vez, em 1939, quando a mensalidade era US$ 50. Ele foi forçado a se afastar em 1942, quando serviu no Corpo Aéreo do Exército até o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945.

Em 1946, ele se rematriculou, mas não conseguiu terminar porque teve que cuidar de sua mulher doente.

Maquinista de profissão, Brutto disse que se formar na faculdade sempre foi importante para ele. Brincando, afirmou que vai fazer uma pausa antes de partir para o mestrado.

[cotidiano] Vibrou, celular é esquecido dentro de barriga de mulher após parto

Um caso incomum envolvendo um aparelho celular fez parte do noticiário da Jordânia. Em uma reportagem da emissora Ro'ya News , um ginecologista foi acusado de esquecer seu dispositivo na barriga de Hanan Mahmoud Abdul-Karim, 36 anos, que havia sido internada para fazer uma cesariana.

Segundo relatos da paciente e de membros da família, após dar luz ao bebê e retornar para casa, Hanan começou a se sentir muito mal. Os familiares então teriam percebido estranhas vibrações no abdômen da mulher. Ao voltar para o hospital, uma radiografia foi tirada, mostrando que um celular estava alojado na barriga dela. Hanan foi, então levada às pressas para o centro cirúrgico para a retirada do dispositivo.

Apesar de não terem ocorrido consequências mais graves em relação a saúde da paciente, o caso teve repercussões sérias no parlamento jordaniano. Um dos membros da casa, Salim Al Bataynah, chegou a pedir a renúncia do governo por desrespeito aos cidadãos. O porta-voz do Ministério da Saúde do páis, Hatem Al Azrae, por sua vez, afirmou que a história de Hanan poderia ter sido forjada, mas que o ministério estaria acompanhando o caso de perto. 

De qualquer maneira, a situação exemplifica bem o conselho de que "celular tem hora".

[educação] Candidatos do Enem terão de pagar mais por taxa de inscrição

A taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que não era reajustada desde 2004, passou de R$ 35 para R$ 63. O anúncio foi feito hoje (14) pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. Não pagam a taxa os estudantes concluintes do ensino médio que declararem pobreza.

O ministro disse ainda que o reajuste equivale à inflação no período e que a correção será mais frequente. "Vamos reajustar, não sei se anualmente, a cada dois ou três anos, até para que o valor não cause choque ou venha com surpresa, quando deveria vir com naturalidade", disse.

O secretário executivo do Ministério da Educação (MEC), Luiz Cláudio Costa, ressaltou que a taxa do Enem, mesmo com o aumento, permanece inferior à de vestibulares convencionais. Ele destacou que o exame permite ao estudante participar de diversos programas de acesso ao ensino superior.

O MEC anunciou também que será rigoroso com os estudantes isentos que não comparecerem para fazer o exame. De acordo com o órgão, quem não apresentar uma justificativa para a ausência, no exame seguinte, terá de pagar pela inscrição. O ministério vai definir ainda quais serão as justificativas aceitas. Segundo a pasta, do total de 8,7 milhões de estudantes inscritos, 2,5 milhões faltaram, um precentual de 28,6%.

"Não podemos jogar fora 2,5 milhões de provas como ocorreu no ano passado. Muito papel, muito dinheiro público." A maior parte dos faltosos é estudante isento da taxa de inscrição. Segundo o ministro, 65% não tiveram que pagar a taxa e faltaram no ano passado. Essa e outras medidas vão gerar uma economia de 20% nos gastos com o exame. Este ano, os estudantes que não compareceram ao exame do ano passado e são isentos não terão que pagar pela inscrição. Eles receberão uma mensagem, a mesma enviada no ano passado, alertando sobre o desperdício e convidando-os a participar da prova.

Perguntado se, ao cobrar a taxa dos estudantes pobres que faltarem ao exame, o MEC estaria desrespeitando a Lei 12.799/2013, que estabelece a isenção para os candidatos de baixa renda e alunos de escolas públicas, o ministro explicou que a lei trata de inscrição para a faculdade. "Entendemos que a lei trata da isenção da inscrição para a faculdade, não é do Enem [que é um exame mais amplo]. Existem princípios que estão na Constituição, de economicidade, de coibir desperdício", disse.

O Enem será aplicado nos dias 24 e 25 de outubro. As inscrições serão feitas pela internet, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do dia 25 deste mês ao dia 5 de junho. A taxa de inscrição deverá ser paga até o dia 10 de junho. No ano passado, cerca de 6,2 milhões de estudantes fizeram o exame. A expectativa é que 9 milhões se inscrevam este ano.

A nota no Enem pode ser usada para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que disponibiliza vagas no ensino superior público; o Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que garante vagas gratuitas em cursos técnicos. O exame também é pré-requisito para firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), obter bolsas de intercâmbio pelo Programa Ciência sem Fronteiras e certificação do ensino médio.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

[política] Cidadão envia denuncia para Câmara sobre transparência do poder publico

Responsável pela Denuncia - Igor Bandeira
Hoje, quinta-feira (14) de maio,  na Sessão legislativa da Câmara Municipal de Apodi, um cidadão natural de Apodi, fazendo uso de suas atribuições apresentou  uma denuncia a CMA, amparado em suas prerrogativas civis, onde o mesmo denuncia o descaso da municipalidade em não responder Requerimentos solicitados pelo legislativo, apresentando a casa denuncia de improbidade administrativa.

Veja a denuncia na integra:

A denuncia foi acatada pela maioria, e sorteado os membros da comissão que irão apurar a denuncia, ficando assim composta:

Titulares:
Genivan Varela (PC do B) - Membro
Laete Oliveira (PMN) - Presidente
Angelo de Dagmar (PP) - Relator

Suplentes
Raimundo Carlos Junior (PSB)
Bráulio Ribeiro (PROS)
Nilson Fernandes (PMDB)

Veja a matéria em que o denunciante embasou sua denuncia:

[política] Laete Oliveira mostra preocupação e propõe audiência publica para discutir recursos hídricos de Apodi

O vereador Laete Oliveira (PMN), fazendo uso da tribuna da Câmara Municipal no Grande Expediente, nesta quinta-feira, 14, o parlamentar mostrou-se preocupado com os recursos hídricos do nosso município, pedindo que a Câmara envie Requerimento para que se providencie uma audiência publica para debater junto aos órgãos do estado, já que muitos dependem dessa água da Barragem de Santa Cruz, afirmando que a sustentabilidade dos recursos naturais de Apodi precisa ser discutido.

Muitas empresas tem se instalado na nossa cidade, elas usam nossa água, nossos recursos e muitas vezes não deixam nada para o município. Utilizam nosso ouro (água) de forma desordenada. Disse o vereador  não tem nada contra as empresas que se instalam em Apodi, mas precisa se definir regras, quais são as prioridades, defendendo que compete aos poderes legislativo e executivo, criar instrumentos de controles desses recursos, dessas riquezas, que segundo ele não estão sendo usados de forma correta. “Estão vendendo nosso ouro a preço de banana”, disse o vereador. 

Laete afirmou que não tem nada contra a expansão urbana, desde que a mesma seja vendida de forma organizada, criticando que poços sejam cavados de forma sem controle, sem critérios, afirmando que uma legislação deve ser criada para controlar essas questões. “É preciso criar mecanismos para regularizar essa questão, pois estou muito preocupado com a falta de instrumentos que regularizem essas questões”, disse o vereador. 

“Precisamos de um gestor gerente, mas infelizmente ainda não tivemos”, lamentou Laete Oliveira.

[educação] Alunos são obrigados a ficar pelados em prova de faculdade

Para muitos estudantes, as provas finais geram estresse e ansiedade. Mas, nem todo professor pede para que todos da sala fiquem pelados (inclusive ele) à luz de velas: e é o que acontece na Universidade da Califórnia, em San Diego, segundo denunciou a mãe de uma das alunas do professor de Artes, Ricardo Dominguez. As informações são do Daily Mail.

Segundo foi reportado, para a prova final da disciplina de Dominguez, do Departamento de Artes Visuais, todos os alunos devem não só ficar pelados, como também se apresentar com “gestos que traçam e falam um pouco sobre seus lado erótico”.

A mãe de uma das alunas denunciou a prática, classificando-a como “perversão”, que a “causa ânsia”.

Porém, segundo o professor, não é realizada com intuitos secundários e, sim, para o encerramento dos estudos de “desempenho da arte e arte do corpo”. Dominguez também afirma que está à frente da disciplina há 11 anos e que nunca houve reclamações. “É tudo muito controlado... Se eles se sentem desconfortáveis com esse gesto, não devem entrar para a classe”, afirmou.

Membros do corpo docente e ex-alunos da universidade defendem a técnica. De acordo com a descrição do curso no site da faculdade, os alunos devem usar “autobiografia, sonho, confissão, fantasia ou outros meios de inventar a si mesmo de uma maneira nova, ou para evocar a variedade de egos em nossa imaginação”.

[segurança] Índices de criminalidade caem no RN após cinco anos de crescimento

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesed) realizou na manhã desta quarta-feira (13), no 1º andar do Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp), no Centro Administrativo, mais uma reunião de monitoramento da Câmara Técnica de Mapeamento dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Na ocasião, a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminal (Coine) divulgou o Relatório Info-Estatístico Analítico de Ocorrências e Ações do Rio Grande do Norte referente ao mês de abril e o acumulado no primeiro quadrimestre de 2015.   

Os números mostram que, nos primeiros meses deste ano, o policiamento ostensivo nas ruas conseguiu reduzir os índices de furtos, roubos e lesões corporais, bem como o número de crimes violentos letais intencionais, quando comparados com o mesmo período do ano passado.   

O relatório aponta que, as ações integradas da Polícia Militar e Polícia Civil, conseguiram reduzir, consideravelmente, o número de roubos no primeiro quadrimestre 2015, se comparado com o mesmo período em 2014, apresentando uma queda de 14,98%, ou seja, 790 ocorrências a menos do que no ano passado. O número de lesões corporais também caiu em relação ao mesmo período do ano passado, com uma queda de 8,73%.   

Além das ações e operações realizadas pela Secretaria, o relatório traz os números dos crimes violentos letais intencionais registrados mensalmente em 2015. Em abril, foram registrados 117 crimes violentos no estado, o que corresponde a uma redução de 23,03% se comparado com o mesmo mês do ano passado, quando houve 152 crimes. Se compararmos o primeiro quadrimestre deste ano, também houve uma redução de 10,47% no número de mortes, ou seja, 57 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais a menos.   

Apesar dos números serem favoráveis, a secretária estadual de Segurança, Kalina Leite, considera que os dados ainda podem e devem melhorar. Para ela, os índices terão uma redução mais efetiva quando, juntamente com os trabalhos da Segurança, também forem intensificadas outras ações de políticas públicas integradas nas áreas de infra-estrutura, limpeza urbana, iluminação pública, educação, esporte, dentre outros.   

De acordo com Marcos Dionísio Caldas, presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos (RN), o modelo de monitoramento de crimes adotado no RN, em 2015, é um exemplo a ser seguido no Brasil. Segundo ele, a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) já anunciou que adotará o modelo da Câmara Temática do RN, em outros estados, para referenciar os dados nacionais.   

“Pela primeira vez na história não há dúvidas na quantificação de crimes no RN. Alcançamos um bom resultado no primeiro quadrimestre e já estamos servindo de exemplo para o Brasil. Estudos mostram que a atuação da Segurança no RN pode melhorar, ainda mais, quando forem executados os convênios previstos do Brasil Mais Seguro e RN Sustentável, bem como o projeto das Áreas Integradas que visam uma aproximação ainda maior com a população”, disse Marcos Dionísio.   

Segundo o Coordenador de Informações Estatísticas e Análises Criminais da Sesed, Ivenio Hermes, a integração das Policias Militar e Civil e a comunidade motivaram as reduções do primeiro quadrimestre.   

“É preciso reconhecer o trabalho mais ostensivo das policiais nas ruas. A ação mais presente dos policiais tem sido o principal causador da redução da violência. Há cinco anos, os índices de criminalidade estavam aumentando e, desta vez, registramos uma significativa queda. Se a gente coloca essa redução em dados sensíveis, afirmamos que dezenas de famílias deixaram de chorar por seus entes e mais vidas foram poupadas”, destaca Ivenio Hermes. 

[saúde] RN tem quase 2 mil casos de Dengue

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual de Controle da Dengue, divulgou nesta quarta-feira (13) os novos números da doença no Rio Grande do Norte. As informações são referentes à semana epidemiológica nº 18, com dados coletados até o dia 9 de maio. Ao todo, foram notificados 17.343 casos suspeitos de dengue no estado, o que representa um aumento de 283,44% em comparação ao mesmo período do ano passado. Do total de notificações, 1.995 casos foram confirmados.   

Os cinco municípios que mais notificaram foram Natal (4.718), Parnamirim (1.024), Mossoró (734), Ceará-Mirim (690) e Caicó (627). Quanto à incidência em dengue, 73 municípios apresentaram alta, 31 estão com média, 45 estão com baixa e 18 apresentaram incidência silenciosa. 

O Programa Estadual de Controle da Dengue da Sesap vem realizando visitas técnicas aos municípios, a fim de orientar as ações de prevenção e combate ao agravo. Além disso, para diminuição da transmissão da dengue onde há epidemia, vem sendo feita operação UBV (carro fumacê), de acordo com os critérios estabelecidos na Nota Técnica 01/2013, elaborada pelo Programa. 

Conforme Sílvia Dinara Alves, coordenadora do Programa, “cada morador é responsável por cuidar e supervisionar seu próprio imóvel, cabendo ao agente de endemias complementar as ações desempenhadas”. Dessa forma, a Sesap orienta para que a população intensifique as medidas de prevenção, entre elas: não acumular lixo em locais inapropriados e manter a lixeira fechada, manter as caixas d’água e outros recipientes de armazenamento de água fechados; não deixar água acumulada sobre a laje ou calhas; colocar areia nos vasos das plantas, entre outras. 

A coordenadora ressalta, ainda, a importância dos municípios notificarem os casos suspeitos da doença, para colaborar com o planejamento das ações de combate à dengue. 

[polícia] Após transferir presos a pé, delegado de Planaltina de Goiás é afastado

Após a transferência de 20 presos a pé da Delegacia de Planaltina de Goiás (GO) para o Presídio Municipal no começo deste mês, o delegado Cristiomário Medeiros foi afastado da chefia da unidade do município e lotado em Alto Paraíso (GO). O comunicado foi feito, segundo o policial civil, mediante uma circular interna da corporação do estado. A Polícia Civil de Goiás confirmou a mudança. 

Na última quarta-feira (5/5), a Justiça autorizou a transferência dos presos, mas, por falta de transporte suficientes, como carros da corporação e ônibus, os detentos tiveram que caminhar cerca de 2km algemados, escoltados por policiais. A medida foi tomada após a fuga de oito detentos da delegacia de Planaltina de Goiás, que estava superlotada e que, há meses, enfrentava problemas no escoamento de presos para o presídio local.

Na ocasião em que os presos escaparam, o então delegado da unidade Cristiomário Medeiros informou que o local precisava de reforma. Isso porque uma grade com acesso à área externa da delegacia foi danificada para que eles conseguissem sair do local. Os reparos, no entanto, só poderiam acontecer após a transferência dos detentos, ainda de acordo com Medeiros. 
Imprudência

O delegado regional de Formosa, que também é responde pelas delegacias de Planaltina de Goiás e Alto Paraíso, Joaquim Adorno, afirma que a ação de Medeiros foi imprudente. Segundo ele, a falta de transporte e um possível problema no abastecimento dos veículos, alegados pelo delegado, são questões descartadas. “A cidade dispõe de sete viaturas. A ação colocou a comunidade e os policiais em risco. Foi uma forma de chamar atenção”, argumentou. “O bom nome da policia foi desmanchado a nível nacional”, completou.

O delegado foi transferido para a delegacia de Alto Paraíso (GO), que fica a 184km de Planaltina de Goiás. Cristiomário entende a transferência como um tipo de punição. Para tanto, irá recorrer à Justiça para contestar a ação.

[cotidiano] Depois do "pau de selfie", nova tendência é o "pé de selfie"

Pelo menos no Japão, a moda de usar o pau de selfie já ficou para trás. Na principal rede social do país, a Sina Weibo -- uma espécie de Twitter nipônico --, proliferam fotos de japoneses tirando fotos com a ajuda dos pés. 

A técnica não é das mais fáceis. É preciso habilidade para tirar a foto e uma certa mobilidade para conseguir as imagens perfeitas. Ah, uma dica fundamental é programar o disparo por meio do aplicativo de foto, pois não haverá como apertar o botão para tirar a foto.

Agora é só aproveitar que as mãoes estão livres e fazer o seu V ou seu hang loose. As imagens dessa página foram tiradas do site ET Today, que fez uma compilação dos melhores selfies com a técnica do pé de selfie. 

[segurança] Armas de fogo matam 116 por dia no Brasil, diz estudo

Uma média de 116 pessoas morreram por dia no Brasil em 2012 por disparos de armas de fogo, aponta o levantamento Mapa da Violência 2015, divulgado nesta quarta-feira. O número é o mais alto já observado pelo estudo, cuja série histórica começou em 1980.

É o equivalente a impressionantes 4,8 mortes por hora, índice parecido ou superior ao registrado em países em guerra.

"É como se ocorresse um massacre do Carandiru por dia (quando 111 presos foram mortos no presídio paulistano em 2 de outubro de 1992)", diz o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, autor da pesquisa e coordenador de estudos da violência da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO).

"E isso ocorre na calada da noite, sem que haja mobilização ou escândalo. Há, na verdade, mobilização no sentido contrário, de pôr mais armas na mão da população."

Em números totais, foram 42.416 pessoas mortas por armas de fogo em 2012 (dado mais atual disponível pelo Ministério da Saúde), e a maioria das vítimas são jovens de 15 a 29 anos.

Quase 95% dessas mortes são homicídios (o restante são acidentes com armas, suicídios ou sem causa determinada).

'Tradição de impunidade'

Na introdução, o estudo - cujo título é Mortes Matadas por Armas de Fogo - diz que não há uma causa única por trás dos altos índices de violência do país.

"A tradição de impunidade, a lentidão dos processos judiciais e o despreparo do aparato de investigação policial são fatores que se somam para sinalizar à sociedade que a violência é tolerável em determinadas condições, de acordo com quem a pratica, contra quem, de que forma e em que lugar", diz a pesquisa.

O estudo culpa também a "farta disponibilidade de armas" e a "a decisão de utilizar essas armas para resolver todos os tipos de conflitos interpessoais, na maior parte dos casos, banais e circunstanciais".

Essas mortes por armas de fogo não ocorrem de forma uniforme pelo país. Na região Sudeste, por exemplo, o índice de mortes caiu quase 40% entre 2002 e 2012 - por causa de expressivos declínios nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro -, mas subiu fortemente em todas as demais regiões do país.

No Norte, o aumento foi de 135% no mesmo período.

Proporcionalmente à população, o Estado com a maior taxa de mortes por armas de fogo é Alagoas, onde foram registrados 1.740 óbitos em 2012.

O Mapa também identificou focos de violência que têm crescido pelo país: municípios do interior onde a economia cresceu, mas a presença do Estado permaneceu deficiente; municípios de fronteira, que são rota de organizações transnacionais de contrabando e tráfico de drogas; o arco do desmatamento da Amazônia, infestado por práticas de trabalho escravo, madeireiras ilegais, grilagem e extermínio de índios; e grotões do país onde ainda vigora o clientelismo político.

"A violência migrou à locais menos protegidos", diz Jacobo. "Com as mudanças no desenvolvimento econômico do país, houve uma 'interiorização' e um espalhamento dos homicídios."