logo

sexta-feira, 6 de maio de 2016

[cotidiano] Paciente pega fogo durante cirurgia

Um paciente pegou fogo enquanto estava passando por uma cirurgia. A primeira versão é que o incidente teria sido causado por um elevado nível de oxigênio no ambiente.

No entanto, um segundo  relatório aponta que uma faísca teria provocado o fogo. Não se sabe que tipo de cirurgia estava sendo realizada.

O centro médico NYU Langone, onde aconteceu o caso, foi criticado por falhas nos procedimentos de segurança. Os investigadores disseram que havia uma “falha de comunicação entre o cirurgião e o anestesista”.

O incidente aconteceu em Nova Iorque, nos Estados Unidos.
Fonte: Yahoo Notícias

[cotidiano] Estudante do RN que homenageou pais com enxada grava com Rodrigo Faro

Kauany grava com Rodrigo Faro (Foto: Reprodução/Facebook)
As portas e janelas do céu estão se abrindo para a estudante de jornalismo, Kauany Sousa, de 26 anos. A jovem de Almino Afonso, interior do Rio Grande do Norte, causou comoção nacional depois que um vídeo em que ela ergue uma enxada no baile de formatura em homenagem aos pais estourou na internet. 

Em sua conta no Facebook, Kauany, que já é formada em Serviço Social, publicou uma imagem no qual aparece ao lado de ninguém menos que Rodrigo Faro, dando pistas de que gravou uma reportagem exclusiva com o apresentador para o programa “Hora do Faro”, da Record.

“Um gesto que está abrindo portas e me entregando um caminho de descobertas e felicidades. Já agradeci muitas e muitas vezes por cada coisa que está acontecendo comigo. É difícil processar. A emoção é enorme e tenho diversos pensamentos me rodeando. Nunca esqueçam, independente de qualquer coisa, estejam sempre ao lado das pessoas que amam, pois nossa força e crescimento vem deles. Sempre!”, bradou ela em seu perfil público na rede social.

Até o momento não há informações se a matéria será exibida neste domingo de “Dia das Mães” ou em outro domingo.
Fonte: Portal no AR

[cotidiano] Universitários em Areia Branca ocupam prédio da Prefeitura há quase 100 horas

Universitários do município de Areia Branca, que necessitam de ônibus para o deslocamento até Mossoró, ocupam há quase 96 horas o Palacete Coronel Fausto em protesto pelo atraso por parte do Município com a empresa responsável pelo transporte deles.

De acordo com o blogueiro Carlos Júnior, o Executivo areia-branquense efetuou apenas uma parte de um mês em atraso. Ao todo, a Prefeitura deve cinco meses e meio a Viação Nossa Senhora de Fátima.

“A prefeitura devia 6 meses. Na segunda-feira pagou o valor correspondente a 50% de um mês. Ainda continua devendo 5 meses e meio. O empresário da transportadora colocou a frota pra circular até o dia 17 na perspectiva de receber o restante”, disse o blogueiro Carlos Júnior.

A empresa espera o pagamento dos atrasados até o dia 17. Caso não seja realizado existe a possibilidade do serviço ser paralisado até a Prefeitura efetuar o repasse.

“ Exatamente. Sem qualquer adiantamento até o dia 17, a empresa afirma que para mais uma vez. Por dia são realizadas 10 viagens para Mossoró, das quais seis são custeadas pelo município. 500 estudantes são prejudicados”, afirmou Carlos que informou que a ocupação teve início às 11 horas da última segunda-feira, 2.

Membro da Associação Universitária Areia-branquense (AUA), Joyce Kelly, informou a reportagem não haver nenhuma da Prefeitura a respeito da quitação do débito com a empresa responsável pelo transporte dos alunos para Mossoró.
“Não (sobre se tem uma data para o término da ocupação). Só quando a prefeitura nos dê algum parecer (solução) para a dívida existente com o prestador de serviço. Na última terça-feira ela pagou 23.429,85 metade da dívida do mês de outubro do ano passado deixando um débito de 5 meses e meio garantindo apenas o transporte até o dia 17 deste mês corrente. Sem solução os alunos permaneceram na ocupação. Por dia, como utilizamos de revezamento ficam de 30 a 40 alunos por dia”.

Joyce Kelly ainda enfatiza, que mesmo com o prédio ocupado desde a última segunda, os estudantes ainda não foram recebidos. “Mesmo depois de mais de 72 horas de ocupação a prefeita ainda não nos recebeu”, finalizou.
Fonte: Defato