propaganda

sexta-feira, 6 de março de 2015

[política] Vereador Laete comemora a conquista de duas ambulâncias e diz que o governo não tem planejamento

Foto: Jair Gomes
Na sessão desta quinta feira (05) o vereador pelo PMN, Laete Oliveira, falou do fortalecimento que vem tendo com os políticos aos quais ele votou para a esfera estadual e federal. Neste quesito ele mencionou a aquisição de duas ambulâncias.

O também parlamentar trouxe a tona a perspectiva por Apodi está comemorando, no próximo dia 3 de março, 179 anos de existência. Relembrou as melhorias que, durante várias décadas, entre elas o IDH, a econômica, a cidade, a agricultura e a potência hídrica, tem ocorrido. O objetivo foi trazer a tona a ineficiência do setor público administrada pelo atual prefeito no tocante ao desrespeito, segundo ele, para com a população.

No setor básico ele discursou tocante a falta de planejamento e falta de prioridade do governo.

Laete ainda disse que a prefeitura não dispõe de transporte para os serviços básicos do município, tampouco para com os estudantes, que, procurado pelas mães, comentaram o caso.

Concluindo ele disse, "o que seria desse governo se não fosse a incompetência das gestões passadas que deixou para este obras a serem concluídas".

[segurança] Companhia de Polícia de Apodi promove café da manhã para o poder público

Foto: Jair Gomes
A 2° Companhia de Polícia de Apodi, sobre o comando do Capitão Marcos Carvalho, tem buscado mais investimentos para a segurança pública de Apodi a cada dia e hoje pela manhã, foi promovido um café da manhã com o objetivo de assegurar mais investimentos na área.

A reunião aconteceu na sede da própria companhia e contou com a participação da Polícia Militar, vereadores, vice-prefeito da cidade, presidente da CDL e imprensa de Apodi.

O objetivo da reunião foi pedir aos poderes públicos que arquem com o investimento de manutenção do sistema de monitoramento da cidade, visto a companhia não ter recursos suficientes para tal demanda.

Fotos: Jair Gomes
Segundo o proprietário da empresa, Idno Araujo, o valor necessário para a manutenção seria de apenas 1 salário mínimo, mais o material necessário caso alguma danificação que venha ocorrer. Os vereadores presentes firmaram o interesse em contribuir com o projeto e ainda fizeram a entrega de uma moção de aplauso ao Capitão Carvalho.

Representando o prefeito, o vice, José Maria, disse que iria levar a proposta para Flaviano Monteiro, prefeito.

Foto: Jair Gomes
O presidente da CDL, Marcio Valdevino, pediu, em nome da instituição, que o poder executivo acate o pedido do Capitão para arcar com a ajuda financeira de manutenção e que faça as poldas de árvores que impedem a visão das câmeras em certos pontos.

Resultado
Hoje o sistema de monitoramento conta com 7 câmeras espalhadas em vários pontos da cidade, mais suporta até 40 no total. Segundo Marcos elas já tem servido para revelar alguns autores de furtos na cidade, além de serem responsáveis pela diminuição destes. "Em janeiro de 2013, quando as câmeras ainda não haviam nem implantas nós registramos 8 furtos, já em janeiro de 2014 quando já tínhamos as câmeras nós só registramos apenas 1", disse ele.

Relembrando
Em outubro do ano passado a CDL, juntamente com a companhia, fizeram a inauguração da implantação do sistema de monitoramento de Apodi, na oportunidade estiveram presentes várias autoridades da cidade e do Estado. O projeto contou com o apoio do CDL e de alguns bancos do município.

A prefeitura, representada pelo Secretário de Gabinete Pedro Junior, falou que a licitação para contribuir com a doação de 3 câmeras para o sistema não tinha sido possível no prazo estabelecido pela CDL, mas que já haviam aberto a licitação e que logo estariam adquirindo as câmeras. A licitação já foi aberta, mas não vigorou e até o momento não foram adquiridas as câmeras.

Hoje a companhia ainda aguarda o investimento público bem como também pede que seja arcado com a manutenção das mesmas que é de 1 salário mínimo.

[política] Kelps defende incentivos fiscais para o Transporte Escolar‏

O deputado Kelps Lima quer que o Governo do Estado beneficie os empreendedores do transporte escolar com incentivos fiscais no mesmo espírito público da diminuição de impostos para as empresas de aviação que operam no Rio Grande do Norte.

Kelps considera que a medida do Governo na desoneração do querosene de aviação foi muito acertada e os efeitos para o turismo serão benéficos.

O deputado defende um tratamento tributário idêntico ao setor do transporte escolar, de forma que o efeito positivo possa beneficiar o trânsito, principalmente da capital, onde está o maior volume de veículos escolares.

“Um transporte escolar tem o potencial de tirar de 10 a 12 outros veículos particulares da frente das escolas, na medida que evita engarrafamentos causados pelas viagens individuais dos pais para buscar e levar os filhos nos colégios. É um setor que merece um tratamento tributário diferenciado”.

Kelps sugeriu algumas medidas ao Governo, como aumentar o limite de incentivos fiscais para veículos até 21 passageiros (hoje o limite é 16 passageiros) e permitir que os micro empreendedores individuais do transporte escolar tenham o mesmo direito às isenções fiscais que os outros tipos de pessoa jurídica.

“Hoje, quem é micro empreendedor individual não pode se beneficiar da isenção dada às pessoas jurídicas”.

[política] Câmara dos Deputados aprova estatuto da Pessoa com Deficiência

Projeto enfrentou resistência do governo por promover aumento de gastos. Cotas no ensino superior e "auxílio inclusão" são algumas das principais novidades.

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quinta-feira (05), o PL 7699 de 2006, que cria o Estatuto da Pessoa com Deficiência. O objetivo da nova lei, que ainda precisa passar pelo Senado antes de entrar em vigor, é garantir benefícios e atenuar a situação de exclusão enfrentada pelas pessoas com deficiência física e mental. O texto não conta com o apoio do governo, por promover aumento de custos, e foi aprovado de forma apertada. 188 deputados votaram favoravelmente, e outros 174 foram contrários. Seis se abstiveram. A proposta é de autoria da deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP). Psicóloga de formação, Gabrilli é cadeirante desde 1994, quando um acidente de carro a deixou tetraplégica.

Agrupado em três tomos, o projeto oferece ações em sete áreas para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência. Entre outros pontos, o projeto pretende reservar 10% das vagas das universidades públicas federais para pessoas com algum tipo de deficiência. Outra medida bastante discutida pelos parlamentares em plenário é a criação do Auxílio Inclusão, uma renda destinada às pessoas com deficiência que já estão trabalhando, a título de suplementação. O benefício ainda não tem valor definido. Atos de discriminação contra as pessoas com deficiência também poderão ser punidos, inclusive com pena de um a três anos de prisão.
Fonte: Correio Braziliense


[cotidiano] Site expõe universitárias em "enquete sexual"

Um site expôs de forma constrangedora cerca de 128 alunas de universidades no município de Quixadá. Fotos retiradas das redes sociais  das mulheres faziam parte de um ranking feito a partir das opções oferecidas ao visitante do site: se "comeria" ou "não comeria" aquela pessoa, em referência a possibilidade de ter relações sexuais.

Conforme uma das mulheres expostas, que preferiu não se identificar, as fotos foram publicadas na última terça-feira (3) e apagadas no dia seguinte. O site mantinha fotos de alunas da Universidade Federal do Ceará (UFC),  da Universidade Estadual do Ceará( Uece) e  da Faculdade Católica Rainha do Sertão. A Polícia ainda não identificou o autor da página.

"Todas as meninas são de Quixadá. A maioria alunas, mas também tinha duas professoras. Até uma menina menor de idade foi exposta. Já conseguimos saber qual era o servidor utiizado para hospedar o site, mas precisaríamos de um mandado judicial para ter acesso mais detalhado", afirmou uma das mulheres expostas no site. Junto às fotos das mulheres eram divulgadas informações sobre o curso e a universidade  da qual faziam parte. "A audiência era grande. A pessoa precisava votar em uma menina para ver as outras", detalhou.

De acordo com a titular da Delegacia Regional de Quixadá, Ana Cáudia Nere, o inquérito ainda será instaurado e tentará descobrir quem foi o criador do site. "Cinco meninas fizeram o Boletim de Ocorrência, todas estudantes de Quixadá. Elas descobriram o site por acaso, em conversas com amigos", afirmou.   
Fonte: O Povo online

[saúde] Mutirão do Joelho realiza cirurgias gratuitas no próximo sábado em Natal

Serão realizadas cirurgias de problemas como
artroscopia e ligamentos rompidos
Foto Reprodução/Site Radiologia
São contemplados, de forma gratuita, pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde, e que estavam há muito tempo na fila de espera para realizar o procedimento. O Hospital Memorial, em Natal, recebe neste sábado, 7, o III Mutirão do Joelho, que será iniciado às 7h. São contemplados, de forma gratuita, pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde, e que estavam há muito tempo na fila de espera para realizar o procedimento.

“São pacientes que estão com sua qualidade de vida e locomoção comprometidas, e que agora terão seu problema resolvido”, explica o médico ortopedista Tiago Almeida, responsável pelo Mutirão.

Serão realizadas cirurgias de joelho de problemas como artroscopia, ligamentos rompidos, colocação de próteses, além de mais algumas cirurgias de pé torto congênito. Tudo de forma gratuita, já que estes pacientes são provenientes do SUS, de várias partes do estado. Todos os procedimentos serão feitos com as mais novas técnicas existentes no Brasil e no mundo.

O primeiro Mutirão aconteceu em outubro de 2014. Idealizado pelo ortopedista Tiago Almeida, junto com uma funcionária do Hospital Memorial, quando percebeu que a fila de pacientes à espera de cirurgias estava muito grande.

“Geralmente eram marcadas no máximo duas cirurgias por semana. Alguns pacientes esperavam até dois anos pelo procedimento e nesse tempo ficavam com a qualidade de vida totalmente comprometida. Então resolvi pensar em uma forma de adiantar esta fila. Foi quando tive a ideia de fazer o mutirão”, lembra o médico. Já em sua terceira edição, os mutirões têm sido realizados a cada dois meses, em média.

“Para ter acesso ao serviço, o paciente deve ter sido atendido por mim ou pelos ortopedistas especialistas em joelho Alípio Carmo Ricardo Emanuel, que também operam no mutirão, seja no Memorial ou não, seja pelo SUS ou não. Mas, lembro que as cirurgias são todas custeadas pelo SUS”, alerta Tiago, que explica ainda que o acompanhamento pós-operatório é feito no mesmo local e pelo mesmo médico que o indicou para a cirurgia.

Para conseguir relizar os procedimentos, que iniciam às 7h, e devem terminar por volta das 22h, o ortopedista conta com a estrutura do Hospital Memorial, além da ajuda de outros profissionais (ortopedistas, anestesistas, instrumentadores, enfermeiros, acadêmicos de medicina), que também atuam de forma voluntária. Além disso, toda a preparação começa cerca de um mês antes, com a seleção dos pacientes, realização de exames pré-operatórios, e captando empresas apoiadoras, que fornecem material cirúrgico e outros insumos necessários.

“É um dia inteiro de cirurgias. Passamos mais de 12 horas operando, mas saímos todos de lá muito satisfeitos, com o sentimento de dever cumprido, em saber que conseguimos ajudar estes pacientes a dar um passo importante na recuperação de sua qualidade de vida, depois de tanto tempo de espera. Só temos a agradecer ao Hospital Memorial, e empresas colaboradoras como Orthoserv, Goldmedic, Ortoplan, entre outras, nos emprestam material e ajudam na logística dos mutirões”, concluiu Tiago Almeida.
Fonte: Gazeta do Oeste

[cotidiano] Março será de muita chuva no RN

Na segunda-feira passada, 2, chuva encheu galeria em Mossoró  – Foto Alcivan Costa
O homem do campo tem motivos para comemorar, segundo avaliação da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), que, na quarta-feira, 4, divulgou a previsão climática para o mês de março. Segundo o meteorologista Gilmar Bistrot, haverá muita chuva em todo o Estado. Essas informações são relevantes para a orientação de políticas públicas nas áreas de agricultura e gestão de recursos hídricos, com impactos também em outros setores da sociedade.

De acordo com o meteorologista, o período chuvoso já começou no interior do Estado desde o mês passado. “O mês passado já terminou com boas chuvas em muitas cidades do interior, diferente do normal. Tivemos uma boa distribuição dessas precipitações em todas as regiões, especialmente no Alto-Oeste e em Mossoró. Esperamos uma regularidade maior neste mês de março, já que estamos no início da estação chuvosa. Analisando as condições para os próximos dias, essas chuvas deverão aumentar em termo de volume, principalmente na faixa litorânea”, declarou.

 AÇUDES

Embora o volume de chuvas tenha aumentado no mês de fevereiro, o meteorologista Gilmar Bistrot informou que ainda não proporcionaram mudanças no manancial hídrico dos açudes do Estado. “A situação continua crítica e é preciso esperar a entrada dessas chuvas que estão para acontecer em março e abril. Só então teremos uma resposta definitiva, com relação ao armazenamento de água dos açudes. Por enquanto, a situação é de calamidade pública”, concluiu.

Fonte: Gazeta do Oeste

[saúde] Fique ATENTO!


O sistema urinário é composto pelos rins, ureteres, a bexiga e a uretra, responsáveis pela filtragem e eliminação de substâncias nocivas ao organismo. A causar infecção do trato urinário (ITU) ocorre com a invasão de bactérias, comumente a Escherichia Coli, mas outros microorganismos podem causar o quadro, que atinge o trato urinário inferior (cistite e uretrite ou vulvonaginite) e superior, os rins e a pelve renal (pielonefrites). 

Fonte: Ministério da Saúde

[educação] Governo do RN convoca 428 professores aprovados em concurso

(Foto: Magda Oliveira/G1)
Convocados têm até o dia 6 de abril para se apresentarem. Objetivo é recompor os quadros de profissionais da Educação. 

O Governo do Rio Grande do Norte convocou 428 candidatos aprovados em concurso para cargos de professores e especialistas da educação para compor o quadro efetivo da Secretaria de Educação e da Cultura (clique AQUI para ver a lista dos convocados).

A convocação tem como objetivo recompor os quadros de profissionais da Educação, em decorrência de reposição dos quadros por conta de falecimento ou aposentadorias. Os convocados têm até o dia 6 de abril para se apresentar.

"No início do ano decidimos não fechar a Escola Estadual Manoel Dantas. Isso é um exemplo de que, ao invés de fecharmos escolas, queremos oferecer cada vez mais uma melhor educação para a sociedade. E esse desejo passa pela necessidade urgente de convocar os profissionais aprovados nesse Concurso. Porque sabíamos dessa demanda reprimida do quadro de professores”, disse o governador Robinson Faria.

Apesar de o governo estar acima do Limite Prudencial, a convocação é respaldada pela própria Lei de Responsabilidade Fiscal, que permite este tipo de contratação para reposição de quadros em diversos casos como, por exemplo, aposentadoria.

Para a nomeação,  os convocados precisam apresentar uma vasta documentação e exames médico específicos, como atestado de sanidade mental; hemograma; glicemia em jejum; sumário de urina com sedimentoscopia; parasitológico de fezes; eletrocardiograma com parecer do médico cardiologista e raios-x do tórax em PA e Perfil (com laudo do Radiologista), nesse caso específico, as candidatas que estiverem gestantes e que não podem realizar exames de raio-x, deve apresentar laudo de ginecologista atestando a gestação. Os candidatos do sexo masculino, com idade igual ou superior a 45 anos, devem apresentar também exames de Dosagem de PSA. Às candidatas mulheres cabem apresentar também Citologia Oncótica e mamografia, sendo este último exame obrigatório para quem tem idade igual ou superior a 45 anos. A inspeção médica admissional será feita na sede da Emater, no Centro Administrativo, com agendamento prévio através do telefone 3232 1056 (das 08h às 12h).

Confira abaixo a documentação exigida:
1.1     Diploma de conclusão de curso com habilitação para o cargo, devidamente registrado por órgão competente.
1.2     Documentos Pessoais:
a) Cópia de Cédula de Identidade;
b) Cópia de Cadastro de Pessoa Física – CPF;
c) Comprovante de residência;
d) Cópia do Título de Eleitor e Declaração de Quitação Eleitoral;
e) Cópia da Certidão de Reservista (sexo masculino);
f) Cópia da CTPS- Carteira de Trabalho e Previdência Social  (página com foto- frente e verso e todas com contrato de trabalho assinado e a seguinte em branco);
g) Cópia do PIS ou PASEP;
h) Cópia de Certidão de Nascimento ou Casamento;
i) Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), habilitando o candidato para o exercício do cargo, expedido por junta médica oficial;
j) Número da Conta bancária e Agência em nome do Titular do Contrato (conta do Banco do Brasil);
k) Certidão negativa de antecedentes criminais expedidas pelas Justiças estadual e federal, assim como pela Polícia Civil da localidade em que o candidato possuir residência nos últimos cinco anos;
l) Cópia da carteira de Inscrição no Conselho Regional de Educação Física (para os convocados em Educação Física).

Locais para entrega de documentos:

POLO I (1ª DIREC /Natal e 2ª DIREC/Parnamirim)
Endereço: Secretaria de Estado da Educação e da Cultura – Centro Administrativo, Bloco I, Térreo, BR 101, Lagoa Nova, Natal/RN
Telefones: (84) 3232-7448/2745

POLO II (3ª DIREC/Nova Cruz , 4ª DIREC/São Paulo do Potengi, 5ª DIREC/Ceará-Mirim, 6ª DIREC/Macau e 16ª DIREC João Câmara)
Endereço: Rua Pedro Maurício Tavares, S/N – Frei Damião- Nova Cruz/RN
Telefones: (84) 3281-5904/5900

POLO III (10ª DIREC/Caicó, 9ª DIREC/Currais Novos e 7ª DIREC/Santa Cruz
Endereço: Rua Monsenhor Severiano, 150 – Penedo – Caicó/RN
Telefones: (84) 3421-6046/6061

POLO IV (12ª DIREC/Mossoró, 11ª DIREC/Assu e 8ª DIREC/Angicos
Endereço: Rua Cunha da Mota, 10 – Centro – Mossoró/RN
Telefones: (84) 3315-5668/5671

POLO V (15ª DIREC/Pau dos Ferros, 14ª DIREC/Umarizal e 13ª DIREC/Apodi)
Endereço: Travessa Joaquim de Holanda, 19 – São Judas Tadeu – Pau dos Ferros/RN
Telefones: (84) 3351-2125/4943
Fonte: G1

[cotidiano] TRT-RN abre cadastro para a Semana Nacional de Conciliação

A Semana Nacional da Conciliação, que acontece entre os dias 16 e 20 de março, já mobiliza magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte (21ª Região). Segundo o TRT-RN, mais de 200 pedidos de inclusão de processos já entraram na pauta de audiências das Varas do Trabalho de Natal e do interior.

Os pedidos de inclusão de novos processos na pauta de conciliação poderão ser feitos durante toda esta semana, via internet, no link disponibilizado na página www.trt21.jus.br. Outra opção é enviar um email para a Ouvidoria do TRT-RN (ouvidoria@trt21.jus.br) ou ligar para o número: (84) 4006-3100.

"Qualquer pessoa interessada que tenha processo tramitando nas Varas do Trabalho ou no tribunal, e queira conciliar, pode solicitar a inclusão de seu processo na pauta de audiências", explica a desembargadora Auxiliadora Rodrigues, que preside a Comissão Gestora Regional do Movimento Permanente pela Conciliação.

Durante a Semana de Conciliação, as Varas do Trabalho de Natal e o Núcleo de Conciliação de 2ª Instância realizarão audiências no período da manhã e à tarde. Neste ano, o tema da Semana será "Outra forma de estender a mão é conciliar".

A Semana Nacional da Conciliação é promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e tem o objetivo solucionar conflitos e diminuir o estoque de processos na Justiça Brasileira.
Fonte: G1

[humor] Tem cachorro da nike?






quinta-feira, 5 de março de 2015

[cotidiano] Juiz que dirigiu carro de Eike é afastado do cargo e será investigado

O Órgão Especial do Tribunal Regional Federal do Rio de Janeiro (TRF2) decidiu nesta quinta-feira (5), por unanimidade, pelo afastamento do juiz federal Flávio Roberto de Souza das funções do cargo, bem como decidiu abrir investigação para apurar os indícios de irregularidades na atuação do magistrado.

O afastamento aconteceu porque o juiz foi flagrado dirigindo um dos carros do empresário Eike Batista que estavam apreendidos. Também estavam no prédio onde ele vive, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, um outro automóvel e um piano.

[política] Governador de Rondônia tem mandato cassado pelo TRE

O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) decidiu nesta quinta-feira (5) pela cassação do mandato do governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), e do vice, Daniel Pereira (PMDB). A decisão foi tomada, por quatro votos a três, no julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) contra a coligação Rondônia no Caminho Certo, por abuso de poder econômico nas eleições de 2014 e captação ilícita de sufrágio (compra de votos). Ainda cabe recurso.

Segundo a ação, em uma convenção realizada no ano passado pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) para indicar os candidatos ao pleito do ano passado, houve distribuição em grande quantidade de comida aos cerca de mil participantes do evento, caracterizando compra de votos.

A sessão foi realizada nesta manhã, na sede do TRE-RO, em Porto Velho. Quatro magistrados votaram a favor da procedência da ação e três contra.

Segundo a assessoria de comunicação do governo, o advogado da coligação está aguardando o fechamento da ata do TRE-RO para se pronunciar sobre a decisão.

[política] Sessão da CPI da Petrobras tem discussão acalorada entre deputados

O presidente da CPI da Petrobras na Câmara dos Deputados, Hugo Motta (PMDB-PB), anunciou nesta quinta-feira (5) a criação de quatro sub-relatorias que ficarão sob o comando do PSDB, PTB, PSC e PR. Motta indicou os nomes sem submetê-los ao plenário.  Partidos contrários à medida, como o PT e o PSOL, protestaram, e houve forte discussão entre os parlamentares.

As sub-relatorias serão comandadas pelos deputados Bruno Covas (PSDB-SP), Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), André Moura (PSC-SE) e Altineu Côrtes (PR-RJ).

A justificativa de Motta para a criação das sub-relatorias é descentralizar os trabalhos. Na prática, vai enfraquecer os poderes do relator da CPI, Luiz Sérgio (PT-RJ), em mais um indício de descontentamento do PMDB com o governo.

Diversos partidos se queixaram de não terem sido ouvidos sobre a criação de sub-relatorias ou para indicar nomes para assumir as vagas.

Aos gritos e com o dedo em riste, o deputado Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) chamou o presidente da comissão de “moleque” diversas vezes.

“Não serei fantoche para me submeter.  Não tenho medo de grito”, rebateu Motta, exaltado.

“Não fomos ouvidos para nenhuma candidatura. É um fato grave, estranha, causa desconfiança entre aqueles que formam o bloco”, afirmou o líder do PPS, Rubens Bueno (PR), acrescentando que a legenda deixará o bloco parlamentar com o PSDB e o PSB.

Para o deputado Ivan Valente (PSOL-SP), a formação das sub-relatorias não pode ser feita “a partir de acordo de coxia”.

Motta rebateu as críticas dizendo que o regimento da Casa não impõe nenhum impedimento para que o presidente da comissão indique sub-relatores. “Não abrirei mão de indicar as sub-relatorias”, afirmou.

Instalada na semana passada, a comissão que vai apurar denúncias de desvios na Petrobras realizou a sua primeira reunião efetiva de trabalho nesta quinta.

[cotidiano] Adolescente faz vídeo íntimo da ex-namorada e acaba apanhando da mãe

Um vídeo de um adolescente apanhando da mãe por vazar imagens da ex-namorada em momento íntimo tomou conta da internet nesta quarta-feira (4/4). Sabendo que o rapaz teria espalhado a filmagem entre os amigos, a mãe pega o chinelo e questiona: "Você gosta de filmar as pessoas na situação degradante?"

Depois da repercussão, a mãe usou o Twitter para se justificar: "Eu não pedi para ninguém espalhar isso. Bati para ele aprender a lição e enviei para que ela [a ex-namorada] visse que a minha parte eu fiz", escreveu. De acordo com a mãe, o objetivo não era que o vídeo fosse parar na rede.                                                                                                                                                                       

                                         

[saúde] Paracetamol em excesso expõe pacientes a riscos, alertam cientistas

Pesquisadores de Leeds, na Inglaterra, alertaram nesta terça-feira (3) para a possibilidade de médicos subestimarem os riscos a que estão expostos seus pacientes com o uso prolongado do paracetamol, o mais popular entre os analgésicos. Doentes crônicos que recorrem ao medicamento - usualmente, pessoas que costumam ingeri-la diariamente e em grande quantidade por vários anos - tendem a aumentar o risco de morrer ou então desenvolver problemas renais, intestinais e cardíacos, afirmaram os estudiosos. 

Liderada por Philip Conaghan, no Instituto de Medicina Reumática e Músculo-esquelética, a equipe analisou dados a partir de oito estudos já publicados sobre o uso frequente de paracetamol. Os dados disponíveis referem-se apenas a pessoas que tiveram o remédio receitado por um médico e não incluíram quem compra na farmácia por conta própria. Um desses oito estudos tinha constatado uma taxa maior de letalidade, de até 63%, comparando usuários do paracetamol com quem não tinha sido receitado no período em que o estudo foi realizado. 

Outras quatro pesquisas concluíram elevado risco de problemas cardiovasculares, variando de 19% a 68%. O risco de hemorragia gastro-intestinal e outros efeitos colaterais no intestino chegou ao máximo de 49%. Por fim, em três dos trabalhos acadêmicos referenciados houve acordo quanto à ingestão de paracetamol causar problemas no sistema renal. Em todos os casos, os riscos se relacionavam com a quantidade de remédio ingerido - em outras palavras, quanto maior a dose, maior o risco, como publicado no jornal britânico Annals of the Rheumatic Diseases (Anais de Doenças Reumáticas). 

"Mesmo o risco sendo baixo na maior parte das vezes, os médicos deveriam ser cautelosos ao receitar a droga", alertaram os pesquisadores. "Nós acreditamos que o risco real da prescrição do paracetamol seja maior do que percebido atualmente pela comunidade clínica. Justifica-se uma revisão sistêmica da eficácia e da tolerância em condições individuais", acrescentou. Eles explicaram que a análise não foi conclusiva a respeito do fato se morte prematura e problemas de saúde seriam causados por uma doença subjacente mais do que pelo paracetamol. "O paracetamol ainda é o analgésico mais seguro, e este estudo não deveria fazer com que as pessoas parem de tomá-lo", disse Nick Bateman, professor em toxicologia clínica na Universidade de Edimburgo (Escócia). 

"De posse desses resultados, é aconselhada a menor dosagem em um tempo mais curto e necessário", contou ele ao Centro Britânico de Mídia Científica. "Este é o senso comum para todos os remédios", finalizou. Outro especialista no tema, o professor Seif Shaheen, na área de epidemiologia respiratória na Universidade Queen Mary (Londres), concordou com Bateman ao afirmar que "a revisão sobre os efeitos do remédio, dadas as limitações, não fortaleceu a evidência de efeitos prejudiciais causadas pelo paracetamol". "Porém", acrescentou, "seria prudente realizar novas e rigorosas pesquisas sobre possíveis efeitos prejudiciais em torno da droga, usada com frequência". 

Amplamente recomendado como o primeiro passo para acabar com várias dores, o paracetamol é tido por muitas pessoas como mais seguro do que aspirina e ibuprofeno. O novo estudo levou a outras conclusões na pesquisa: na comparação com outros remédios, o paracetamol pode não ter qualquer vantagem para o tratamento de osteoartrite, reumatismo e dores agudas na coluna lombar. À luz disso, "deve-se levar em conta um uso mais cauteloso", como sustentado no artigo. "Os médicos devem estar atentos às reações individuais de cada paciente ao paracetamol, observando o aumento no grau de toxicidade quando a dosagem for maior e por um período regular".


[política] Lista de 54 nomes enviada ao STF por procurador tem cerca de 45 políticos

Cerca de 45 políticos de vários partidos são alvos dos pedidos de abertura de investigação feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF), informou nesta quarta-feira (4) o Jornal Nacional.

Entre as suspeitas sobre esses políticos, há crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, investigados na Operação Lava Jato, que apura pagamentos de propina e desvio de dinheiro da Petrobras.

O Jornal Nacional apurou que dois dos nomes são os dos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ambos dizem não ter conhecimento de que estejam entre os alvos dos pedidos de investigação.

A lista foi entregue nesta terça (4) ao ministro Teori Zavascki, relator das apurações da Operação Lava Jato no STF. Foram apresentados 28 pedidos de abertura de inquérito referentes a 54 pessoas, dentre as quais autoridades e suspeitos sem foro privilegiado. Entre as suspeitas relatadas, há crimes como corrupção e lavagem de dinheiro.

Janot também protocolou sete pedidos de arquivamento. O trabalho de análise dos documentos já começou no gabinete de Zavascki. O ministro e a equipes estão analisando cinco caixas de documentos enviados por Janot.

A expectativa é de que a análise seja concluída até o fim de semana e, logo em seguida, sejam conhecidos oficialmente os nomes e as suspeitas sobre cada um dos políticos.

De acordo com o critério definido pelo procurador-geral, para serem investigados, os políticos precisam ter sido citados nas delações premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, e do doleiro Alberto Yousseff como beneficiados pelo esquema de corrupção na Petrobras.

Nos casos em que não há indícios de crime, Janot pediu o arquivamento. Se os pedidos forem aceitos e os inquéritos abertos pelo STF, os procuradores e a Polícia Federal poderão iniciar uma nova etapa nas investigações.

Segundo os investigadores, o trabalho, que está apenas no começo, pode identificar mais nomes de políticos suspeitos de terem se beneficiado do esquema de corrupção na Petrobras.

No Ministério Público Federal, o trabalho agora é preparar os pedidos que serão encaminhados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Pelo menos um deles deve ser para investigar um governador citado nas delações.

Fonte: G1

[esporte] 2° Campeonato de Futsal LA em Apodi começará neste sábado, veja a tabela






[política] Livre da Lava Jato, Henrique vai usar "nada consta" para assumir ministério em Brasília

Falta pouco para o ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB) respirar aliviado.

O ministro Teori Zavascki (STF) deverá derrubar o sigilo das investigações da Lava Jato até amanhã (6).

O procurador-geral da Repúblico, Rodrigo Janot, pediu para investigar 54 políticos, entre senadores e deputados, em 28 inquéritos, e solicitou sete arquivamentos.

Entre os arquivamentos deve estar o nome do político potiguar. É o que relata a Folha de São Paulo na capa de sua edição desta quinta-feira (5).

Diz a Folha: "Janot sugeriu que o ex-presidente da Câmara Henrique Alves não seja investigado".

Se a informação for confirmada na derrubada do sigilo dos casos, Henrique deverá ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT) e do senador Aécio Neves (PSDB), citados nas delações da Lava Jato mas sem indícios fortes de crime para que possam responder a inquérito.

A exclusão da "Lista de Janot" dará a Henrique um "nada consta" valioso para futuros embates eleitorais.

Afinal, ele foi alvo de vários questionamentos éticos durante a campanha da última eleição para o governo, em que perdeu para Robinson Faria (PSD).

Entre as acusações, ocorreram menções ao esquema de corrupção na Petrobras, e ao uso indevido de uma secretaria especial de governo em 2002, inquérito que corria no STJ.

Nesse início de 2015, Henrique se livra de todas as duas: foi inocentado no processo da secretaria, e deverá ter seu nome confirmado para arquivamento nas investigações da Lava Jato.

O desgaste político sofrido na campanha eleitoral, que lhe tirou preciosos votos na eleição, é como leite derramado, não dá para recuperar.

No longo prazo, Henrique deverá usar as duas decisões judiciais para rebater eventuais ataques dos adversários em futuros embates pelo poder.

No curto prazo, ele deverá usar o "nada consta" para assumir o Ministério do Turismo. 

Mas antes é preciso esperar o desanuviar das nuvens carregadas no céu de Brasília.

Fonte:blogdodiogenes

[economia] RN tem o terceiro pior salário médio de admissão do Brasil

Estudo da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), divulgado ontem, mostra que o Rio Grande do Norte tem o terceiro pior salário médio de admissão do Brasil.

No RN, o valor médio em dezembro de 2014 foi de R$ 904, acima apenas de Roraima e Sergipe, que pagam R$ 900.

Em outubro, a média era de R$ 923 e o RN ocupava o quinto lugar os piores.

O “Salariômetro” mostra ainda que apenas quatro unidades da federação pagam acima da média nacional, que foi de R$ 1.183 em dezembro/2014. São eles: Santa Catarina, Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo.

Dos dez piores salários, seis são do Nordeste e quatro da região Norte.

Segundo o estudo, a folha salarial mensal em novembro foi de R$ 500 milhões no Rio Grande do Norte.

No Brasil, o pagamento de salário movimentou no ano passado R$ 1,1 trilhão.

DADOS
O Salariômetro é uma pesquisa de abrangência nacional, com base nos salários médios de admissão do Cadastro de Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

SALÁRIO
Valor médio de admissão – Dez/2014

OS MAIORES
São Paulo……….. R$ 1.361
Rio de Janeiro…..R$ 1.331
Distrito Federal…R$ 1.207
Santa Catarina…..R$ 1.199
Paraná…………….R$ 1.167

OS PIORES
Paraíba…………. R$ 914
Alagoas………… R$ 906
Rio G. Norte……R$ 904
Sergipe………….R$ 900
Roraima…………R$ 900

MÉDIA BRASIL
R$ 1.183

Fonte: Tribuna do Norte

[cotidiano] Prefeitura de São Gonçalo adquire primeira unidade do Bolsa Família Móvel do RN

A Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania de São Gonçalo do Amarante anunciou a aquisição de uma unidade móvel do Programa Bolsa Família. A apresentação do Projeto Bolsa Família Móvel foi realizada pela equipe do órgão durante reunião de secretariado com a presença do prefeito Jaime Calado.

Apesar do projeto citar o Bolsa Família, o veículo será utilizado nas ações do Cadastro Único realizando cadastramento do Número de Inscrição Social (NIS) e atualização das informações para manutenção dos benefícios aos usuários, de acordo com os critérios de seleção, mediante o Decreto nº 6.135 de 26 de junho de 2007.  Atualmente, o município conta com 21.750 inscritos no Cadastro Único, e desse número 10.535 recebem o Bolsa Família.

O ônibus é totalmente adaptado para o atendimento e conforto dos beneficiários, inclusive para receber cadeirantes, tem antena para recepção do sinal de internet e sistema wi-fi, toldo para espera externa e capacidade para receber até quatro pessoas por vez. O investimento de recursos federais na aquisição do veículo é da ordem de R$ 341 mil e segue experiências exitosas de outros Estados como Maceió, Manaus, Minas Gerais e Bahia.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Jane Oliveira, o objetivo é descentralizar a oferta dos serviços à população para atender famílias com dificuldade de informação e/ou locomoção. “O ônibus irá funcionar todos os dias da semana, onde inicialmente iremos priorizar o atendimento nas comunidades com maior indicador de pobreza e extrema pobreza, priorizando a zona rural, bem como participar das ações da prefeitura itinerante e campanhas de vacinação”, informou.

Fonte: Nominuto

[política] Kelps defende que Carlos Eduardo e Robinson sentem para resolver insegurança de Natal

Nesta quarta feira foi publicada uma pesquisa de opinião feita em Natal e entre os dados divulgados está o de que a Segurança Pública é, disparado, o maior problema dos natalenses. Para 58,8% dos moradores de Natal a violência é o seu maior problema, chegando esse número a 70% entre os moradores da Zona Sul.

Impressionado com os dados, o deputado Kelps Lima fez pronunciamento na Assembleia Legislativa cobrando uma parceria urgente entre a Prefeitura de Natal e o Governo do Estado para buscar soluções conjuntas para o grave problema da violência na capital do Rio Grande do Norte.

Para o deputado, a prefeitura de Natal não pode ignorar o problema e jogar toda a culpa no Governo. "A violência nasce, acima de tudo, na ausência do Poder Público em todas as esferas. A Prefeitura pode e deve ajudar naquele que hoje é o maior problema de nossa cidade" afirmou Kelps.

O deputado relatou várias casos de assaltos em prédios públicos municipais, em especial em postos de saúde e escolas da prefeitura localizados na periferia de cidade. Muitos são os servidores que não se sentem seguros em trabalhar nas áreas mais violentas de Natal. Esses prédios, que deveriam ter sua segurança garantida pela Guarda Municipal, estão entregues à própria sorte.

Kelps elogiou o empenho dos Guardas Municipais da cidade e lamentou a falta de investimentos na instituição.

Em seu discurso, Kelps afirmou que "Políticas Públicas de Segurança devem ser encaradas de forma ampla, possuem caráter interdisciplinar e devem ser transversais. Dizer que o município não tem responsabilidade na questão da segurança pública é fugir do problema e fugir da responsabilidade. Precisamos de uma Gestão Pública Moderna na área de segurança".

Entre as sugestões de medidas que a Prefeitura pode tomar Kelps citou:

·         Melhoria na iluminação pública, limpeza, poluição sonora, visual e ambiental;
·         Medidas para ampliar a educação, cultura, esportes e lazer para os jovens, especialmente na periferia;
·         Criação de Conselhos Comunitários de Segurança em parceria com a Polícia Militar;
·         Compartilhamento com o Estado de informações acerca da projeção de crescimento da cidade;
·         Estudo conjunto do Governo e Prefeitura do Mapa da Violência da cidade;
·         Convênio para pagamento de Diárias Operacionais para melhorar o efetivo da cidade;

Por fim, Kelps alertou do perigo da antecipação do debate eleitoral, o que pode aumentar, ainda mais, a distância entre o Prefeito e o Governador, no momento em que a cidade mais precisa de parceria entre esses dois órgãos.

"Natal é mais importante que a candidatura de Carlos Eduardo e a candidatura do aliado do Governador Robinson Faria. As candidaturas são legítimas, mas a cidade não pode pagar o preço de uma luta eleitoral.”

[cultura] Audiência publica debate políticas públicas voltadas para povos indígenas de Apodi

Aconteceu na tarde desta quarta-feira, 04 no auditório da Câmara Municipal de Apodi, uma audiência publica, realizada através da parceria entre a CMA e o Centro Histórico Cultural Tapuia Paiacus da Lagoa do Apodi, para debater o tema: “Políticas públicas para povos indígenas do município de Apodi e região”.

Compuseram a mesa, Lúcia Tavares presidente do centro histórico, professora Mônica Freitas vice-presidente da entidade, secretário de turismo Junior Costa representando o executivo, professora Sara do IFRN, e ainda os Vereadores Ângelo de Dagmar, Nilson de João Lucas, Laete Oliveira e Evangelista, presidente da casa que coordenou os trabalhos.

Lucia Tavares, presidente do centro histórico, apresentou um relato da historia de Apodi, afirmando que o Museu é uma questão de honra, por isso a luta continua em prol desse intento, frisando suas raízes, sua historia indígena no inicio de Apodi. “ Quero pedir ajuda dos vereadores, pois somos cadastrados, e estamos abertos a projetos”, ressaltou a líder indígena.

A professora Mônica Freitas, afirmou que sempre se emociona com a história de Lúcia Tavares, afirmando que tem um prazer enorme em ser descendente de índio, frisando que pesquisa muito essa questão, fazendo um relato dessas pesquisas realizadas, apresentando um relato emocionado sobre a questão.

Os descendentes lutam, pela retomada das terras que fica localizada no Bairro Bico Torto em Apodi, que hoje pertencem a um empresário local, ficando acertado na próxima semana, uma reunião entre o citado empresário, Vereadores e executivo.

Graça Lucas e Carla Lemos, representantes do governo estadual presentes a reunião, frisaram que só sairão de Apodi, quando houver uma resolução, os povos estiveram legalmente reconhecidos. “É lamentável que as pessoas fiquem alheias, a seu passado, não conheçam sua historia, pode contar com a coordenadoria de políticas e igualdades sociais”, frisou Carla.

[educação] Governo confirma prioridade do FIES para Norte e Nordeste

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão do Ministério da Educação, afirmou em nota ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, que as regiões Norte e Nordeste estão recebendo prioridade no processo de inscrição de alunos no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) em 2015. O critério regional está sendo usado para aprovação de novos contratos, mas a informação ainda não havia sido divulgada oficialmente pelo órgão. 
Além da questão regional, distribuição de vagas leva em conta também a qualidade dos cursos
Companhias de ensino privado já vem constatando desde a semana passada que estão sendo impostas restrições para aprovação de contratos novos no Fies. Além de dar prioridade a cursos no Norte e Nordeste, o FNDE lembra que está sendo adotado ainda o critério de nota: a distribuição de vagas leva em consideração a qualidade dos cursos, com atendimento pleno aos cursos nota 5. 

“O Fies 2015 está priorizando o atendimento para as regiões que historicamente tiveram menor atendimento, como Norte e Nordeste”, disse o FNDE via sua assessoria de imprensa. “A distribuição de vagas leva em consideração a qualidade dos cursos, com atendimento pleno aos cursos nota 5. Já nos cursos nota 3 e 4 são considerados alguns aspectos regionais, como citado anteriormente.” 

A informação sobre a prioridade regional surpreendeu o setor, conforme relata a diretora executiva da Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Educação Superior (Abraes), Elizabeth Guedes. De acordo com ela, porém, as instituições privadas não devem contestar o critério junto ao MEC. 

No setor há ainda o rumor de que a limitação do Fies estaria levando em conta o critério do “market share” das companhias no programa. O diretor executivo da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), Solon Caldas, diz que as empresas vinham detectando que o sistema de inscrições (chamado de SisFies) só aceitava uma quantidade de pedidos de financiamento próxima dos valores do ano passado. Questionado sobre se haveria essa limitação, o FNDE respondeu apenas que a restrição segue o critério de qualidade. 

As companhias de ensino ainda negociam quanto a dois outros pontos nas mudanças no Fies. Empresas e entidades estão mantendo ações judiciais contra uma “trava” imposta aos reajustes de mensalidades no caso de alunos que já têm financiamento. No momento, o MEC só aprova reajustes de até 6,41% na mensalidade ante o ano passado. 

As empresas ainda esperam que haja garantias por escrito sobre os pagamentos referentes a mensalidades do Fies em 2015. Após a edição de duas portarias alterando o programa, ficou determinado que este ano as companhias receberiam valores referentes a apenas oito das doze mensalidades de alunos Fies.
Fonte: Tribuna do Norte


[economia] Banco Central eleva juros básicos da economia para 12,75% ao ano

Segundo Copom, ajuste monetário foi feito para conter a inflação.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu hoje (4) elevar a taxa básica de juros (Selic) da economia brasileira, que passou de 12,25% para 12,75% ao ano. Com o aumento de 0,5 ponto percentual, a taxa retorna ao patamar de janeiro de 2009.

Em comunicado, o Copom reconheceu que decidiu intensificar o ajuste monetário para conter a inflação. “Avaliando o cenário macroeconômico e as perspectivas para a inflação, o Copom decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic em 0,50 ponto percentual para 12,75% ao ano, sem viés”.

A Selic serve de referência para as demais taxas de juros, e, no início da semana, a expectativa de analistas e investidores do mercado financeiro já era a de elevação d o índice para 12,75% ao ano. A expectativa do mercado foi divulgada pelo Banco Central segunda-feira (2), no boletim Focus. 

O Banco Central tem na Selic um dos instrumentos para manter a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), dentro da meta estabelecida pela equipe econômica. De acordo com o Conselho Monetário Nacional, o centro da meta de inflação corresponde a 4,5%, com margem de tolerância de 2 pontos percentuais para baixo (2,5% – piso da meta) e para cima (6,5% – teto da meta). 

Embora a taxa básica ajude no controle dos preços, sua elevação também pode prejudicar o reaquecimento da economia, pois o crédito fica mais caro. De acordo com o boletim Focus desta semana, o mercado financeiro prevê, para 2015, PIB com retração de 0,58% e Selic a 13% ao ano.
Fonte: Nominuto

[política] PEC da Bengala é aprovada em primeiro turno pela Câmara dos Deputados

Proposta aumenta para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória para ministros do STF, TCU e demais tribunais superiores.

A Câmara dos Deputados aprovou, há pouco, em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 457/05, que aumenta de 70 anos para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Tribunal de Contas da União (TCU) e dos demais tribunais superiores. Foram 317 votos a favor, 131 contra e 10 abstenções. 

A proposta volta agora à comissão especial para redação e, depois, retorna ao plenário para a votação em segundo turno, o que deverá ocorrer na próxima semana. Como o texto do Senado foi mantido, assim, quando for votado em segundo turno, a PEC será promulgada e passará a fazer parte da Constituição Federal. 

O texto aprovado pelos deputados é o mesmo aprovado pelo Senado e encaminhado à apreciação da Câmara. Para a votação do texto dos senadores, os deputados rejeitaram - por 319 votos a favor, 18 contra e 9 abstenções - todas as emendas que visavam a alterar a proposta original do Senado. 

Em outra votação, os deputados aprovaram - por 278 votos a favor, 59 contra e 9 abstenções - o requerimento de preferência para que fosse votado o texto do Senado, em vez do substitutivo aprovado e apresentado pela comissão especial que analisou a PEC. O substitutivo da comissão, aprovado em 2006, pretendia que a proposta pudesse ser estendida a todos os servidores sem a necessidade de uma lei complementar, como prevê o texto do Senado. 

Alguns deputados se posicionaram contra a aprovação da PEC, mas a grande maioria foi a favor. Na avaliação do deputado Miro Teixeira (PROS-RJ), a aprovação da proposta vai preservar talentos no funcionalismo.
Fonte: Nominuto


[economia] Sethas e Emater vão gerir o Programa do Leite

O Programa do Leite terá gestão compartilhada entre Secretaria de Assistência Social (Sethas-RN) e Emater. Desde 2013, o programa estava completamente sob a responsabilidade da Emater, mas agora será integrado à política de Assistência Social do Governo do Estado, no âmbito da segurança alimentar.

“O objetivo é fazermos a integração de ações para garantirmos a melhoria desse importante programa, com eficiência e eficácia”, explicou a secretária da Sethas-RN, Julianne Faria.

A mudança foi definida em reunião entre o governador Robinson Faria, a secretária Julianne Faria, o diretor da Emater, César Oliveira, o secretário de Agricultura, Haroldo Abuana, e a secretária adjunta da Sethas-RN, Maira Almeida.

A partir de agora serão realizadas reuniões periódicas para definirem as providências no que diz respeito ao novo modelo de gestão do Programa do Leite.

Programa

Criado na segunda metade dos anos 80, atualmente o Programa do Leite distribui diariamente cerca de 116 mil litros de leite para pessoas cadastradas e instituições filantrópicas e educacionais. Dentre os beneficiários estão gestantes, crianças de dois a sete anos de idade, nutrizes até seis meses após o parto e pessoas com mais de 60 anos de idade.

quarta-feira, 4 de março de 2015

[cotidiano] Mulher flagra marido com a amante em sessão de 'Cinquenta tons de cinza'

Dificilmente um barraco passa despercebido pela internet. Cenas de novela foram registradas em uma das sessões do filme '50 tons de cinza' em um shopping de Recife. Vídeos de testemunhas, disponíveis no YouTube, mostram uma mulher agredindo um homem em uma sessão desta terça-feira. A agressora seria esposa do homem, que o flagrou com a amante. Metade do público pede para continuar assistindo ao filme enquanto a outra metade ri. No final, seguranças da sala impedem as agressões.



O Shopping Plaza Recife confirmou a confusão e disse que a esposa estava no cinema, quando viu o marido entrando com a amante. Alguém da audiência teria ido chamar o segurança, que apartou a briga (que já durava dois minutos) e tirou os dois cinema. A sessão continuou normalmente.
Fonte: Correio Braziliense

[educação] MEC abre consulta pública sobre Enem digital

Ministério da Educação (MEC) abriu nesta terça-feira (3) uma consulta pública para avaliar a possibilidade de passar a oferecer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) on-line. O site receberá sugestões até 17 de março.

Para contribuir, os interessados devem responder um formulário com três perguntas. 1) Qual é a sua sugestão para a ampliação do banco de itens nas quatro áreas de conhecimento do Enem (linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias)? 2) Qual a sua sugestão para o aprimoramento da logística, segurança e aplicação da prova? 3) Gostaria de fazer algum outro comentário acerca do tema?

Ao longo dos anos, o Enem se estabeleceu como forma de acesso ao ensino superior por meio de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Universidade para Todos (Prouni), Financiamento Estudantil (Fies) e Ciência sem Fronteiras. De acordo com o secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, a sociedade deve participar do desenvolvimento do exame. “O Enem envolve alunos, famílias, sociedade e escolas. É um processo que vem se aprimorando nos últimos anos”, disse.
Fonte: Correio Braziliense


Propaganda