logo

sexta-feira, 15 de junho de 2018

[oportunidade] Polícia Federal lança edital para provimento de 500 vagas

A Polícia Federal lançou nesta sexta-feira (15) o edital de concurso público para provimento de vagas nos cargos de delegado, perito, agente, escrivão e papiloscopista. O certame será realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), que utilizará o método Cespe de seleção.

Estão sendo disponibilizadas 500 vagas, distribuídas entre os cargos de delegado de polícia federal (150), perito criminal federal (60), escrivão de polícia federal (80), papiloscopista de polícia federal (30) e agente de polícia federal (180).

A inscrição será feita apenas via internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/pf_18, no período entre 10 horas do dia 19 de junho de 2018 e 18 horas do dia 2 de julho de 2018 (horário oficial de Brasília/DF).

O candidato poderá efetuar o pagamento da taxa de inscrição por meio de Guia de Recolhimento da União, disponibilizada na página de acompanhamento do concurso e paga em qualquer banco, bem como nas casas lotéricas e nos Correios. O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 20 de julho de 2018.

Todas as informações a respeito do concurso estão disponíveis no site http://www.cespe.unb.br/concursos/pf_18.

[cotidiano] TRE-RN está com inscrições abertas para mesário voluntário

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) está com inscrições abertas para mesário voluntário nas eleições gerais de 2018. O período de cadastro vai até o dia 2 de agosto, e as Zonas Eleitorais entrarão em contato com os selecionados até 15 de agosto.

Os voluntários atuarão nas mesas receptoras de votos e justificativas das eleições de 2018. Ficam responsáveis por organizar a seção eleitoral, identificar os eleitores e autorizá-los a votar, operar a urna eletrônica, processar justificativas e conduzir os trabalhos de votação. Interessados devem se inscrever no portal do TRE-RN.

Mesários voluntários podem utilizar as horas trabalhadas nos pleitos eleitorais como atividades extracurriculares em universidades que possuem convênio com a Justiça Eleitoral. Além disso, os selecionados têm isenção de taxa de inscrição em concursos públicos promovidos pelo Governo do RN, pelo Município de Natal e de Parnamirim.

[cotidiano] 16 municípios do RN têm mais eleitores que habitantes

Revisão biométrica foi concluída em maio deste ano, no RN. (Foto: Divulgação/ TRE)

Um total de 16 municípios potiguares têm mais eleitores cadastrados pela Justiça Eleitoral que habitantes. Isso é o que aponta um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) sobre o eleitorado brasileiro 2018. No Nordeste, o estado é o detentor do maior número de cidades nesta situação. Em segundo lugar, vem a Paraíba, com 12.

O caso chama maior a atenção é o da cidade de Severiano Melo, que tem uma diferença de 2.999 pessoas, entre o número de eleitores disponibilizado pelo sistema do Tribunal Superior Eleitoral no início deste mês e a estimativa do IBGE para a população do município em 2017. São 6.149 eleitores contra 3.150 habitantes.

Essa é a terceira maior disparidade encontrada nos municípios brasileiros. Acima de Severiano Melo estão Canaã dos Carajás, no Pará, que tem 3.857 eleitores a mais que habitantes; e Cumaru, em Pernambuco, com diferença de 3.396.

No Brasil inteiro, 231 municípios têm mais eleitores que habitantes. O estado na primeira colocação é Minas Gerais, com 75 municípios, que é seguido por São Paulo e Santa Catarina com 29 e 20, respectivamente. O Rio Grande do Norte vem logo após Goiás, que têm 19 municípios eleitorado maior que a quantidade de moradores.

"Se por um lado isso pode ser explicado pela mobilidade das pessoas que mudam o domicílio eleitoral para suas cidades de origem ou para cidades litorâneas, podemos também alertar para uma reclamação constante dos gestores municipais – a de que as suas respectivas populações estão subestimadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística”, diz o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

Das 10 cidades com maior número de eleitores no Nordeste, nove são capitais. Entre elas, está Natal, a sexta na lista, com 554.537 pessoas aptas ao exercício do voto. Entre os menores eleitorados da região, dois municípios são potiguares. O primeiro é Viçosa, com 1.678 eleitores, seguido por Ipueira, com 1.752. Eles são o 3º e o 5º lugar na lista dos 10 menores eleitorados nordestinos.

De acordo com a Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), os números definitivos dos eleitores nos municípios potiguares, bem como nos demais estados, para as eleições de outubro, ainda serão divulgados oficialmente. Isso porque o TSE tem até o dia 11 de julho para concluir a auditoria do cadastro biométrico dos eleitores. Essa auditoria é que que vai consolidar os dados das inscrições e transferências de domicílios eleitorais, encerradas em 9 de maio.

Brasil

O estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) Eleitorado de 2018 contabilizou 146,1 milhões de pessoas aptas a votar nas 5.568 cidades brasileiras. Com isso, houve um crescimento de 1,4% no número de eleitores em relação a 2016, ano em que ocorreu as últimas eleições municipais. Comparado com a estimativa populacional mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que indica 207,7 milhões de habitantes em 2017, os eleitores representam 70,37% da população brasileira.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

[política] Styvenson coloca nome à disposição para disputar as eleições desse ano


O capitão Styvenson Valentim, sem partido, se posicionou oficialmente sobre o pleito das eleições desse ano nesta terça-feira (12). Através das redes sociais, ele colocou o nome à disposição para disputar o pleito de 2018.

“Estou aqui para disponibilizar, eu permito, a quem tiver interesse, partido, pessoa, empresa, que coloque meu nome em uma pesquisa pesquisa para saber se essa vontade é uma vontade real mesmo ou se é só dos meus amigos. Traga esse resultado, depois de feito, para eu pensar, para eu avaliar se entro ou não”, disse.

Styvenson é cotado para ser candidato tanto a governador, quanto para senador. Inclusive, para o Senado, ele já foi convidado pelo deputado estadual Kelps Lima, presidente do Solidariedade. O capitão da Polícia Militar tem sido instigado por amigos e familiares para concorrer ao pleito. Como policial, ele tem até o dia das convenções para se filiar a algum partido e concorrer.

[política] Bolsonaro ultrapassa Lula e dispara no Rio Grande do Sul

Jair Bolsonaro aparece à frente de seus adversários no Rio Grande do Sul. É o que mostra um levantamento inédito do Instituto Paraná.

Pela primeira vez, Bolsonaro bate Lula na corrida. O primeiro tem 28,1% dos votos, contra 20,5% do petista. Neste cenário, Ciro Gomes (6,9%), Marina Silva(6,9%) e Alvaro Dias (6,8%) estão empatadas na terceira posição.

Sem o ex-presidente na disputa, o caminho está ainda mais aberto para o deputado. Ele é preferência de 29,4%, contra 9,9% de Ciro Gomes e Marina Silva.

Como se não bastasse, 34,2% dos gaúchos revelam preferência de voto por um candidato apoiado por militares, contra 20% de alguém apoiado pelo empresariado e 17,3% com a chancela de Lula.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR- 03366/2018.

Fonte: RADAR / VEJA

[oportunidade] Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura abre processo seletivo para cargo de nível técnico

A Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura – FUNPEC abriu processo seletivo para uma vaga de Técnico de Apoio em Pesquisa e Desenvolvimento. A atuação será em projeto acadêmico gerenciado pela Fundação. Salário é de R$ 1210,41 e carga horária de 20 horas semanais.

Os candidatos à vaga deverão ter nível superior ou técnico em química, petróleo, mecânica ou áreas afins, além de experiência comprovada de no mínimo seis meses em instalação, manutenção e operação de sistema de injeção de fluidos em amostras de rocha (bombas, core holders, sistema de aquisição de dados, conexões hidráulicas) e/ou análise PVT em petróleo.

As inscrições se encerram no dia 15 de junho e são feitas, gratuitamente, no site da FUNPEC – www.funpec.br. Lá constam o edital de seleção e o formulário de inscrição. O processo seletivo será realizado em duas etapas: análise de currículo e entrevista técnica. O resultado final será divulgado no site da Fundação.

[economia] Após anos, destino Mossoró volta a ter nome em painel de voos de aeroporto

O destino Mossoró passou a voltar a ter o seu nome disponível no painel de aeroporto após sete anos. A última empresa a fazer voos comerciais para a “capital do Oeste” foi a pernambucana Noar.

A partir da tarde desta quarta-feira(13) Mossoró volta a operar voos comerciais regulares através da empresa Azul Linhas Aéreas com o Aeroporto Dix-sept Rosado como um de seus pontos de endereços para pousos e decolagens.

[economia] Petrobras anuncia queda de 1,59% no preço da gasolina para esta quinta

A Petrobras anuncia que, com o reajuste que entrará em vigor na quinta-feira (14), o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias será de R$ 1,9351, com queda de 1,59% em relação à média atual de R$ 1,9664. Já o preço do diesel segue congelado em R$ 2,0316.

Fonte: R7, com Estadão

[saúde] Sobe para 29 o número de feridos por agulhas no São João 2018 de Campina Grande

Subiu para 29 o número de pessoas atendidas no Hospital de Trauma de Campina Grande, entre a sexta-feira (8) e esta quarta-feira (13), relatando que foram feridas com agulhadas durante o São João 2018 de Campina Grande. Pelo menos 28 vítimas foram feridas dentro do Parque do Povo e uma no bloco "Namoradrilha". De acordo com a infectologista Priscila de Sá, as vítimas contaram que sentiram as furadas e, logo depois, foram ao hospital em busca de ajuda.

Até o início da manhã da segunda-feira (11), o Hospital de Trauma já havia registrado cinco casos. Outras duas pessoas que viram os casos sendo relatados na imprensa também procuraram atendimento durante a tarde. Na noite de segunda-feira, mais sete pessoas homens procuraram o hospital relatando o mesmo caso. Mais vítimas foram ao Trauma na manhã nesta terça-feira.

De acordo com o setor de acolhimento do hospital, na madrugada desta quarta-feira, mais cinco pessoas pediram atendimento no Trauma. Uma delas chegou às 4h e informou ter sido ferida durante o show do cantor Luan Santana, no Parque do Povo.

Segundo o diretor geral do Hospital de Trauma de Campina Grande, Geraldo Medeiros, além das 23 vítimas que relatam que foram feridas no Parque do Povo, uma outra afirmou ter sido perfurada em um bloco de rua.

Mulher detida com agulhas no Parque do Povo

Uma mulher foi detida com agulhas na noite desta terça-feira (12), no Parque do Povo, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Civil, a mulher não tem ligação com as vítimas que têm procurado o Hospital de Trauma nos últimos dias. Ela prestou depoimento e foi liberada, depois de informar que estava com as seringas porque trabalha com a aplicação de piercing.


Atendimento médico para feridos por agulhada

A médica do Hospital de Trauma informou que, após o atendimento, a equipe de saúde confirmou que havia marcas de agulhadas no corpo das vítimas, mas que ainda não há como saber se as seringas estavam com alguma contaminação ou não.

O procedimento feito no hospital, segundo Priscila de Sá, foi registrar um protocolo de acidente por agulha possivelmente contaminada e fornecer aos pacientes a medicação necessária para evitar infecção pelo vírus HIV.

O que dizem os responsáveis pela segurança do São João

O secretário de Segurança e Defesa Social da Paraíba, Cláudio Lima, afirmou que pretende juntar esforços para poder garantir a segurança da população, procurar as falhas e buscar reparar para desenvolver um melhor trabalho preventivo.

De acordo com o capitão da Polícia Militar, Jhonata Yassaki, as denúncias estão sendo apuradas. Ele destacou que as ocorrências não foram notificadas na Polícia Militar, pois as vítimas foram em busca de atendimento médico imediato. Desde as primeiras horas da manhã de segunda-feira, as imagens das câmeras de segurança do Parque do Povo estão sendo analisadas. A PM também destacou que a biometria facial anunciada pela empresa organizadora não está sendo feita.

“As informações que tivemos foi através da imprensa e do Hospital de Trauma, porque as vítimas buscaram de imediato o atendimento de saúde preventivo. Pegamos algumas características com as vítimas e estamos analisando as câmeras de segurança. E o comando também pediu o reforço nos procedimentos de segurança”, disse ele.

Público enche Parque do Povo para curtir shows no São João 2018 de Campina Grande (Foto: Emanuel Tadeu / Aliança & Medow Promo)

Já a empresa Aliança, que faz a organização do evento, divulgou uma nota na tarde de segunda-feira, informando que estava trabalhando em conjunto com a Polícia Militar para investigar os casos. A nota ainda diz que nos postos de atendimento do Parque do Povo, apenas uma ocorrência foi registrada.

Sobre a biometria facial, a assessoria de imprensa da Aliança informou que os equipamentos foram garantidos, mas ainda precisam ser instalados nas entradas do Parque do Povo. Apesar disso, até a tarde desta segunda-feira não foi anunciado um prazo para a instalação.

Além disso, as vítimas também foram encaminhados para o setor responsável pela medicação contra infecção do vírus hepatite B.

[política] Trump diz que Coreia do Norte não é mais ameaça nuclear

Trump tenta 'guiar' o líder norte-coreano (Foto: Reuters)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que Coreia do Norte não é ameaça nuclear um dia depois de se encontrar pela 1ª vez com o líder Kim Jong-un, em Singapura.

Após a cúpula, o norte-coreano aceitou desmantelar o seu programa nuclear e trabalhar pela desnuclearização completa da península coreana, que era uma condição imposta pelos EUA para a realização do encontro.

“Acabei de desembarcar de uma viagem longa. Agora todos podem se sentir muito mais seguros do que no dia em que assumi. Não há mais uma ameaça nuclear por parte da Coreia do Norte. Encontrar-me com Kim Jong-un foi uma experiência interessante e muito positiva. A Coreia do Norte tem um grande potencial para o futuro!”, afirmou no Twitter.

“Antes de assumir o cargo, as pessoas entendiam que estávamos indo para a guerra com a Coreia do Norte. O presidente Obama disse que a Coreia do Norte era o nosso maior e mais perigoso problema. Não mais - durmam bem esta noite!”, completou.

Após o encontro, o presidente americano também anunciou a suspensão dos "jogos de guerra" na península coreana, fazendo referência aos exercícios militares feitos pelos EUA em conjunto com a Coreia do Sul. A Coreia do Norte considera as manobras militares uma provocação.

Nesta manhã, Trump afirmou que seu país vai economizar deixando de fazer "jogos de guerra", dizendo que "os dois lados estão agindo de boa fé".

Apesar do otimismo de Trump com o encontro, o documento final não estabelece metas ou detalhes de como o compromisso será colocado em prática para que o abandono da produção seja feito de forma completa, irreversível e verificável, como pedem os Estados Unidos.

O compromisso com o desmonte do programa nuclear já consta na Declaração de Panmunjon, assinada após o encontro de líderes das duas Coreias, em abril.

O documento assinado por Trump e Kim nesta terça possui quatro pontos:

EUA e Coreia do Norte se comprometem a estabelecer relações de acordo com o desejo de seus povos pela paz e prosperidade;
Os dois países irão unir seus esforços para construir um regime de paz estável e duradouro na península coreana;
Reafirmando a Declaração de Panmunjon, de 27 de abril de 2018, a Coreia do Norte se compromete a trabalhar em direção à completa desnuclearização da península coreana;
Os EUA e a Coreia do Norte se comprometem a recuperar os restos mortais de prisioneiros de guerra, incluindo a imediata repatriação daqueles já identificados.

Na avaliação de Trump, as negociações com Kim foram "francas, diretas e produtivas" e o documento está "bastante completo". O texto mostra, segundo o americano, que os países estabeleceram uma ligação especial após a sua assinatura.

O presidente dos EUA, Donald Trump, mostra o documento que ele e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-um, assinaram durante encontro histórico em Singapura (Foto: Jonathan Ernst / Reuters)

Em entrevista logo depois do encontro, o presidente americano afirmou que Kim aceitou o seu convite para visitar a Casa Branca e que ele pretende visitar Pyongyang "em um certo momento".

[política] STF aceita denúncia e torna Agripino Maia réu por corrupção, lavagem de dinheiro e uso de documento falso

O senador Agripino Maia, DEM, virou réu em ação no STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (12) aceitar uma denúncia contra o senador Agripino Maia (DEM-RN) e torná-lo réu pela suposta prática de corrupção, lavagem de dinheiro e uso de documento falso.

Por 3 votos a 2, a maioria dos ministros da Segunda Turma considerou haver indícios mínimos de que, em 2010, o parlamentar, ex-presidente do DEM, pediu e aceitou propina de R$ 1,15 milhão de um empresário para execução de contrato para inspeção veicular ambiental em Natal.

Em nota, o senador afirmou que o placar do julgamento "mostra a fragilidade da denúncia" e que está "seguro" de que comprovará que os fatos descritos na acusação não são verdadeiros.

A decisão não significa que Agripino é culpado – ao longo da ação penal, a defesa terá a oportunidade de provar se o senador é inocente, com depoimentos de testemunhas e coleta de novas provas. Só ao final do processo, o STF poderá condenar ou absolver o parlamentar.

O julgamento para receber a denúncia ou arquivar o caso foi iniciado em maio deste ano. Votaram pelo prosseguimento do caso o relator, ministro Ricardo Lewandowski, Edson Fachin e Celso de Mello. Contra o recebimento da denúncia votaram Gilmar Mendes e Dias Toffoli.

A defesa de Agripino nega as acusações. Diz que a denúncia do Ministério Público é baseada em depoimentos de delatores que foram coagidos.

A ex-governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini, atual prefeita de Mossoró, também foi denunciada por supostamente ter ajudado o senador a obter vantagens indevidas. A Segunda Turma, porém, rejeitou a acusação, por considerar que não havia indícios contra ela.

[política] TRE indefere candidatura e invalida eleição suplementar no interior do RN

As eleições suplementares do município de São José do Campestre, no interior do Rio Grande do Norte, foram invalidadas pelo Tribunal Regional Eleitoral nesta terça-feira (12). O motivo é o indeferimento da candidatura de Eribaldo Lima (PHS), que compunha como vice-prefeito a chapa que venceu a votação ocorrida no dia 3 de junho passado.

O argumento defendido pelos desembargadores do TRE é de que Eribaldo não se filiou ao Partido Humanista da Solidariedade (PHS) até o período mínimo de seis meses antes da ocorrência do pleito, exigido pela lei. A Corte Eleitoral potiguar decidiu à unanimidade pelo indeferimento.

De acordo com a assessoria de comunicação do TRE, cabe recurso à decisão junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A assessoria, no entanto, não soube informar se e quando haverá novas eleições na cidade.

O vencedor das eleições suplementares para o cargo de prefeito foi Joseilson Borges da Costa (MDB), conhecido por Neném Borges. Ele já ocupava o posto interinamente, desde que a prefeita anterior foi cassada, pois era o presidente da Câmara Municipal. Com o indeferimento da candidatura do vice, a chapa inteira foi invalidada. Eles assumiriam o Poder Executivo de São José do Campestre no próximo dia 28 de junho.

Cassação

Os diplomas da prefeita e a vice-prefeita da cidade de São José do Campestre foram cassados em abril. Maria Alda Romão Soares e Eliza Assis de Oliveira Borges responderam a processo por captação ilícita de votos e abuso de poder econômico. O município conta com 9.446 eleitores aptos a votar.

[economia] Ampliação dos saques do PIS-Pasep vai injetar R$ 39 bilhões na economia e pode elevar PIB, diz governo

A ampliação dos saques do fundo do PIS-Pasep para os cotistas de todas as idades vai injetar R$ 39,3 bilhões na economia e tem um "impacto potencial" de 0,55 ponto de alta no Produto Interno Bruto (PIB), segundo cálculos do Ministério do Planejamento.

A lei que ampliou os saques para os cotistas de todas as idades, que trabalharam entre 1971 e 1988, foi sancionada nesta quarta-feira (13) pelo presidente Michel Temer, em cerimônia no Palácio do Planalto. O público potencial de beneficiários é de 28,7 milhões de pessoas.

O presidente Michel Temer afirmou, na cerimônia de sanção da lei, em Brasília, que o objetivo central da medida é mobilizar e movimentar a economia brasileira. "Aqueles que vão lá pegar os recursos poderão injetá-los na economia e são valores preciosos", declarou.

Disse também que os recursos poderão ajudar os beneficiários a pagar uma dívida, ou realizar uma pequena reforma, por exemplo.

O impacto da liberação dos recursos do PIS-Pasep na economia brasileira supera as perdas de R$ 15,9 bilhões com a greve dos caminhoneiros, segundo cálculos que foram feitos pelo Ministério da Fazenda.

O valor do PIS-Pasep também se aproxima do impacto de 0,61 ponto do PIB, equivalente a R$ 44 bilhões, dos saques das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) - autorizado no ano passado.

O secretário-executivo do Ministério do Planejamento, Gleisson Rubin, avaliou que o impacto da ampliação dos saques do fundo do PIS-Pasep na economia brasileira vai depender dos beneficiários da medida – se fizerem os saques e utilizarem o dinheiro.

Na semana passada, o mercado financeiro baixou sua estimativa de alta do PIB deste ano de 2,18% para 1,94%. Foi a sexta queda seguida do indicador e, também, foi a primeira vez que a estimativa fica abaixo da marca de 2% para este ano. Há um mês, a estimativa de crescimento da economia, para este ano, estava em 2,51%.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

[oportunidade] UERN disponibiliza 1200 vagas de cursos de graduações em seis cidades

Nesta terça-feira (12), termina o prazo para quem quer trocar de curso, seja qual for a instituição de ensino superior em que esteja cursando, ou para quem já tem uma graduação e almeja fazer outro curso, se inscrever para as vagas não iniciais disponibilizadas pela UERN.

São 1281 vagas, sendo 494 em Mossoró, 381 em Natal, 158 em Pau dos Ferros, 135 em Assu, 70 em Caicó e 43 em Patu.

As vagas são para o 1º semestre letivo de 2018, que devido às greves dos últimos anos, na UERN se iniciará em agosto.

As inscrições podem ser realizadas na secretaria da Faculdade (Campus Central) e/ou do Campus Avançado a que o curso pretendido pertença.

As vagas serão ofertadas nas modalidades: Transferência Interna (voltada para alunos da UERN que queiram mudar de curso, campus ou turno); Transferência Externa (voltada para alunos de outras Instituições de Nível Superior com diploma reconhecido pelo MEC); e Retorno (voltada para alunos que já possuem a graduação e desejam retornar à universidade).

O resultado final da seleção para preenchimento das Vagas Não Iniciais nos cursos de graduação da UERN, para ingresso no semestre letivo de 2018.1, será divulgado no dia 17 de julho de 2018.

[esporte] Estudo põe Seleção como a terceira mais valiosa da Copa; veja lista

A seleção brasileira é a terceira mais valiosa da Copa do Mundo. Ao menos, é o que mostra o estudo publicado nesta segunda-feira do CIES Football Observatory, que avalia os 23 jogadores de Tite em € 1,25 bilhão (R$ 5,45 bilhões). A França, primeira (€ 1,4 bilhão, o equivalente a R$ 6,1 bilhões), e a Inglaterra (€ 1,38 bilhão, que representa R$ 6 bilhões), segunda, são as equipes que superam os brasileiros em valor de mercado.

Não à toa, essas seleções contam com os três jogadores mais caros do Mundial: Harry Kane (€ 201 milhões), Neymar (€ 196 milhões) e Mbappé (€ 187 milhões).

Veja abaixo os valores em euros, assim como os jogadores mais caros de cada equipe.

As seleções mais valiosas da Copa do Mundo (Foto: CIES Football Observatory)

As outras seleções do top-10 são as seguintes (listando a partir da mais valiosa): Espanha (€ 965 milhões), Argentina (€ 925 milhões), Alemanha (€ 895 milhões), Bélgica (€ 835 milhões), Portugal (€ 656 milhões), Uruguai (€ 529 milhões) e Croácia (€ 416 milhões).

Rival do Brasil na primeira fase, a Sérvia é a 13ª, enquanto a Suíça, adversária da estreia, aparece na 16ª colocação da lista. A Costa Rica é apenas a 29ª seleção mais valiosa da Copa. Apenas Irã, Arábia Saudita e Panamá, a última equipe da relação, ficam atrás.

De acordo com o instituto, o critério para definir o valor dos jogadores se baseia no desempenho esportivo dos jogadores de futebol, como os os clubes de cada atleta. O algoritmo ainda leva em conta outras variáveis, como idade e duração do contrato. O valor de todos os 736 inscritos na Copa do Mundo juntos é de € 12,6 bilhões (R$ 54,9 bilhões).

A lista das seleções mais valiosas, segundo o estudo*

França – R$ 6,1 bilhões
Inglaterra – R$ 6 bilhões
Brasil – R$ 5,5 bilhões
Espanha – R$ 4,2 bilhões
Argentina – R$ 4 bilhões
Alemanha – R$ 3,9 bilhões
Bélgica – R$ 3,65 bilhões
Portugal – R$ 2,85 bilhões
Uruguai – R$ 2,3 bilhões
Croácia – R$ 1,8 bilhão
Dinamarca – R$ 1,5 bilhão
Senegal – R$ 1,4 bilhão
Sérvia – R$ 1,3 bilhão
Polônia – R$ 1,275 bilhão
Colômbia – R$ 1,2 bilhão
Suíça – R$ 1,07 bilhão
Egito – R$ 1,01 bilhão
Nigéria – 837 R$ milhões
México – R$ 667 milhões
Suécia – R$ 663,25 milhões
Marrocos – R$ 602 milhões
Rússia – R$ 576 milhões
Coreia do Sul – R$ 536 milhões
Islândia – R$ 344 milhões
Japão – R$ 266 milhões
Peru – R$ 257,5 milhões
Austrália – R$ 253 milhões
Tunísia – R$ 253 milhões
Costa Rica – R$ 213 milhões
Irã – R$ 17,5 milhões
Arábia Saudita – R$ 91,75 milhões
Panamá – R$ 65,5 milhões

* Valor em reais dos 32 jogadores somados

Fonte: Globo Esporte

[cotidiano] Governo do RN nomeia novo comandante-geral do Corpo de Bombeiros

O Governo do Estado nomeou um novo comandante-geral para o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte. A nomeação do coronel Josenildo Acioli Bento foi publicada na edição deste sábado (9) do Diário Oficial.

O oficial que ocupava o posto anteriormente foi destituído do cargo em maio passado e, desde então, a corporação estava sem comandante. Depois de ser exonerado, o coronel Luiz Monteiro da Silva Júnior disse que o governador o tirou da função depois que se negou a cumprir ordem do governador para liberar uma festa irregular.

Graduado em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o coronel Acioli é especialista em Gestão de Sinistro pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), através do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO), e especialista em Segurança Pública no Curso Superior de Polícia (CSP).

Ele assume o comando aos 42 anos de idade, depois de ter passado por várias áreas de atuação dentro do Corpo de Bombeiros potiguar.

[cotidiano] Carro parte ao meio após bater em postes na Grande Natal; motorista escapa ileso

Um carro partiu ao meio após bater em dois postes no final da noite desta quinta-feira (7) na Avenida Maria Lacerda Montenegro, uma das mais movimentadas do bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim, cidade da Grande Natal. Apesar do estrago, o motorista escapou com alguns arranhões. O vídeo acimamostra como ficou o veículo.

Parte do carro atingiu a fachada da academia, que teve as vidraças estilhaçadas (Foto: Luciana Cavalcante )

Um amigo do motorista contou que o acidente aconteceu por volta das 23h40, em frente a uma academia de ginástica. “Eu moro perto e estava em casa quando ouvi o barulho. Foi um estrondo muito alto. Fui lá ver o que era e encontrei o carro partido ao meio. E meu amigo estava lá, de pé, apenas com pequenos arranhões. Ele disse que a vista escureceu de repente e, quando retornou, ele já estava em cima do poste”, relatou.

Desgovernado, o carro bateu primeiro em um poste e depois acertou em cheio um segundo poste. Foi quando o veículo partiu ao meio. Parte das ferragens atingiu a fachada da academia, que suspendeu as atividades nesta sexta (8) e sábado (9). A outra metade do carro, ficou um pouco mais distante, em uma rua que fica na lateral da academia.

[política] Cargos fantasmas serviam para comprar deputados na Assembleia Legislativa do RN, diz delatora

Os presidentes da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte usaram os cargos da Casa para comprar apoio dos deputados estaduais em votações de interesse próprio. O esquema teria acontecido entre 2006 e 2015. Isso é o que diz a ex-procuradora-geral da Casa, Rita das Mercês Reinaldo, que fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público e deverá repetir as mesmas informações em depoimento à Justiça, marcado para o fim deste mês. O G1 teve acesso à delação nesta semana.

O acordo de delação foi fechado em decorrência da Operação Dama de Espadas, deflagrada pelo Ministério Público em agosto de 2015. A investigação abrange as administrações do deputado Ricardo Motta e também do governador Robinson Faria, quando eles estavam na presidência da Casa Legislativa do Estado.

O G1 procurou o advogado de Robinson Faria, mas não conseguiu contato. No entanto, a assessoria de Comunicação do Governo do Estado enviou nota, em que diz que “O Governo do RN não irá se pronunciar sobre temas relacionados à operação Dama de Espadas, por se tratar de assunto já explicado à exaustão ao longo dos últimos três anos, de âmbito pessoal e anterior ao cargo de governador”

Os advogados de Ricardo Motta disseram que o deputado vai se manifestar nos autos do processo, e que “a delação não trouxe nenhum elemento novo de prova e que será comprovado que não houve nenhum dos fatos ali narrados e que a simples palavra do colaborador deve ser provada de forma cabal e não apenas por presunção”.

A delação foi homologada pelo ministro Edson Fachin, e o processo corre no Supremo Tribunal Federal (STF), porque há investigados que têm foro privilegiado.

Em seu depoimento, Rita das Mercês afirmou que todos os deputados sabiam do esquema. “O esquema, todos os deputados sabiam de como era a questão dos laranjas, dos fantasmas, porque isso é público e notório diante da Assembleia que o gabinete, que é mínimo, não cabe 60, 70 pessoas indicadas pelo deputado”, declarou.

Além de deputados, segundo a ex-procuradora, cargos foram ocupados por indicação de desembargadores do Tribunal de Justiça do RN, conselheiros do Tribunal de Contas, ex-governadores, deputados federais e senadores, além de prefeitos e vereadores de Natal e de cidades do interior, que também se beneficiariam financeiramente.

A maior parte dos cargos ficava com os deputados estaduais em exercício. “Geralmente, quando tinha uma votação de interesse do presidente, as vezes do Executivo, alguns deputados negociavam não eram nem cargos, eram valores que eram distribuídos em cargos. O deputado dizia: eu preciso de mais R$ 30 mil. Então esses R$ 30 mil eram distribuídos em cargos comissionados, gratificações”, afirmou Rita das Mercês.

De acordo com Rita, as vagas pertenciam à estrutura organizacional da Assembleia e eram negociadas pelo presidente de acordo com a “necessidade”. “Com Robinson aconteceu várias vezes, essas negociações. Tanto na reeleição quanto nas aprovações de projeto de lei. Mas aparecia mais essas negociações quando da reeleição do cargo para presidente. Ele foi presidente quatro vezes”, ressaltou. “Sempre que havia eleição para presidente, era uma nova negociação com os deputados”.

Ainda conforme a delação de Rita das Mercês, após as nomeações dos servidores ela recebia as informações para alimentar uma planilha com os nomes dos “fantasmas” e quem os tinha indicado. Em alguns casos, porém, ela afirma que não era possível saber quem era o autor da indicação. A planilha foi entregue pela delatora aos procuradores do Ministério Público.

“A coordenadoria de Recursos Humanos fazia os atos, as portarias, e depois ela me informava, porque o presidente, quando necessitava saber quanto um deputado tinha... Por exemplo, o deputado fulano de tal exigia mais dinheiro. Ai o presidente precisava saber quanto o deputado já tinha em folha. A gente tinha que informar”, disse.

Judiciário na delação

Nas planilhas de Rita das Mercês não constam nomes apenas de deputados. Desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, magistrados que ocupam o mais alto cargo do judiciário estadual, também estariam envolvidos na indicação de servidores fantasmas do Poder Legislativo. Em contrapartida, deputados também indicavam pessoas para cargos no Judiciário, de acordo com a delatora.

Pelo menos oito dos 15 desembargadores ativos e dois aposentados contavam com cargos no Legislativo. Conforme Rita das Mercês, parte dos servidores indicados pelos magistrados trabalhava no Legislativo. Outros não. Questionada pelo MP sobre o motivo dessas indicações, Rita afirmou que acreditava ser para manter um “bom relacionamento com os representantes do Poder Judiciário do Estado”.

Deputados com cargos na Justiça

Da mesma forma que desembargadores teriam feito pedidos aos deputados para inclusão de pessoas ligadas a eles na folha de pessoal da Assembleia, parlamentares teriam feito indicações para cargos no Tribunal de Justiça. A delatora afirmou que ouviu falar de indicações de deputados, mas confirmou apenas uma de que tinha conhecimento.

De acordo com Rita, ela indicou uma neta por sugestão do deputado Ricardo Motta (PSB). Porém, houve uma condição: metade do salário ficaria com o próprio deputado. “Ele chegou na minha sala, disse que tinha um cargo e se eu tinha alguém para indicar, por que ele não tinha de nível superior. E eu falei que tinha uma neta e indiquei. Ele disse que a metade do salário era dele”, disse aos investigadores.

[segurança] Presos fogem da Cadeia Pública de Caraúbas, no Oeste potiguar

Seis presos fugiram da Cadeia Pública de Caraúbas, município da região Oeste potiguar, na madrugada deste domingo (10). De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), os detentos conseguiram serrar as grades da cela 1, no pavilhão da unidade.

Depois disso, eles quebraram o cadeado de um dos portões e pularam o muro da cadeia com auxílio de uma tereza, que é uma corda feita com lençóis. Os seis foragidos foram identificados como:

Arthur Silva Barbosa, 21 anos
Edson Nascimento Souza, 35 anos
Eduardo da Silva dos Santos, 21 anos
Erivan Luiz Silva de Oliveira, 27 anos
Mickrarrelvy de Freitas Galvão, 23 anos
Vanderlino Ananias da Silva, 27 anos

A Polícia Militar fez buscas na região, mas nenhum dos foragidos foram recapturados até o momento.

[justiça] Operação do MP investiga formação de cartel e fraude em licitações em Parnamirim, RN; seis são presos

O Ministério Público do Rio Grande do Norte deflagrou na manhã desta segunda-feira (11) uma operação denominada Curto Circuito. A investigação é contra crimes de formação de cartel, fraude em licitações, corrupção ativa e passiva, peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro em Parnamirim, na Grande Natal. Policiais civis e militares, por meio do Núcleo Especial de Investigações Criminais (Neic), participam da operação. Seis pessoas foram presas e 20 mandados de busca e apreensão cumpridos.

Segundo o promotores responsáveis pela investigação, ainda não é possível estimar quanto foi desviado pelo esquema investigado, porém apenas dois servidores teriam recebido cerca de R$ 500 mil em propina.

Cidade Luz

Segundo o MP, a operação Curto Circuito é a quarta fase da operação Cidade Luz, deflagrada no dia 24 de julho de 2017 pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Natal, que investiga contratos firmados entre a Prefeitura de Parnamirim e uma empresa que presta serviços de manutenção da iluminação pública da cidade.

Blackout

O esquema de cartel e fraude licitatória revelado em Natal também foi descoberto em Caicó, onde a 3ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público deflagrou a operação Blackout, no início de agosto de 2017. O objetivo foi aprofundar as investigações sobre contrato superfaturado de iluminação pública da Prefeitura de Caicó.

Alta Voltagem

Já em novembro de 2017, o MPRN deflagrou a operação Alta Voltagem, que investiga o contrato de iluminação pública celebrado entre a Prefeitura de Macaíba e a empresa Enertec Construções e Serviços Ltda.

Curto Circuito

A operação Curto Circuito contou com a participação de 22 promotores de Justiça e teve o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRN e do MP de Pernambuco, além das PMs do RN e PE, e ainda da Polícia Civil potiguar.

A investigação em Parnamirim aponta a existência de um ajuste empresarial para monopolizar os contratos do Município na área de iluminação pública em conluio com agentes públicos encarregados das contratações. Há indícios de superfaturamento e pagamento de propina a servidores públicos da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos e da Secretaria de Finanças de Parnamirim.

Pelo o que foi apurado pelo MP, o cartel vem atuando nas licitações em Parnamirim desde 2005.

O que a Prefeitura diz

Por meio de nota, a Prefeitura de Parnamirim afirmou por meio de nota que está colaborando com as investigações do Ministério Público e que desde agosto do ano passado autorizou a abertura de procedimento de avaliação de contratos referentes ao serviço de iluminação pública do município. Depois desse processo, a prefeitura cancelou o contrato vigente e abriu uma nova licitação.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

[economia] Petrobras anuncia 4ª redução seguida no preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou uma redução de 0,48% no preço da gasolina comercializada nas refinarias. Com o reajuste, o litro da gasolina nas refinarias passará de R$ 1,9617 para R$ 1,9521 a partir desta sexta-feira (8). Trata-se da 4ª queda seguida.

Nesta quinta-feira (7), o preço da gasolina foi reduzido em 0,45%, e na quarta-feira (6) a redução foi de 1,35%. Já na terça, a queda foi de 0,68%. Em 1 mês, entretanto, o combustível ainda acumula alta de 6,06% nas refinarias.

Desde o início de maio, já foram anunciadas 14 altas e 10 quedas no preço da gasolina. Veja tabela abaixo:
Evolução dos preços cobrados pela Petrobras nas refinarias (Foto: Divulgação/Petrobras)

Já o preço do diesel seguirá em R$ 2,0316 o litro nas refinarias até esta quinta-feira, conforme ficou estabelecido pelo programa de subvenção ao combustível anunciado pelo governo, que prevê redução de R$ 0,46 no preço do diesel por 60 dias. Com a redução, o preço do combustível recuou 2,68% na comparação com o início de maio.

O repasse dos preços cobrados nas refinarias para as bombas depende das distribuidoras e dos donos dos postos. Nas últimas semanas, os cortes anunciados pela Petrobras não foram sentidos pelos consumidores, em meio à crise de abastecimento provocada pelos protestos dos caminhoneiros.

Levantamento semanal divulgado pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP) mostra que o preço médio do diesel subiu 1% nos postos, enquanto que o da gasolina avançou 4%, na comparação com a semana encerrada no dia 26 maio, quando os caminhoneiros ainda estavam em greve.

A Petrobras adotou novo formato na política de ajuste de preços em 3 de julho do ano passado. Segundo a nova metodologia, os reajustes acontecem com maior frequência, inclusive diariamente, refletindo as variações do petróleo e derivados no mercado internacional, e também do dólar.

As críticas à política de preços da Petrobras foram um dos fatores que provocaram a greve dos caminhoneiros e culminaram no pedido de demissão de Pedro Parente.

[cotidiano] Inadimplência do Fies dobra desde 2014, e 41% não pagam as parcelas há mais de três meses

Depois de um período de crescimento desenfreado de novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), de 2011 a 2014, o Ministério da Educação lida agora com um aumento contínuo da inadimplência dos ex-estudantes. Dados obtidos com exclusividade pelo G1 por meio da Lei de Acesso à Informação mostram que a taxa de inadimplência dobrou de 18,9%, entre dezembro de 2014, para 41% em março de 2018, período mais recente das informações repassadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

No mercado, um devedor é considerado inadimplente apenas quando está há pelo menos 90 dias sem pagar o valor devido. Em março, esse era o caso de 249.433 estudantes.

Muito maior do que a expectativa original de 10% de inadimplência, essa parcela de devedores representa 41% do total de 612.225 pessoas financiadas pelo Fies que já passaram pela fase de financiamento e a fase de carência (período em que o valor já foi inteiramente financiamento, mas o devedor ainda não precisa começar a pagar de volta), e entraram na fase de amortização.

Mesmo com o crescimento constante da inadimplência, o governo ainda não definiu as regras do Programa Especial de Regularização do Fies, que já estava incluído na MP do Novo Fies, aprovada no Senado Federal em novembro do ano passado. Ao G1, o FNDE afirmou que "ainda não há qualquer contrato vinculado a esse Programa" por causa da falta de regulamentação.
Fies: veja o histórico de inadimplência

O FNDE só começou a divulgar dados sobre a inadimplência do Fies a partir de 2015, alegando que, antes o número de contratos que já estavam na fase de amortização era muito pequeno.

Atualmente, mais de 600 mil estudantes já estão pagando as parcelas do Fies, mas cada vez menos conseguem cumprir os prazos das parcelas. Em março, o total de contratos na fase de amortização, mas com atraso de um a 89 dias no pagamento de parcelas, era de 128.689. Somados aos contratos já considerados inadimplentes (com atraso de pelo menos 90 dias), eles representam 378.122.

Isso quer dizer que, em março, apenas 234.103 contratos estavam cumprindo os prazos de pagamento.

Os números mostram que o número de pessoas em dia com o Fies já é menor que os que estão com atraso de pelo menos um dia desde dezembro de 2017.

[economia] Dólar continua a subir e vai a R$ 3,91

O dólar continua a subir em relação ao real nesta quinta-feira (7) e chegou a operavar acima de R$ 3,90 no início dos negócios, com os investidores ainda cautelosos diante das incertezas nos quadros fiscal e político.

Às 11h02 a moeda norte-americana tinha valorização de 1,11%, a R$ 3,8797. Na máxima até agora, a cotação chegou a R$ 3,9133.

O dólar não era cotado acima dos R$ 3,90 desde março de 2016.

Na véspera, a moeda subiu 0,72%, a R$ 3,8371 na venda. Na máxima do dia, chegou a R$ 3,8493.

Efeito greve

Para o economista Alexandre Cabral, um misto de notícias contribui para a desvalorização do real.

"A Anfavea divulgou ontem que 25 mil carros deixaram de ser entregues devido à greve dos caminhoneiros e o mercado passou a ter certeza que o PIB do segundo trimestre vem pior do que o esperado. E hoje de manhã foi divulgado o IGP-DI, pela FGV, que mostrou uma inflação de 1,64% em maio, forte devido a vários fatores como a paralisação e a desvalorização do real", afirmou.

Intervenção do BC

O BC oferta nesta sessão até 8.800 swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho. Também ofertará até 15 mil novos swaps.

O Tesouro Nacional decidiu reforçar sua intervenção na renda fixa. A instituição realiza hoje e amanhã leilões de compra e venda de títulos públicos prefixados (NTN-F).

[justiça] MPF denuncia mais de 60, incluindo Sérgio Cabral, na Operação Câmbio Desligo

O Ministério Público Federal denunciou 62 pessoas na Operação Câmbio Desligo, desdobramento da Lava Jato n oRio. O grupo é acusado de formar uma organização criminosa, desde a década de 90, que promoveu evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

O ex-governador Sérgio Cabral e o doleiro Dario Masser, apontado como o "doleiro dos doleiros", estão entre os denunciados.No mês passado, a Operação Câmbio Desligo prendeu 30 pessoas em quatro estados. Os alvos eram doleiros suspeitos de movimentarem R$ 1,6 bilhão em 52 países.

Os suspeitos integravam um sistema chamado Bank Drop, no qual doleiros remetem recursos ao exterior através de uma ação conhecida como “dólar-cabo”.

Trata-se de um câmbio que envolve depósitos em contas em diferentes países, mas o dinheiro não é rastreável pelo Banco Central: doleiros recebem no Brasil e compensam em contas no exterior. Por não haver remessa, muito menos registro, o montante escapa das autoridades e dos impostos.

Os procuradores sustentam que a rede de doleiros operava lavando dinheiro para diversas organizações criminosas, inclusive a que o ex-governador foi condenado por liderar. Ele nega.

O "vultuoso" volume de recursos desviados, nas palavras dos investigadores, envolveu dezenas de doleiros espalhados pelos principais centros comerciais do país. A operação só foi possível porque dois deles, Vinicius Clarer (Juca), e Cláudio Fernando Barboza, o Tony, fizeram delações premiadas.

Sérgio Cabral já foi denunciado 23 vezes pela Lava Jato. Nas outras 22, ele já se tornou réu — sendo que em cinco delas a Justiça já o condenou em primeira instância. Em nenhuma foi absolvido até agora, restando ainda 17 julgamentos.

[segurança] Agências bancárias, lotérica e lojas são arrombadas em três municípios do RN

Três municípios potiguares foram alvo de bandidos na madrugada desta quinta-feira (7). Bancos, uma casa lotérica, um posto de combustíveis e uma farmácia foram arrombados nas cidades de Ceará-Mirim, Lagoa Salgada e Angicos. Em todos os casos, os criminosos chegaram em carros e armados. Ninguém foi preso.

Angicos

Em Angicos, bandidos arrombar a agência do BB. Um malote de dinheiro foi levado (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

No município de Angicos, na região Central potiguar, os bandidos arrombaram a agência do Banco do Brasil e levaram um malote de dinheiro. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 3h. Pelo menos oito homens participaram da ação. Eles fugiram em dois carros.

A PM disse que chegou ao local no momento da fuga. Houve troca de tiros, mas ninguém foi ferido. Os criminosos ainda espalharam grampos de ferro pela rodovia, e levaram duas pessoas como reféns. Ambas foram libertadas instantes depois.

Lagoa Salgada

No município de Lagoa Salgada, na região Agreste, três carros com cerca 10 pessoas invadiram a cidade e arrombaram a agência do Bradesco. Uma farmárcia e um posto de combustíveis também foram alvo dos assaltantes.

De acordo com a PM, a ação criminosa conteceu por volta das 3h. Antes dos arrombamentos, os bandidos espalharam grampos pela via que dá acesso à cidade e usaram um caminhão para obstruir a passagem de outros veículos. Além disso, o dono do caminhão e um vigia de rua foram feitos reféns, mas liberados em seguida.

Nada foi levado do banco. Na farmácia e no posto, foram roubados vários produtos.

Ceará-Mirim

Na lotérica, em Ceará-Mirim, os assaltantes tiveram acesso ao cofre, mas não conseguiram levar o dinheiro (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Em Ceará-Mirim, na Grande Natal, cinco homens em dois carros arrombaram uma casa lotérica no centro da cidade. Os criminosos chegaram a ter acesso ao cofre, mas não conseguiram levar o dinheiro porque o cofre, que é muito grande, não passou pela porta. Os criminosos ainda tentaram quebrar a parede, mas também não tiveram sucesso.

Durante a ação, moradores disseram à polícia que ouviram o barulho de vários tiros.

[segurança] Ambulância e carro do Corpo de Bombeiros são incendiados em Mossoró

Uma ambulância e um carro do Corpo de Bombeiros foram incendiados na madrugada desta quinta-feira (7) em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar. De acordo com a Polícia Militar, quatro homens foram até uma base da corporação que fica na BR-304, por volta das 2h, e metralharam o prédio. Em seguida, atearam fogo nos veículos. Dentro do posto, foi deixado um cartaz de cartolina com siglas de uma facção criminosa.

Ainda segundo a PM, dois adultos e dois adolescentes foram detidos em uma casa e levados como suspeitos para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil.

Base do Corpo de Bombeiros da BR-304, em Mossoró, foi alvo de criminosos; uma ambulância e um carro da corporação foram incendiados (Foto: CBM/Divulgação)

O posto atacado nesta madrugada é o mesmo que tentaram incendiar na madrugada do domingo (3). O fogo atingiu parte da estrutura, mas causou pouco dano.

Ainda na madrugada, bandidos também atearam fogo em uma base desativada da Guarda Municipal no bairro Paredões. O Corpo de Bombeiros foi chamado e as chamas logo controladas. Neste caso, ninguém foi preso.

A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) – que até o momento trata os ataques que vêm ocorrendo no estado como atos isolados, sem atribui-los a ações coordenadas por facções criminosas – disse em nota que os órgão de segurança estão reunidos e que os casos, um a um, estão sendo analisados e que em breve terá um posicionamento oficial.

quarta-feira, 6 de junho de 2018

[cotidiano] Caminhoneiros prometem nova greve se tabela de fretes for alterada

Enquanto as empresas transportadoras se movimentam para mudar a tabela do frete mínimo, os caminhoneiros acompanham, ressabiados, o andamento das negociações em Brasília. Nesta quarta-feira 6, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai buscar uma readequação para os valores previstos na tabela.

Nas redes sociais, os motoristas temem que o lobby dos grandes grupos consiga derrubar a tabela recém-instituída pelo governo como contrapartida ao fim da greve. Mas eles prometem resistir. “Se essa tabela cair, vai ter uma greve pior que a última. E aí não vai ter negociação, pois eles vão querer provar para o mundo que são fortes, vai ser uma grande revolta”, diz Ivar Luiz Schmidt, representante do Comando Nacional do Transporte (CNT) e que foi o grande líder da paralisação de 2015.

Foi ele quem criou os primeiros grupos de caminhoneiros no WhatsApp para organizar os protestos daquele ano. Hoje, Schmidt participa de quase noventa grupos na rede. “Está todo mundo só esperando que a tabela seja derrubada para parar tudo de novo”, afirma. “E, pelo que estou vendo no WhatsApp, pode ter certeza de que isso vai acontecer.”

A tabela de preço mínimo do transporte rodoviário – definida às pressas pelo governo para interromper a greve na semana passada – é considerada a maior vitória dos caminhoneiros nos últimos tempos. Mas, diante da reação do empresariado (principalmente representantes do agronegócio), eles começam a temer que essa conquista esteja com os dias – ou horas – contados.

“Não vejo coisa muito boa vindo pela frente, mas vamos lutar para encontrar um meio-termo para ambas as partes”, afirma o presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José Fonseca Lopes, que esteve à frente das negociações com o governo na greve encerrada na semana passada. Ele deve participar nesta quarta-feira 6 de uma reunião com a Casa Civil para discutir o assunto. “Esperamos encontrar um denominador comum que não prejudique o caminhoneiro. Caso contrário, podem esperar uma nova rebelião.”

O presidente da Abcam afirma que uma tabela de preço mínimo vinha sendo negociada no Congresso antes da greve e de a medida provisória ser emitida. Schmidt afirma que desde 2016 essa proposta vem sendo negociada, sem sucesso – com as condições precárias de trabalho dos motoristas de caminhão no Brasil sendo ignoradas.

“Hoje, não existe categoria mais massacrada que o caminhoneiro. Há trinta anos esse profissional vem sendo explorado”, diz Schmidt, do CNT. Na avaliação dele, se os motoristas autônomos permitirem que o governo elimine essa tabela em favor das transportadoras, eles estarão perdendo uma grande oportunidade de melhorar a qualidade de seu trabalho.

Fonte: Veja, com Estadão

[cotidiano] Presos podem ter de arcar com custos de permanência na cadeia

Os presidiários poderão ser obrigados a ressarcir o Estado por despesas de manutenção com o cumprimento da pena. É o que prevê o Projeto de Lei do Senado (PLS) 580/15, de autoria do senador Waldemir Moka (MDB-MS). O texto foi aprovado nesta quarta-feira (6) pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, em decisão terminativa, por isso, se nenhum senador apresentar recurso para que a matéria seja votada no plenário da Casa, ela segue direto para a Câmara dos Deputados.

De acordo com o projeto, os detentos poderão custear os gastos por meio de recursos próprios ou pelo trabalho. No caso de não possuir recursos próprios, o condenado deverá trabalhar para esse ressarcimento. “O projeto é de importância ímpar, no momento em que o país todo recebe o Atlas da Violência, em que a bandidagem toma conta do país. Cada preso hoje gasta em média R$ 2.440 por mês, valor acima de muitos salários de professores e de muitos profissionais de outras áreas do país”, alertou o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), relator da proposta.

Se proposta também for aprovada na Câmara, a expectativa é de que o Estado tenha mais recursos livres para políticas públicas. “Não vamos ter de gastar com condenado para ficar com mordomia de penitenciárias e sendo recrutados por facções criminosas”, ressaltou Caiado.

Embora o texto proponha a modificação da Lei de Execuções Penais (Lep), ainda segundo o relator, o ressarcimento tratado no projeto tem natureza cível, ou seja: “Não se está falando em punir o condenado mais uma vez pelo crime praticado”. Ele justifica a constitucionalidade da proposta afirmando que, pela Constituição Federal, todos os prejuízos causados ao erário deverão ser ressarcidos.

Fonte: Agência Brasil

[justiça] Juiz manda bloquear salários do prefeito e secretários de Macau, RN

O juiz da Vara do Trabalho da Comarca de Macau, Higor Marcelino Sanches, determinou o bloqueio do salário do prefeito e de todos os secretários municipais daquela cidade até o montante de R$ 400 mil. A decisão, tomada nesta terça (5), é resultado do julgamento de uma ação trabalhista movida por um funcionário contratado pela Prefeitura de Macau. Cabe recurso.

De acordo com o juiz, mais de 30 trabalhadores também ingressaram com ações trabalhistas solicitando o pagamento de salários atrasados. “Trabalhadores sem receber suas verbas mais básicas, como salários dos últimos seis meses. A situação chegou a um estado crítico. Determino o imediato bloqueio do valor de R$ 400 mil, já que cada trabalhador tem, em média, um crédito salarial de R$ 15 mil a receber”, escreveu Higor Marcelino.

O magistrado determinou ainda que, para não haver prejuízo no atendimento das necessidades básicas da cidade, o boqueio de R$ 400 mil deve ser feito do salário do prefeito e de todos os secretários “até que a situação se normalize em relação ao pagamento dos contratos de prestação de serviço”.

Com a decisão, o Banco do Brasil está impedido de pagar os salários do prefeito e dos secretários de Macau.

[segurança] Taxa de homicídios no RN cresce 257% em 10 anos, aponta Atlas da Violência

Em 2006, o Rio Grande do Norte tinha a terceira menor taxa de homicídios do Brasil. Mas a realidade mudou bastante. Uma década depois, o estado se tornou o terceiro mais violento na federação. O crescimento de 256,9%, na taxa de homicídio para cada 100 mil habitantes foi o maior do país, segundo os dados do Atlas da Violência, divulgado nesta terça-feira (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Os potiguares conviviam com uma taxa de 14,9 homicídios para cada 100 mil habitantes no início do período estudado. Isso era pouco mais da metade da média nacional, que foi de 26,6 em 2006. Em 2016, porém, a taxa do estado já era de 53,4 contra 30,3 no Brasil.

O estudo é feito com base em dados do Ministério da Saúde. Com 30 assassinatos por 100 mil habitantes, o Brasil tem taxa de homicídios 30 vezes maior que a da Europa.

Antes, o estado só era mais violento que Santa Catarina (11,2) e Piauí (13,8). Apesar de também terem crescimento na taxa, esses estados se mantiveram entre os mais seguros do país. Já o RN encerrou o período figurando entre os mais violentos, atrás apenas de Sergipe (64,7) e Alagoas (54,2).
Crescimento da taxa de homicídios no Rio Grande do Norte e no Brasil
Evolução da taxa para cada 100 mil habitantes entre 2006 e 2016

O problema não é exclusividade do Rio Grande do Norte. Dos sete estados que tiveram crescimento superior a 80% na taxa de homicídios ao longo dos 10 anos, cinco, além do RN são nordestinos. O sétimo é o Acre, na região Norte. O bom exemplo na região foi Pernambuco, que contou com redução de 10,2%.

Ao todo, sete estados reduziram as taxas. Entre eles, os mais populosos do país, como São Paulo, onde a queda da taxa de mortes por 100 mil habitantes ultrapassou 46%. No Rio de Janeiro, a redução foi de 23,4%.

Quase 12 mil mortes

Ao longo dos 10 anos, o estado teve quase 12 mil mortes. Considerando apenas o número absoluto de assassinatos, o estado também registrou o maior crescimento do país. Enquanto no início da década o estado registrava 455 mortes violentas ao longo de um ano, em 2016 elas chegaram a 1854. O crescimento é de 307,5%. No Brasil, esse aumento foi bem menor: 25,8%.

Já o estado com segundo maior crescimento no número absoluto, percentualmente teve metade do resultado potiguar. O Tocantis registrou 152,0% na evolução do número de mortes violentas, passando de 229 casos para 577.

Juventude perdida

O Rio Grande do Norte também encerrou a década estudada pelo Atlas da Violência com a segundo maior taxa de mortes de jovens entre 15 e 29 anos. São 125,6 a cada 100 mil habitantes nessa idade. O estado ficou atrás apenas de Sergipe, com 142,7. A maioria é formada pelos homens. Se for considerada apenas esse grupo, especificamente, a taxa é de 237,3 para cada 100 mil jovens homens potiguares.

Em 2016, 60,8% das vítimas de mortes violentas eram jovens potiguares. Do total de 1.854 mortos naquele ano, 1.129 tinham entre 15 e 29 anos. O crescimento da taxa de homicídios ao longo dos 10 anos, apenas nesse público, foi maior que a média estadual e chegou a 380,1%.

[cotidiano] Incêndio atinge onze ônibus em ferro-velho na Zona Oeste de Natal

Onze ônibus foram tingidos por um incêndio na tarde desta terça-feira (5) na Zona Oeste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, os ônibus estavam em uma ferro-velho e um mecânico trabalhava com um maçarico no local quando um dos veículos foi atingido. Pelo menos seis veículos ficaram totalmente destruídos.

O fogo se alastrou rapidamente. O fato aconteceu no KM 6. Ninguém ficou ferido.

Ainda segundo informações da PM, os ônibus eram sucatas e seriam desmontados para que as peças fossem vendidas. O Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou as chamas.

A PM descartou qualquer relação do incêndio com os ataques criminosos que aconteceram no estado nos últimos dias.

[segurança] PM prende traficante foragido do Acre em Natal com mais de R$ 100 mil em espécie

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte prendeu no início da tarde desta terça-feira (5) um homem foragido da Justiça do Acre. Gilson Limeira da Silva foi detido no bairro da Redinha, Zona Norte da capital potiguar. Ele é suspeito dos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico, e também de integrar o Comando Vermelho, facção criminosa com base no Rio de Janeiro e atuação em diferentes localidades do Brasil.

Com Gilson da Silva, a PM apreendeu mais de R$ 100 mil em espécie, drogas e quatro carros. Entre os veículos, havia uma Mercedes. De acordo com o coronel Zacarias Mendonça, comandante do policiamento na Região Metropolitana de Natal, a polícia chegou até o homem através do setor de inteligência.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) descobriu que Gilson estava escondido próximo ao Rio Doce, na Redinha, e enviou uma equipe até o local. Ao chegar lá, os policiais encontraram duas casas, uma delas que ainda está em construção, de propriedade do foragido. Em uma das residências, a PM se deparou com sete tabletes de crack, de aproximadamente um quilo cada.

Polícia apreendeu mais de R$ 100 mil com Gilson Limeira da Silva (Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi)

Ainda segundo o coronel Mendonça, a ação continuou e o Bope chegou até um outro imóvel, este em um condomínio no bairro Ponta Negra, na Zona Sul. Nesta segunda etapa da operação foram apreendidos os automóveis (uma Mercedes, um Jeep e dois HB20) e uma pequena quantidade de droga, além de uma balança de precisão e R$ 108.537 em dinheiro. Em um porta cédulas que estava com Gilson da Silva, foram apreendidos ainda R$1.119.

Sete pessoas ligadas a ele foram conduzidas à delegacia para prestar esclarecimentos, contudo todas foram liberadas. Todo o material e também o preso foram entregues à Polícia Federal, que conduz as investigações.

Tráfico de drogas

De acordo com o processo disponível no site do Tribunal de Justiça do Acre, Gilson de tal e um sócio no tráfico de drogas teriam pagado R$ 2,5 mil a uma terceira pessoa para que ela transportasse quatro quilos e cem gramas de cocaína de Rio Branco (AC) até Natal.

Gilson Limeira da Silva virou réu nesse processo, junto com os comparsas, mas conseguiu fugir para a capital do Rio Grande do Norte. O mandado de prisão contra ele estava em aberto desde 2009.