logo

sábado, 18 de outubro de 2014

[política] Trechos de propaganda eleitoral de Dilma devem ser retirados do ar

Em decisão individual, o ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou a imediata suspensão de trechos de propaganda eleitoral da candidata Dilma Rousseff, veiculada na televisão ontem (17),  imputando condutas imorais e ilícitas ao seu adversário na disputa pela presidência da República. O pedido de liminar, concedido nesta noite (18), foi ajuizado por Aécio Neves e a Coligação Muda Brasil.

Na representação ao TSE, a defesa de Aécio alega que a propaganda utilizou cenas do debate realizado no SBT, fora de contexto e sem as respostas dadas pelo candidato para atacar sua reputação, dignidade e decoro, com afirmações como “Corruptos da privataria tucana”, “Minas engavetava na sua época todos os processos”, “O PSDB recebeu propina para esvaziar uma CPI”, e “Onde estão os corruptos do metrô de São Paulo”.

A defesa sustenta que houve clara disseminação da ideia de que os adversários do atual Governo Federal agiram de modo a assegurar a impunidade dos membros do PSDB por crimes que eles supostamente teriam praticado. “Ante as alegadas inverdades e ofensas contra o candidato Aécio Neves e seu partido, com a imputação de que são corruptos”, a coligação requereu liminar para suspender a propaganda e, no mérito, direito de resposta.

Mais uma vez o relator aplicou a nova jurisprudência do TSE, firmada pelo Plenário no julgamento da Representação 165865, a partir da crescente preocupação com a deterioração do nível das peças publicitárias preparadas para as eleições presidenciais.

Ao decidir, o ministro reiterou que, “ataques deste tipo prestam desserviço ao debate eleitoral fértil e autêntico e, em maior escala, à própria democracia, por isso foi preciso fixar novos parâmetros para a propaganda em rádio e televisão e, em especial, para o balizamento do trabalho dos juízes auxiliares, em tema de direito de resposta”.

Tarcisio Vieira de Carvalho entendeu que, à luz dos novos parâmetros, a propaganda eleitoral questionada apresenta excessos ao imputar condutas imorais e ilícitas aos representados de forma a macular suas imagens perante o eleitorado.

“Ressalto, ainda, que a edição do programa televisivo palco do debate político entre os candidatos e a supressão dos trechos em que o primeiro representante contrapôs as afirmações e imputações prolatadas pela candidata representada feriram o direito fundamental de resposta assegurado pela Constituição Federal”, concluiu o ministro, ao conceder a liminar para determinar a imediata suspensão dos trechos impugnados até decisão final da causa.

[política] Decisão suspende propagandas de Aécio no rádio e na TV

O ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu hoje (18) quatro liminares a candidata Dilma Rousseff e a Coligação com a Força do Povo e determinou a imediata suspensão de propagandas eleitorais do candidato Aécio Neves envolvendo denuncias contra a Petrobras, veiculadas no rádio e na TV.

Nas inserções divulgadas no rádio, uma das peças afirma que ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, confessou que o PT recebia percentual nos contratos firmados pela área de abastecimento da estatal. Na outra inserção, o locutor afirma: “Você sabia que só com o dinheiro desviado da Petrobras pro PT daria para fazer mais doze estádios da Copa e por aqueles preços hein”.

A inserção da TV mostra uma série de manchetes de jornais contrários ao PT acompanhada da seguinte mensagem: “Já que o PT está apresentando manchetes de jornal para atacar o Aécio, nós vamos mostrar também algumas manchetes sobre o PT”; e conclui, “Chega? Ou quer Mais?”

Nas representações ao TSE, a coligação fundamentou seus pedidos na nova orientação do Tribunal para combater a deterioração do nível das campanhas, alegando que as propagandas ofendem a honra e a dignidade da candidata Dilma Rousseff ao veicularem mensagens “inverídicas e caluniosas”. Foi requerida liminar para suspender a propaganda (em razão da possibilidade de reexibição) e, no mérito, foi pedido direito de resposta (o mérito ainda será julgado).

[política] Ministro suspende divulgação de pesquisa eleitoral em Minas Gerais

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), suspendeu a divulgação de pesquisa eleitoral relacionada ao segundo turno das eleições presidenciais pela ausência de indicação de fatores de ponderação por grau de instrução (escolaridade) e nível econômico (renda familiar).

Realizada pela empresa GPP Planejamento e Pesquisa Ltda, a pesquisa com abrangência específica para Minas Gerais, seria divulgada a partir de hoje (18).

A representação, com pedido de liminar, foi ajuizada pela Coligação Com a Força do Povo e pela candidata Dilma Rousseff, por suposta irregularidade na pesquisa de intenção de voto registrada na Justiça Eleitoral.

Ao decidir liminarmente pela suspensão, o ministro Admar Gonzaga destacou que a preocupação primordial da Justiça Eleitoral é impedir a divulgação de coleta de dados que não observe as prescrições legais e, por conseguinte, possa interferir no equilíbrio do pleito em razão da influência que podem exercer sobre o eleitorado.

Citando precedentes da Corte, o ministro reiterou que a Resolução nº 23.400/2013 do TSE estabelece expressamente que o pedido de registro de pesquisa eleitoral deve conter informação atinente ao plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado.

“Ante o exposto, concedo a liminar para suspender a divulgação da pesquisa BR-01127/2014 até decisão final da representação”, concluiu o relator.

[política] Enquetes e sondagens eleitorais estão proibidas nas Eleições 2014

A realização de enquetes e sondagens relativas às Eleições 2014 está proibida. A Resolução nº 23.400/2013, art. 24, veda, no período de campanha eleitoral, a realização desses levantamentos relacionados ao processo eleitoral. Segundo a norma, “entende-se por enquete ou sondagem a pesquisa de opinião pública que não obedeça às disposições legais e às determinações previstas nesta resolução”, ou seja, que não atenda a requisitos formais e a rigores científicos.

Até as eleições municipais de 2012, as enquetes e sondagens podiam ser realizadas, desde que sua divulgação estivesse condicionada à informação clara de que se tratava de mero levantamento de opiniões, sem controle de amostragem científica. Com a mudança, os veículos de comunicação não podem mais divulgar esse tipo de informação durante o período de campanha. 

Enquete ou sondagem eleitoral não corresponde à pesquisa eleitoral. Enquanto a pesquisa deve seguir os rigores dos procedimentos científicos, a enquete apenas faz sondagem da opinião dos eleitores sem atender aos requisitos formais, como segmentação dos entrevistados, metodologia, valor e origem dos recursos despendidos no trabalho, entre outros (Lei nº 9.504/1997, art. 33, I a VII, e § 1°).

[política] Dilma tem apoio de 16 dos 28 que disputam 2º turno; 10 apoiam Aécio

Apoios a presidenciáveis de candidatos a governador no segundo turno (Foto: Editoria de Arte / G1)
Desde a confirmação dos nomes de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) como adversários no segundo turno das eleições presidenciais, declararam apoio à petista 16 dos 28 candidatos aos governos de estados onde haverá segundo turno; dez manifestaram apoio ao tucano e dois se declararam neutros.
Ao todo, 13 estados e o Distrito Federal terão eleições para governador no próximo dia 26, mesma data em que a população escolherá o presidente do país.
Em quatro estados (Amapá, Ceará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte), Dilma conta com o apoio dos dois candidatos que disputam o segundo turno. No Distrito Federal, Aécio  é apoiado pelos dois rivais.
No Rio de Janeiro, um dos principais colégios eleitorais do país, Dilma recebe o apoio do atual governador e candidato à reeleição, Luiz Fernando Pezão (PMDB), e do seu adversário, Marcelo Crivella (PRB).
No Amapá, os candidatos Waldez (PDT) e Camilo Capiberibe (PSB) declararam apoio à petista. Nacionalmente, o PSB, de Capiberibe, declarou apoio a candidatura de Aécio Neves na última semana.
O tucano não tem palanque no Ceará, onde Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB) manifestaram apoio à candidatura de Dilma; e no Rio Grande do Norte, estado em que concorrem ao governo o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Henrique Eduardo Alves, e Robson Faria (PSD).
Aécio também fica sem palanque no Amazonas, onde Eduardo Braga (PMDB) é aliado de Dilma e José Mello (PROS) ficou neutro.
No Distrito Federal, é Dilma quem não tem apoio de nenhum dos candidatos ao governo distrital. Os adversários Rodrigo Rollemberg (PSB) e Jofran Frejat (PR) manifestaram estão com Aécio Neves no segundo turno. Ela também não tem apoio em Roraima, onde Chico Rodrigues (PSB) ficou ao lado de Aécio e Suely Campos (PP) ficou neutra.
Dos 28 candidatos aos governos estaduais, somente José Mello (PROS), que concorre ao governo de Amazonas contra Eduardo Braga (PMDB), e Suely Campos (PP), que rivaliza com Chico Rodrigues (PSB) em Roraima, não manifestaram apoio público a nenhum dos presidenciáveis.
Em todos os outros sete estados onde há disputa para o governo local, um candidato apoia Dilma e o outro, Aécio. Isso acontece nos estados do Acre, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Rondônia e Rio Grande do Sul.
No Rio Grande do Sul, o candidado do PMDB, Ivo Sartori, manifestou voto em Aécio Neves, embora isso contrarie a posição nacional da legenda, que faz integra a coligação de Dilma. No primeiro turno, Sartori apoiou a candidata do PSB, Marina Silva. O adversário do candidato do PMDB, o governador Tarso Genro (PT), apoia Dilma Rousseff.
Confira os apoios dos candidatos a governador dos estados onde haverá segundo turno:
Dilma Rousseff
Tião Viana (PT-AC);
Eduardo Braga (PMDB-AM)
Waldez (PDT-AP)
Camilo Capiberibe (PSB-AP)
Camilo Santana (PT-CE)
Eunício Oliveira (PMDB-CE)
Iris Rezende (PMDB-GO)
Delcídio do Amaral (PT-MS)
Helder Barbalho (PMDB-PA)
Ricardo Coutinho (PSB-PB)
Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ)
Marcelo Crivella (PRB-RJ)
Henrique Alves (PMDB-RN)
Robson Faria (PSD-RN)
Confúcio Moura (PMDB-RO)
Tarso Genro (PT-RS)

Aécio Neves
Márcio Bittar (PSDB-AC)
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF)
Jofran Frejat (PR-DF)
Marconi Perillo (PSDB-GO)
Reinaldo Azambuja (PSDB-MS)
Simão Jatene (PSDB-PA)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Expedito Jr. (PSDB-RO)
Chico Rodrigues (PSB-RR)
Ivo Sartori (PMDB-RS)

Neutros
José Mello (PROS-AM)
Suely Campos (PP-RR)

[política] Wilma se dedica à campanha de Henrique nesta reta final

A presidente do PSB/RN, ex-governadora Wilma de Faria, participou neste sábado (18), em Natal, da 'Onda 15' do candidato a Governo da "União Pela Mudança", Henrique Alves.

Em um dos pontos da movimentação, no Midway Mall, a peessebista se juntou aos vereadores Ubaldo Fernandes, Júlia Arruda e Júnior Grafith, que também participavam da mobilização pró-Henrique.

"O estado não pode continuar parado. Então, o caminho é votar no homem preparado, que ama o Rio Grande do Norte, e este homem chama-se: Henrique Alves".

E diz mais: "Com prioridades para a saúde segurança e educação, Henrique vai fazer uma mudança no Rio Grande do Norte, para salvar o nosso povo deste caos administrativo que estamos vivendo".

[humor] Mulher envia mensagem de texto para celular enterrado junto com avó e recebe resposta

Quando um ente querido morre, muitos ficam em dúvida sobre o que fazer com o seu número de telefone. Algumas pessoas não querem excluir o número, enquanto outros se sentem confortados enviando mensagens, mesmo sabendo que não terão retorno. Imagine, então, enviar uma mensagem para um falecido e receber uma resposta.

Sheri Emerson enviou uma mensagem para sua avó, Lesley, que foi enterrada com seu telefone celular por causa de seu amor por mensagens de texto.

Mas no dia seguinte, ela recebeu uma resposta dizendo: “Eu estou cuidando de você, você vai passar por isso e vai ficar bem.” Quando chegou a resposta, Sheri ficou em choque.

No entanto, ao invés de ser o fantasma de Lesley, descobriu-se que a operadora tinha passado o número para outro cliente, depois que ele não havia sido utilizado por três anos.

Ela só percebeu o que estava acontecendo depois que ligou para o número e obteve a verdadeira versão da pessoa que atendeu e confessou o retorno.

Sheri disse que enviava as mensagens sabendo que nunca teria respostas, obviamente, mas disse que isso servia de conforto para ela.

[política] Eleições para presidente da Câmara Municipal de Mossoró poderão ocorrer na próxima semana

Soldado Jadson é o líder do governo na câmara.
A eleição para a presidência da Câmara Municipal de Mossoró poderá ser antecipada para a próxima semana. 

Com a promulgação das modificações no Regimento Interno da Casa, bastam 11 assinaturas de vereadores para que o pleito seja realizado em dezembro.

As articulações para isso estão intensas nos bastidores. Conforme uma fonte da reportagem, a tendência hoje está para um candidato da base do prefeito Francisco José Júnior (PSD).

Conforme apuração do O Mossoroense, três nomes trabalham com força para chegar ao comando da Casa: Alex do Frango (PV), Soldado Jadson (SD) e Jório Nogueira (PSD).

O primeiro trabalha em faixa própria. Os outros dois esperam contar com a força do Palácio da Resistência que comanda com rédeas curtas a bancada governista.

Jadson é líder do prefeito na Câmara Municipal. Jório espera a retribuição do pagamento de uma dívida de gratidão por ter ajudado Francisco José Júnior a ser presidente da Câmara em 2010, fato determinante para ele ser reconduzido em 2013 e se tornar prefeito de Mossoró na eleição suplementar de 4 de maio deste ano.

Fonte: Bruno Barreto

[política] Segundo turno das eleições será no horário de verão, que começa no domingo (19)

O horário de verão começa às 0h de domingo (19) nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e no Distrito Federal. Mesmo com essa mudança, o período de votação no segundo turno das eleições (26 de outubro) não terá qualquer alteração, ou seja, será das 8h às 17h, obedecendo o horário local.

Além do segundo turno da eleição para presidente da República em todo o país, os eleitores dos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Rondônia, Roraima, Pará, Mato Grosso do Sul, Goiás, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e do Distrito Federal também irão às urnas no dia 26 para escolher o governador.

Propaganda eleitoral

Independentemente de estar ou não no horário de verão, a transmissão da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV em todos os estados seguirá o horário de Brasília.

De acordo com o artigo 37 da Resolução TSE nº 23.404/2014, “se houver segundo turno, as emissoras de rádio, inclusive as rádios comunitárias, as emissoras de televisão que operam em VHF e UHF e os canais de televisão por assinatura sob a responsabilidade do Senado Federal, da Câmara dos Deputados, das Assembleias Legislativas e da Câmara Legislativa do Distrito Federal reservarão, a partir de 48 horas da proclamação dos resultados do primeiro turno e até 24 de outubro de 2014, horário destinado à divulgação da propaganda eleitoral gratuita, dividido em dois períodos diários de 20 minutos para cada eleição, inclusive aos domingos, iniciando-se às 7h e às 12h, no rádio, e às 13h e às 20h30, na televisão, horário de Brasília-DF”.

Apuração

A divulgação do resultado das eleições para presidente da República no segundo turno só começará a partir das 20h, pelo horário de Brasília. Isso porque, com a adoção do horário de verão, o estado do Acre ficará com três horas a menos de fuso horário em relação à Capital do país.

Já os resultados do segundo turno para governador nos 13 estados e no DF começarão a ser divulgados logo após o término da votação em cada estado (17h, pelo horário local).

[política] Suspensa propaganda em que Dilma acusa Aécio de fazer aeroporto em terreno do tio

O ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu ontem (17) liminar a Aécio Neves e a Coligação Muda Brasil e determinou a imediata suspensão de propaganda eleitoral da candidata Dilma Rousseff, veiculada na televisão ontem (16), na qual afirma que seu adversário fez um “aeroporto em terreno da família e a chave ficava nas mãos de seu tio", referindo-se ao Aeroporto de Cláudio (MG). Na representação ao TSE, a defesa de Aécio alega que a propaganda ataca sua honra ao veicular mensagem “inverídica e caluniosa”, com a imputação de crime de improbidade administrativa. Foi requerida liminar para suspender a propaganda (em razão da possibilidade de reexibição) e, no mérito, foi pedido direito de resposta (o mérito ainda será julgado).

O relator aplicou ao caso a nova jurisprudência do TSE, firmada pelo Plenário esta semana (ao julgar a Representação 165865), a partir da crescente preocupação com a deterioração do nível das peças publicitárias preparadas para as eleições presidenciais, especialmente após o primeiro turno das eleições. Segundo explicou o ministro em sua decisão, “ataques deste tipo prestam desserviço ao debate eleitoral fértil e autêntico e, em maior escala, à própria democracia”, por isso foi preciso fixar novos parâmetros para a propaganda em rádio e televisão e, em especial, para o balizamento do trabalho dos juízes auxiliares, em tema de direito de resposta.

[política] Bacuraus de Caraúbas fazem carreata para comemorar liberdade dos envolvidos na operação Sangria


Acusados de envolvimento no esquema de supostos desvios de mais de R$ 11,7 milhões, equivalente a fraudar procedimentos licitatórios e/ou a execução contratual no município de Caraúbas, no período de 2008 a 2013, fato ocorrido na última terça-feira (14) pela Operação SANGRIA, foram libertados pelo Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte, no fim da tarde desta sexta-feira, dia 17 de outubro de 2014.

Antes da liberação, a cidade de Caraúbas estava em festa, pelo menos pela parte dos familiares, amigos e da grande nação Bacurau, que quando souberam da medida cautelar que pedia a revogação da prisão, que considerando que os réus não oferece nenhuma influência nas investigações processuais. Por todos os cantos da cidade de Caraúbas saiam bacuraus festejando, todos saíram em busca do Presídio Provisório "Manoel Alves Pessoa Neto" e uma verdadeira multidão aguardavam a liberação dos membros que fazem parte do grupo da situação caraubense. 

Muita alegria, choro e felicidade tomou de conta da frente do Presídio na hora que os detidos começaram a ser soltos, após sair um por um, uma grande carreata, entre centenas de motos e carros saíram pelas ruas da cidade comemorando a soltura dos detidos na “Operação Sangria”, com expressões como: “uau, uau, uau assanharam os bacuraus” entre outras.

Nome: 

No Presídio Provisório "Manoel Alves Pessoa Neto"
Francisco Lúcio Alves;
Zilenildo Morais;
Presidente da Câmara Ailton Praxedes Fernandes, conhecido por Novinho Praxedes;
Secretário de Finanças Patrício Rogério Brito;
Gessivan Geraldo de Sousa coordenador da distribuição de merenda escolar em 2013;
Empresário Canindé Barbudo;
Ex- Secretário de Infra-Estrutura, Obras e Serviços Públicos Keyoshe Targino;
Otho Luiz dos Santos;
André Viana da Costa.

No Centro de Detenção Provisória Feminino (CDP Feminino) em Mossoró:
Ex-secretária de Saúde, Juliana Fernandes;
Ex-secretária de Educação Vânia Praxedes.

Fonte: IC

[política] CERTUS desiste de divulgar pesquisa hoje e registra outra para o dia 22

O instituto de pesquisa CERTUS, a qual registrou pesquisa na última segunda feira e iria divulgar hoje (18), desistiu e decidiu por registrar uma nova a qual será divulgada dia 22.

A CERTUS estava contratada pelo candidato ao governo pelo PSD, Robinson Faria, através do Blog do BG, e que, inicialmente, era uma pesquisa interna.

[política] "Nós somos vencedores por ter chegado até aqui," diz Robinson em visita ao Seridó

A agenda de campanha da noite desta sexta-feira (16) do candidato ao Governo do Estado, Robinson Faria (PSD) foi dedicada ao Seridó nos municípios: Santana do Matos, Jucurutu, Caicó e Cruzeta. Ao lado de Fátima Bezerra (PT) e de lideranças locais, Robinson pediu apoio a população neste segundo turno.

O candidato ao Governo do Estado foi a Caicó onde encontrou a senadora eleita Fátima Bezerra (PT), que também passou o dia em caravana nos municípios em campanha para Robinson e Dilma. No primeiro turno a votação de Robinson foi de 11.792 votos o que representa 42,07% dos votos válidos.
Em Caicó, Robinson falou de sua luta e persistência durante toda a eleição. “O candidato que foi desacreditado pelos poderosos e ao lado das pessoas construiu uma nova história política. Nós somos vencedores porque chegamos até aqui. E vamos lutar ainda mais neste segundo turno para levar vocês ao Governo”, destacou.

[política] Henrique: “O prefeito de Assú estava toda semana na minha casa discutindo como derrotar meu adversário”

O candidato do PMDB ao Governo do Estado, Henrique Alves, fez um desabafo ao discursar em comício no município de Assú, nesta sexta-feira (17), após passar em caravana pelas cidades de Itajá, Ipanguaçu, Alto do Rodrigues e Carnaubais, todas na região do Vale do Açu. “O prefeito de Assú, toda santa semana, estava na minha casa, gozando da minha privacidade, discutindo comigo o que eu deveria fazer para derrotar meu adversário”, disse, referindo-se ao prefeito Ivan Júnior, seu aliado no primeiro turno que anunciou apoio ao candidato Robinson Faria cinco dias após o resultado das urnas que deu vitória a Henrique.

O candidato lembrou que no primeiro turno participou de um comício na cidade ao lado do prefeito. “Recebi uma camisa que ele fez questão de me entregar. Estava escrito: ‘Assú vota 15, Henrique governador’. Em seu discurso, ele disse: ‘eu escolhi você porque você é o melhor para Assú e para o Rio Grande do Norte”. Henrique se questionou em público: “O que faz uma pessoa apagar tudo isso? É como se ele quisesse apagar o que não é possível. Eu confesso que estou muito decepcionado porque não esperava de quem eu dei todo o meu apoio e respeito”, continuou.

Diante de uma multidão que se reuniu em praça pública após um “arrastão” pelas ruas da cidade, Henrique falou ao lado do deputado estadual reeleito George Soares, adversário do prefeito. “Quero primeiro falar de quem merece, pela sua coerência. O deputado de mais de 15 mil votos somente na sua cidade”, disse Henrique, antes do desabafo sobre o prefeito.

George Soares foi mais incisivo nas críticas ao prefeito. “Nunca na história de Assú, um prefeito mudou de palanque no meio de uma campanha. Depois de 169 anos, Assú se envergonhou do prefeito que aí está. Me senti envergonhado por ser filho desta terra. Ficou marcado um ato covarde na história de Assú”.

[política] Agenda dos candidatos ao governo RN para este sábado (18)

Confira a agenda para este sábado (18) dos candidatos ao governo do estado, em ordem alfabética:

Henrique Alves (PMDB)
8h: Comício em Natal.
8h30: Visita Mossoró, na região Oeste.
12h: Carreata pelos bairros de Mossoró.
12h30: Carreata em Dix-Sept Rosado.
13h: Carreata em Caraúbas.
13h30: Carreata em Olho D’Água do Borges.
13h45: Carreata em Rafael Godeiro.
14h: Carreata em Patu.
14h30: Carreata em Almimo Afonso.
15h: Carreata em Lucrécia.
15h30: Carreata em Frutuoso Gomes.
16h: Carreata em Antônio Martins.
17h: Carreata em Alexandria.
18h: Carreata em Marcelino Vieira.
19h: Carreata em Rafael Fernandes.
20h: Carreata em Pau dos Ferros.

Robinson Faria (PSD)
9h: Carreata em Severiano Melo.
11h: Carreata em Itaú.
12h: Carreata em Riacho da Cruz.
13h: Carreata em Martins.
14h: Carreata em Umarizal.
15h: Carreata em Olho D’Água do Borges
16h: Carreata em Caraúbas.
17h: Carreata em Governador Dix-Sept Rosado.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

[política] Pesquisa do instituto CERTUS será divulgada amanhã para governo do RN

O instituto CERTUS registrou a sua primeira pesquisa do 2° turno.

Segundo a jornalista Thaisa Galvão o instituto começou a fazer a pesquisa na segunda pela manhã mais só registrou a noite. Ela diz que a pesquisa seria interna para a campanha do candidato Robinson Faria (PSD), mas que depois foi registrada e será divulgada neste sábado (18).

No TRE está registrada com protocolo 00044/2014 e custou 25 mil reais.

[publicidade] Conheça a PROTEC, empresa responsável pela instalação das câmeras de segurança em Apodi


Ontem (16), a CDL juntamente com a Companhia de Polícia Militar de Apodi inauguraram a implantação das câmeras de segurança na cidade. O projeto, que visa monitorar todas as entradas e saídas, além do interior da zona urbana, foi implantado pela PROTEC, empresa do ramo de segurança eletrônica.

A PROTEC é genuinamente apodiense e tem como fundador o jovem Willian Idno, a qual trabalhou incansavelmente para que estivesse tudo pronto no dia da inauguração.

A empresa trabalha no ramo de monitoramento em todos os setores, sejam eles na cidade, em residências, na instalação de cercas elétricas ou em automação residencial. Para quem tem interesse em efetuar a contratação do ramo pode ir até o endereço, na Rua Manoel Nogueira, 900, em Apodi ou ligar para os números (84) 9125-1444 ou 9102-2991.

Além da experiência, Willian Idno também conta com serviços de qualidades, não medindo esforços na hora da execução do serviço. Ligue agora e confira.

[economia] Mega Sena acumula e poderá pagar 40 milhões neste sábado

O concurso 1644, realizado na última quarta-feira (15), não teve ganhadores para sete acertos. Confira os números sorteados:

10 - 13 - 16 - 22 - 34 - 60

A Mega-Sena vai sortear um prêmio de R$ 40 milhões neste sábado (18). O concurso 1.645 será realizado às 20h (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte da Caixa Econômica Federal, que está na cidade de Natividade da Serra (SP).

Por ter final com o número cinco, o concurso recebe um adicional de 22% do total destinado a prêmio dos últimos cinco concursos. O mesmo ocorre a cada final zero. 

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 2,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília) de sábado em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas do país.

Clientes da Caixa com acesso ao internet banking podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador. Basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos.

O serviço funciona diariamente, das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio (quarta-feira e sábado), quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

[economia] Pau dos Ferros e Rodolfo Fernandes começam a receber água da barragem de Santa Cruz através da nova adutora

A cidade de Pau de Ferros começou a ser abastecida com a água fornecida pela adutora de engate rápido. O Ministério Público Estadual (MPRN) afirma que essa conquista é resultado de atuação decisiva do órgão, através da 1ª Promotoria de Justiça na comarca, que ajuizou ação civil pública e obteve do Poder Judiciário o deferimento de liminar para que o Estado e a Caern oferecessem água potável e de qualidade para os cidadãos.

O Ministério Público relata que há anos os moradores de Pau dos Ferros vinham sofrendo tanto com a má qualidade da água (que apresentava mau cheiro e coloração escura), quanto com a escassez dessa água insalubre, tendo em vista que a Barragem de Pau dos Ferros está com apenas 5% de sua capacidade. Além disso, água sem potabilidade apresentava riscos à saúde da população.

Além de Pau dos Ferros, Rodolfo Fernandes também está sendo abastecido pelas águas da barragem de Santa Cruz em Apodi. Rodolfo foi destaque no Estado em agosto deste ano quando o local a qual fornecia água aos moradores secou.

A barragem de Santa Cruz, segunda maior do Estado, tem capacidade de 600 milhões de metros cúbicos de água, porém, por conta da estiagem, encontra-se com cerca de 50% da sua capacidade.

Esta semana a governadora, Rosalba Ciarlini, esteve no local para fazer a inauguração da obra.

[humor] Enquanto isso, no debate...


[política] Henrique ganha direito de resposta no programa de Robinson Faria

A Coligação União Pela Mudança ganhou dois minutos de direito de resposta no programa do candidato do PSD, Robinson Faria, por informações veiculadas no seu programa de TV acerca da atuação do ex-deputado Elias Fernandes na diretoria do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca. Um minuto será exercido por Henrique Alves e o outro por Elias Fernandes.

O juiz Cícero Martins de Macedo disse na decisão que Henrique Alves e Elias Fernandes “lograram êxito, a meu sentir, em comprovar a inverdade das informações divulgadas na propaganda impugnada, de modo que entendo fazerem jus ao direito de resposta”.

O direito de resposta será exercido na propaganda noturna. Além dos dois minutos concedidos, o juiz ainda determinou multa de R$ 10 mil em caso de nova reprodução da propaganda impugnada pela Justiça.

Além disso, o ex-deputado e ex-diretor do Departamento Nacional de Obras contra a Seca, Elias Fernandes, irá processar o candidato do PSD, Robinson Faria, por informações veiculadas durante programa de TV. Segundo Elias, já foram “tomadas as medidas judiciais cabíveis para que este tipo de leviandade”.

[política] Agenda dos candidatos ao governo RN para esta sexta (17)

Confira a agenda para esta sexta-feira (17) dos candidatos ao governo do estado, em ordem alfabética:

Henrique Alves (PMDB)
9h: Caminhada no bairro do Alecrim e comunidade da Guarita.
11h: Gravação do programa eleitoral.
15h: Visita a Itajá.
16h: Visita a Ipanguaçu.
17h: Comício em Alto do Rodrigues.
18h: Visita a Carnaubais.
20h: Comício em Assú.

Robinson Faria (PSD)
10h: Comício em Santa Maria.
11h: Comício em Riachuelo.
12h: Comício em Rio dos Ventos.
13h: Comício em Lajes.
15h: Comício em Pedro Avelino.
17h: Comício em Santana do Matos.
18h30: Comício em Jucurutu.
20h: Comício em Caicó.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

[política] Dilma passa mal ao vivo após debate

A candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, passou mal ao vivo após a realização do segundo debate entre os candidatos, na noite desta quinta-feira. Ao dar entrevista ao vivo para o SBT ao final do debate, a candidata se enrolou e não conseguiu completar a declaração: “minha pressão caiu”, disse Dilma.

Imediatamente, a repórter conduziu Dilma à cadeira para receber atendimento e água. Alguns minutos depois, Dilma voltou a conversar com a jornalista. “Tive uma queda de pressão. Peço desculpas, mas é assim que nós somos”. Dilma queria refazer a entrevista, mas a repórter alegou que não poderia pelo tempo da lei eleitoral. A presidente emendou um “se é assim que você quer, assim será”.

[política] SBT provoca debate caloroso entre Aécio e Dilma


Os candidatos Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) voltaram a trocar agressões verbais nesta quinta-feira (16) no segundo debate entre presidenciáveis do segundo turno, transmitido pelo SBT e também organizado pelo portal UOL e pela rádio Jovem Pan. O tom foi semelhante ao do debate anterior, na última terça-feira, em que ambos se atacaram mutuamente.

No debate desta quinta, o presidenciável tucano disse em várias passagens que Dilma "mente" e que a campanha dela produz ofensas contras os adversários. "Quem mente é o senhor", respondia a presidente, candidata à reeleição.

Os candidatos chegaram a trocar acusações devido ao emprego de irmãos no serviço público. Dilma questionou o fato de a irmã de Aécio, Andreia, ter sido empregada no governo de Minas Gerais na época em que ele foi governador. "Ela era responsável pela gestão das verbas em todas as questões relativas a propaganda", afirmou. Dilma disse ainda que o tucano também empregou tia, tio e três primos no governo mineiro.

Aécio reagiu dizendo que a irmã assumiu o serviço de voluntariado de Minas Gerais, trabalhando sem remuneração e fez referência ao irmão de Dilma, Igor Rousseff. "A senhora conhece o sr. Igor Rousseff? Seu irmão foi nomeado pelo prefeito Fernando Pimentel [que governou Belo Horizonte entre 2002 e 2009] e nunca apareceu para trabalhar. A diferença é que a minha irmâ trabalha muito e não recebe nada. O seu irmão recebe e não trabalha", respondeu.

Os candidatos começaram a atingir um ao outro logo na abertura do debate, quando responderam à pergunta "Por que quer ser presidente da República?"

Aécio começou a responder dizendo que é candidato "para encerrar um ciclo de governo que fracassou". Disse a educação e a saúde pioraram e que o Brasil é um "cemitério de obras inacabadas". Dilma devolveu afirmando que é candidata de um projeto que contra a "exclusão", disse, referindo-se aos governos do PSDB. "Faço parte de um projeto que construiu as bases para um Brasil moderno, mais inclusivo, mais produtivo", declarou.

Os dois voltaram a discutir sobre corrupção na Petrobras. Aécio Neves mencionou auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) e apontou irregularidades de R$ 18 bilhões na construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Dilma afirmou que a diferença entre os dois é que ela manda investigar. "Onde estão os corruptos da compra de votos para a reeleição, do metrô de São Paulo, do Sivam, da privataria tucana? Todos soltos", disse, em referência a casos que envolveram integrantes do PSDB.

A petista citou denúncia de que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, em depoimento ao Ministério Público, teria afirmado que deu propina ao ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra, que já morreu, para esvaziar uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a Petrobras em 2009.

Aécio disse que pela primeira vez a presidente reconheceu denúncias de Paulo Roberto Costa. "Se a sra. não tem receio, por que seu partido impediu que o sr. Vacari fosse à CPI"?, disse, referindo-se ao tesoureiro do PT. Na réplica, Dilma afirmou que Aécio tem "dois pesos e duas medidas" e prometeu que investigará "sem constrangimento tudo e todos". O tucano também defendeu a investigação de "todos" e criticou a tentativa do Planalto de impedir o funcionamento da CPI da Petrobras. Voltou a se defender de acusações de corrupção.

Dilma questionou o tucano sobre a importância de se realizar o teste do bafômetro. "Eu tive um episódio em que parei numa blitz da Lei Seca com a licença vencida e não fiz o exame. Me arrependi disso", respondeu Aécio. Dilma disse que o assunto da Lei Seca tem que ser tratado com mais "cuidado". "Eu não dirijo sob efeito de álcool ou droga", afirmou a petista. "Seja correta, seja séria. Mentir e insinuar ofensas como essa é indigno para uma presidente da República", afirmou.

Aécio perguntou se a candidata "mente tanto" porque não tem "nada a apresentar". Dilma afirmou que a gestão do tucano em Minas deixou de investir R$ 7,8 bilhões na saúde e R$ 8 bilhões na educação. "Como o senhor acha que pode se sentar aqui e se furtar a explicar por que teve que assinar um termo de ajustamento de gestão?", questionou a petista. Aécio disse que Dilma desrespeita Minas e elogiou gestão do estado na saúde e na educação. Disse que o Tribunal de Contas aprovou contas do governo dele por unanimidade. Dilma disse que Minas não se confunde com Aécio e que nasceu no estado antes dele. "Eu nasci em Minas, saí de Minas não fui para passear no Rio de Janeiro", afirmou.

A exemplo do debate anterior, Dilma voltou a indagar o rival sobre a construção de um aeroporto no município de Claudio (MG), em uma fazenda que pertenceu ao tio do tucano. "Uma das coisas mais importantes do país é que não podemos tolerar uso de bens públicos para beneficiar A, B ou C", declarou. Aécio afirmou que é "muito triste ver uma presidente da República mentindo" e cobrou a entrega de aeroportos prometidos pela petista na Presidência.

Considerações finais
Nas considerações finais, Dilma afirmou que os governos passados "só viam as elites", mas que a gestão dela "olha para todos os brasileiros". Disse que o Brasil enfrentou a crise internacional "de peito aberto" e prometeu saúde e educação de qualidade e manter a "trajetória de conquistas sociais a todos".

O tucano afirmou que quer ser presidente porque, segundo ele, o Brasil "não pode viver mais quatro anos de tanto desgoverno". Ele disse que não quer dividir, mas ser presidente da "integração nacional" e afirmou que não tratará "o adversário como inimigo a ser batido a qualquer custo" e em favor da "verdade".

[segurança] CDL e 2° Companhia de Polícia Militar inauguram a implantação de câmeras de segurança em Apodi



Na tarde de hoje, quinta-feira, a CDL, juntamente com a 2° Companhia de Polícia Militar de Apodi, inauguraram a implantação das câmeras de segurança no município de Apodi. O projeto, que visa monitorar as entradas e saídas, além do interior da cidade, já vinha sendo arquitetado deste o início deste ano e só agora pode ser concluído.

Na oportunidade o presidente da CDL, Márcio Valdevino, falou da luta que foi travada pela entidade para poder conseguir implantar o sistema com 7 câmeras. "Eu gostaria de agradecer aos vários doadores que juntos deram cerca de 37 mil reais além dos associados da CDL que doou por volta de 26 mil, somando ai em uma média de 63 mil reais de investimento," relatou Márcio.

O Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar de Mossoró, Avilbar Gomes, enalteceu a audácia da CDL e do Capitão Marcos Carvalho, pela iniciativa. "Eu desconheço qualquer outra cidade do Rio Grande do Norte em que foi implantado um sistema de segurança como esse," disse ele. E frisou, "é lamentável que nenhum vereador esteja presente nesse evento."

O Secretário de Gabinete, Pedro Junior, esteve no local representando o prefeito da cidade e também falou. Ele disse que "não foi possível, no tempo da CDL efetuar a licitação para se fazer a aquisição das câmeras que o prefeito prometeu durante a 2° reunião do projeto." O 2° encontro realizado para a discussão do projeto foi a cerca de 3 meses atrás. Ele parabenizou o trabalho dos que se envolveram com a implantação das câmeras.

O evento ainda foi acobertado pela banda de música do instituto Kenedy, a qual é desenvolvido na Escola Estadual Ferreira Pinto, em Apodi.

A mesa diretora esteve sendo representada pelo Soldado Jakson França (representando o promotor Silvio Brito), Pastor Welinton, Pedro Junior, Capitão Brilhante, Capitão Carvalho, Comandante Alvibar Gomes, Márcio Valdevino, Robinson Leite (Gerente do Banco do Brasil de Apodi), Agostinho Pinto (representando a juíza Katia Cristina).

Além das autoridades presentes, também compôs o evento os membros da CDL, policiais militares, comerciantes locais, imprensa e população local.

[política] "O prefeito andava em uma lata de sardinha" relatou vereador Chico de Marinete

Durante aparteamento na sessão da Câmara Municipal de Apodi, hoje pela manhã, o vereador Chico de Marinete (PCdoB) rebateu as críticas do vereador Filho Neto (PPS). "O prefeito andava em uma lata de sardinha," disse Chico afirmando que o prefeito está certo em comprar um carro novo para a prefeitura.

Já durante o seu discurso ele falou da festa do dia das crianças, agradecendo o grande evento e tocou no ponto da melhoria dos transportes escolares dizendo que hoje os estudantes tem mais segurança.

Por fim, Chico falou das eleições e disse que Fábio Faria poderia ser comparado a Usain Bolt. "Só quebrando recordes". Referindo-se a votação expressiva que o mesmo tirou na cidade e concluiu dizendo que nunca comprou votos.

[saúde] Governo convoca mais 140 servidores para Secretaria de Saúde

O Diário Oficial do Estado (D.O.E) desta quinta-feira (16) publicou a nomeação em caráter efetivo, de 140 candidatos classificados em concurso público – Edital nº 001/2010-SEARH/SESAP, do Quadro Geral de Pessoal do Estado para a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Os convocados nesta nova publicação foram chamados em substituição aos nomeados através da Ação Civil Pública n° 0804151-53.2014.8.20.0001 que não compareceram na vigência do prazo.

Entre os nomeados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública, nesta quinta-feira, estão 12 médicos (Clínicos, Pneumologista e Ultrassonografista ), 44 enfermeiros e 77 técnicos de enfermagem, 5 Farmacêuticos Bioquímicos e 2 técnicos em Radiologia.

Desde 2012, o Governo do Estado convocou mais de 2.700 servidores, para trabalharem na Rede Estadual de Saúde.

Os profissionais convocados devem se apresentar na Coordenadoria de Recursos Humanos (CRH), situada no 9° andar do edifício sede da Sesap, na Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 730 – Centro, Natal, no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira. A relação de exames e documentos necessários se encontra disponível no site da Sesap: www.saude.rn.gov.br.

[política] UOL, SBT e Jovem Pan fazem debate com presidenciáveis hoje (16)

O UOL, o SBT e a rádio Jovem Pan realizarão um debate com os candidatos à Presidência da República nesta quinta-feira (16), das 17h45 às 19h25, em São Paulo. O debate terá transmissão ao vivo na internet, na TV e no rádio.

Este é o segundo encontro entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) na disputa ao segundo turno. No último dia 14, no primeiro debate realizado pela Band, Aécio e Dilma trocaram provocações o tempo todo, acusaram um ao outro de mentir e usaram supostos casos de corrupção para se atacarem.

De acordo com as regras acordadas entre as campanhas, os candidatos estarão posicionados em púlpitos separados. No púlpito central estará o mediador do debate, o apresentador Carlos Nascimento.

O debate terá duração total de 1 hora e 20 minutos. Serão três blocos com dois intervalos de quatro minutos.

No primeiro bloco, Nascimento fará a apresentação inicial e dará as explicações sobre as regras do debate. Passa então a palavra para o candidato Aécio Neves (conforme definido por sorteio na reunião com representantes das campanhas), que terá um minuto e 30 segundos para responder a pergunta “Por que o senhor quer ser presidente?”. Na sequência, a candidata Dilma Rousseff responde a mesma pergunta, também em um minuto e meio.

Depois, o apresentador abre a rodada de perguntas e respostas entre os candidatos. São quatro rodadas no primeiro bloco. Segundo o sorteio, quem abre a rodada é o candidato Aécio Neves. Os tempos determinados para pergunta, resposta, réplica e tréplica são os seguintes: pergunta – 1 minuto; resposta – 2 minutos; réplica – 1 minuto; tréplica – 1 minuto. Esses tempos serão seguidos nos demais blocos.

No segundo e no terceiro blocos, serão feitas perguntas livres entre os candidatos. Quem abre as rodadas nesses dois blocos é a candidata Dilma Rousseff, conforme definição por sorteio.

Após a quarta rodada de perguntas do terceiro bloco, o mediador chamará as considerações finais. Cada candidato terá um minuto e meio para fazê-las. A ordem das considerações finais definida por sorteio é a iniciada pela candidata Dilma Rousseff e encerrada pelo candidato Aécio Neves.

No primeiro turno, UOL, SBT, Jovem Pan e Folha realizaram um debate entre os 7 candidatos cujos partidos têm representatividade no Congresso.

[política] Ministério Público pede a demissão de servidores temporários de Macau

O Ministério Público Estadual ajuizou ação civil pública de obrigação de fazer, com medida liminar, contra o município de Macau, para que seja determinada a rescisão imediata de todos os contratos temporários existentes no serviço público municipal, que estejam em desconformidade com a Lei municipal nº 1101/2013. Ao mesmo tempo, o MP pede a nomeação imediata dos aprovados no concurso público realizado este ano.

De acordo com a 1ª Promotoria de Justiça, foi verificado em inquéritos civis que o município de Macau, reiteradamente, tem utilizado durante anos o expediente da contratação temporária de servidores para preenchimento dos quadros de pessoal, configurando continuada violação ao preceito constitucional referente à contratação de servidores, além de desobedecer as próprias leis municipais.

Em 2006, a prefeitura de Macau possuía 756 profissionais contratados temporariamente, já em julho de 2012 esse número era 674 contratados nas mais diversas áreas. Sendo assim, o município de Macau mantém centenas de profissionais contratados temporariamente de forma irregular, mesmo após a realização de concurso público já homologado, mas sem as devidas nomeações dos candidatos classificados no processo seletivo.

Os servidores contratados estão lotados em diversas secretarias municipais, como a de educação, saúde, finanças, desporto, gestão e serviços, trabalho e habitação, gabinete do prefeito, infraestrutura e administração.

De forma liminar, a ação requer aplicação de multa no valor diário de R$ 10 mil em caso de descumprimento por parte do chefe do executivo municipal, Kerginaldo Pinto.

[política] Eleições 2014: ausência do eleitor no 1º turno não impede votação no 2º

O eleitor que não votou e não justificou sua ausência à urna no primeiro turno das Eleições 2014, em 5 de outubro, deve comparecer à votação normalmente no segundo turno, no próximo dia 26.

A ausência do eleitor no primeiro turno não impede a votação no segundo. Isto porque cada turno é considerado pela Justiça Eleitoral como uma eleição distinta. 

Aquele eleitor que não pôde votar em 5 de outubro nem justificou a sua ausência no mesmo dia do pleito tem até 4 de dezembro para apresentar justificativa ao juiz em qualquer cartório eleitoral.

Com relação ao voto em trânsito para presidente e vice-presidente da República, só poderá fazê-lo no segundo turno quem se cadastrou até o dia 21 de agosto, prazo final de inscrição nessa modalidade de voto tanto para o primeiro quanto para o segundo ou para os dois turnos. 

[política] TRE-RN aprova voto de congratulação a desembargadores do TJ-RN

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, à unanimidade de votos, com proposição do presidente Virgílio de Macedo Jr., aprovou voto de congratulação aos eleitos para a direção do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte durante o biênio 2015-2016, desembargadores Claudio Santos (presidente) os desembargadores Amílcar Maia (vice-presidente), Saraiva Sobrinho (corregedor geral da Justiça), Expedito Ferreira de Souza e Judite Nunes (ouvidor geral e substituta, respectivamente), Vivaldo Pinheiro (diretor da Esmarn), Ibanez Monteiro e João Rebouças, Glauber Rego e Gilson Barbosa (titulares e suplentes do Conselho da Magistratura, respectivamente), Dilermando Mota (diretor da Revista de Jurisprudência).

Em continuidade, comunicou que foram designados os juízes Alceu Cicco (titular) e André Pereira (suplente), para funcionarem na vaga em que atua o magistrado Artur Cortez, cujo biênio se encerra no dia próximo dia 18 de dezembro.

Na ocasião, também foi aprovada a solicitação de envio de tropas federais aos municípios de Pau dos Ferros (40ª Zona), Jardim de Piranhas (57º Zona) e Santo Antônio (13ª Zona), em consonância com o parecer oral do procurador Regional Eleitoral, determinando-se que o pleito seja submetido à homologação do Tribunal Superior Eleitoral.

[política] Começou o Pula Pula, por Thaisa Galvão

Como acontece em todas as campanhas, o pula-pula da reta final já começou.
Os números favoráveis ao candidato Robinson Faria (PSD) tem feito lideranças que estiveram com o candidato Henrique Alves (PMDB) jurando amor eterno no primeiro turno, passem a declarar que só Robinson será capaz de salvar o Rio Grande do Norte.
Muitos em campanha acompanharam Henrique.
Sonharam com um apoio financeiro que não chegou como sonhado.
Garantidos alguns mandatos, a hora é de debandar.
Deixar o candidato sozinho.
Robinson que começou sozinho, foi engordando aos poucos.
Agora, recebe juras de amor eterno com gosto de antigamente.
Na política é assim.
O melhor, é sempre o que está na frente.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

[política] Veja a agenda dos candidatos ao governo do RN para esta quinta (16)

Confira a agenda desta quinta-feira (16) dos candidatos, listados em ordem alfabética, que disputam a eleição para o governo do Rio Grande do Norte.

Henrique Eduardo Alves (PMDB)
8h - Concede entrevista a uma rádio em Ceará-Mirim, na Grande Natal.
9hh - Reunião com empresários da Construção Civil, comerciantes e taxistas.
12h - Gravação de programa eleitoral.
15h - Caminhada no bairro Planalto, na Zona Oeste de Natal.
18h30 - Visita a Festa do Boi, no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.
20h - Visita Extremoz.
22h - Visita Ceará-Mirim.

Robinson Faria (PSD)
10h - Caminhada nos bairros das zonas Leste e Oeste de Natal.
15h - Caminhada no bairro de Igapó, na Zona Norte de Natal.
18h - Reunião com líderes comunitários, partidos políticos e vereadores de Natal.
19h - Comício no município de Rio do Fogo.
21h - Comínio em Ceará-Mirim, na Grande Natal.

[política] Dilma e Aécio voltam a se enfrentar nesta quinta no SBT, domingo na Record e dia 24 na Globo

Ontem, a petista e o tucano participaram do primeiro debate do segundo turno, na TV Bandeirantes.

Amanhã, o encontro será no estúdio do SBT, num evento que conta ainda com o UOL e a rádio Jovem Pan entre os organizadores.

No domingo (19) será a vez do debate da TV Record. E na antevéspera do pleito, dia 24, o debate da TV Globo.

[política] Com Horário de Verão iniciando neste domingo, propaganda eleitoral mudará de horário

A partir de domingo, a propaganda eleitoral no rádio e TV mudará de horário.

Isso acontecerá nos estados do Nordeste, como o Rio Grande do Norte, que não se integram ao horário de verão.

Como o horário eleitoral inclui a propaganda presidencial, deve ser exibido com base na hora de Brasília.

Então na TV, a propaganda começará na parte da tarde ao meio-dia e à noite às 19h30. Atualmente é veiculado na televisão às 13h e às 20h30.

No rádio, os programas terão início às 6h e às 11h.

Já sobre o horário da votação no segundo turno, dia 26 de outubro, a eleição obedece ao horário local.
Ou seja, os eleitores do Rio Grande do Norte poderão votar das 8h às 17h no horário local.