logo

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

[política] Radialista afirma que prefeito de Apodi cometeu Improbidade Administrativa


O radialista apodiense, Wilson Oliveira, tem fiscalizado de perto os passo administrativos do atual prefeito Alan Silveira. Em sua página do facebook ele afirma que já presenciou 10 erros na atual gestão e os classifica como 'erros da prefeitura de luxo'. O fato está relacionado aos números tributários arrecadados nos 7 primeiros meses de gestão que só de royalties ultrapassam cinco milhões de reais.

Confira na íntegra os erros apontados pelo radialista:

"10 primeiros ERROS da PREFEITURA DE LUXO em Apodi.

I - CARNAVAL NAS PRESSAS, erros nas contratações das bandas.
II - PERFURAR POÇO EM BAIRRO (bacurau 1) obrigação da CAERN poços na área urbana
III - CONTRATAR MAIS COMISSIONADOS QUE OS OUTROS PREFEITOS
IV - ALUGAR MAIS TRANSPORTES QUE TODOS OS ULTIMOS PREFEITOS
V - NÃO COMPRAR O FARDAMENTO ESCOLAR para as crianças
VI - DEIXAR FALTAR MEDICAMENTO NO CAPS
VII – PERSIGUIÇÃO POLÍTICA (Permitir a demissão de Efraim e Ceição da maternidade)
VIII – PRATICAR IMPROBIDADE ADMISNITRATIVA CONSTANTE
(TIRAR DINHEIRO DO CONTRA XEQUE DE FUNCIONÁRIOS)
IX – Não INVESTIR NA EDUCAÇÃO (TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO PAGANDO, APESAR DOS ROYATIES MILIONÁRIOS, PREFEITO ANTERIOR MESMO RUIM, DEU 02 ANOS TOTALMENTE GRATUITOS, esse só investe em aluguéis).
X - TRAZER O PAI e o PRIMO PRA DENTRO DA PREFEITURA"

[política] Revista Veja diz que STF deverá abrir inquérito para investigar Robinson e Fábio Faria por causa de delação da JBS


Alvo de uma operação por desvios na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o governador Robinson Faria (PSD) tem uma outra dor de cabeça — talvez maior — com a Polícia Federal. O Supremo Tribunal Federal (STF) deverá atender em breve o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para abrir inquérito contra o governador e seu filho, o deputado federal Fabio Faria (PSD). Os dois foram implicados na delação premiada do ex-executivo da JBS Ricardo Saud, segundo quem foram repassados 10 milhões de reais em troca do contrato de privatização da Companhia de Água e Esgoto do estado. As delações da JBS estão nas mãos do ministro Edson Fachion, mas a tendência é que o caso seja redistribuído por não ter ligação umbilical com a Lava Jato.

Os Faria já são investigados em inquéritos instaurados após as delações dos executivos da Odebrecht, que apontaram repasse de 350 000 mil para Robinson, e 100 000 para Fabio. A empresa estava interessada em obras de saneamento.

Em tempo, à Justiça Eleitoral, Robinson Faria declarou ter recebido 8,5 milhões de reais do grupo JBS, mais da metade de tudo o que custou sua campanha.

[política] Fábio Assunção e outros artistas são os novos filiados ao PT


O ator Fábio Assunção, da TV Globo, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) no último sábado. A adesão de Assunção ao diretório petista do Rio de Janeiro foi divulgada em uma nota no próprio site do partido, que afirma que “o mais novo filiado, inclusive, é um nome conhecido do público: o ator Fábio Assunção”.

Além de Assunção, que atualmente integra o elenco da minissérie A Fórmula, outros dois artistas que já atuaram em novelas da Globo também se filiaram ao PT no fim de semana: a atriz Tássia Camargo (Tieta, entre outras) e o ator Nando Cunha (Salve Jorge, entre outras). Assim como Fábio Assunção, os dois também oficializaram o ingresso no partido no sábado, em um evento da Central Única dos Trabalhadores (CUT) na quadra da escola de samba Império Serrano, em Madureira, do qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou.

O partido compartilhou ontem em suas redes sociais uma imagem com fotos dos atores e da professora e escritora Elika Takimoto, também recém-filiada.

[segurança] Bandidos fazem arrastão em ônibus escolar na Grande Natal

Dois homens armados fizeram um arrastão em um ônibus escolar que transportava alunos do ensino médio na zona rural de São José de Mipibu, na Grande Natal, na noite desta quarta-feira (16). Segundo a Polícia Militar, dois homens armados pararam o veículo e levaram todos os pertences dos estudantes e do motorista.

Conforme a PM, o motorista disse que foi abordado pelos homens quando estava deixando um dos alunos em uma parada, por volta das 22h40, perto da comunidade Cidade de Deus. Havia cerca de 20 jovens no veículo no momento em que ocorreu o crime. As vítimas estudam em colégios do centro da cidade e moram na área rural.

Os estudantes contaram que foram obrigados a entregar os celulares e outros pertences. Muitos adolescentes relataram ter sido ameaçados com o revólver. Depois de roubar os aparelhos, os criminosos fugiram.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

[política] STJ poderá afastar Robinson Faria do cargo de governador

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) poderá afastar o Governador Robinson Faria (PSD) do cargo, a partir da operação em curso iniciada ontem (15), que lhe tem como alvo principal.

A Polícia Federal pediu ao STJ para tomar medidas mais incisivas contra o governador, como uma condução coercitiva, mas o MPF sugeriu apenas mandados de busca e apreensão no momento, o que foi acatado pelo Ministro Raul Araújo.

Pelas provas já em poder da Polícia Federal e as informações robustas repassadas na delação de Rita das Mercês, Anteros está apenas começando, basta acompanhar o despacho do Ministro.

[política] PF tem gravação de assessor de Robinson entregando dinheiro a filho de Ritinha em troca de silêncio

Na decisão do Ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), consta uma gravação em poder da Polícia Federal, onde Adelson Reis, o “Zé Bonitinho”, que foi preso na manhã desta terça-feira (15), aparece entregando dinheiro a Gustavo Villaroel, filho da ex-procuradora-geral da Assembleia, Rita das Mercês, em troca do silêncio, segundo o próprio Gustavo em acordo de delação premiado.

O dinheiro seria para pagar ao advogado de defesa de Rita das Mercês, que também já fez delação premiada ao MPF.

Outro filho de Ritinha, Gutson Reinaldo, também já fez delação premiada e a partir da peça que subiu ao STF, por envolver um deputado federal, o Ministro Fachin encaminhou ao STJ a parte que envolve o Governador Robinson Faria, o que culminou na Operação de hoje, após junção com os dados da delação da ex-procuradora.

Na decisão do Ministro, consta ainda que, supostamente, Robinson vinha fazendo o pagamento dos advogados de defesa das pessoas investigadas na Operação Dama de Espadas.

[política] Rita das Mercês afirma que Robinson recebia R$ 100 mil por mês de desvios da Assembleia Legislativa

No acordo de delação premiada assinado com o Ministério Público Federal, a Procuradora Aposentada da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês, afirmou que mensalmente o Governador Robinson Faria (PSD) recebia R$ 100 mil, fruto de desvios, no período em que presidiu a Assembleia Legislativa.

Com o o objetivo de manter Rita em silêncio, desde outubro de 2015, o Governador fazia um repasse mensal de R$ 5 mil, segundo delatou Gustavo Navarro, filho de Rita, que também fez delação premiada.

Segundo Gustavo, o repasse do dinheiro ocorria em shoppings da cidade ou até mesmo no estacionamento da Governadoria.

A Polícia Federal está em mãos de uma gravação de Gustavo recebendo o dinheiro das mãos de Adelson Reis, assessor do Governador que está preso desde a manhã desta terça-feira (14).

As informações constam no processo em segredo de justiça que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ), sob relatoria do Ministro Raul Araújo.

[política] Procuradores da Lava-Jato dizem que reforma política beneficia investigados

Os procuradores Deltan Dallagnol e Carlos Fernando dos Santos Lima, que fazem parte da força-tarefa da Operação Lava-Jato em Curitiba, publicaram um vídeo em suas redes sociais na noite desta terça-feira em que criticam a proposta de reforma política que está em discussão no Congresso. Para Deltan, a proposta beneficia políticos investigados, que querem se reeleger para não perder o foro privilegiado. Já Carlos Fernando diz que o dinheiro do fundo partidário vai para “o saco sem fundo” dos partidos políticos.

Os dois procuradores chamam a proposta de “falsa reforma” política, criticam a criação do “distritão” para a eleição de deputados e a ampliação do fundo partidário para R$ 3,6 bilhões e afirmam que as mudanças estão sendo elaboradas por “velhos caciques”, que pretendem se “agarrar no poder”. Segundo Deltan, muitos desses políticos são corruptos:

— Por que (os políticos) querem se agarrar aos seus cargos? Vejam que um terço dos parlamentares são objeto de investigação no Supremo Tribunal Federal. Para muitos deles, perder o mandato significa perder o foro privilegiado e, com isso, ter um grande risco de ir para a cadeia — disse Deltan.

Na visão de Deltan, políticos mais tradicionais, que têm influência sobre prefeitos e representantes de cidades pequenas, terão suas chances de se eleger aumentadas se a reforma política for aprovada.

Carlos Fernando também chamou a atenção para a forma como o dinheiro do fundo partidário será administrado:

— Eles pretendem tirar dinheiro do seu bolso, R$ 3,6 bilhões, para colocar no saco sem fundo dos partidos políticos. Eles não pretendem campanhas mais baratas, eles querem o distritão, onde velhos caciques vão se reelegendo eternamente.

Fonte: O GLOBO

[justiça] Tribunal de Contas suspende homologação de concurso para oficial do Corpo de Bombeiros

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) suspendeu a homologação do concurso para oficial do Corpo de Bombeiros do RN. A suspensão tem caráter cautelar e irá se estender até o julgamento do mérito do processo.

Segundo o voto do conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes, aprovado na sessão do Pleno da última quinta-feira (15), o corpo técnico apontou ausência de documentação obrigatória na instrução do concurso público, como por exemplo a estimativa do impacto orçamentário-financeiro, item obrigatório segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal, o que impediu a demonstração da regularidade do planejamento fiscal do gestor para a realização do certame.

“Diante do controle prévio de legalidade em curso e das razões retro, cautelarmente, entendo que deve ser suspensa a homologação do resultado final do certame até o julgamento definitivo deste feito, com vistas a evitar a geração de direito subjetivo à nomeação dos aprovados, caso venha a ser reputada a irregularidade do concurso público”, afirmou o conselheiro.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

[política] 'Estradas ruins é resultado de cidade sem prefeito' diz repórter cidadão





O repórter cidadão Wilson Oliveira, esteve rondando as estradas da zona rural do município de Apodi e testificou o grande número de buracos nas vias que cortam as comunidades. Em suas redes sociais ele testificou o caso.

'Na região da areia em Apodi que é famosa pela produção de suco de caju e mel nos dias de hoje sofre pelo desprezo dos políticos que não fazem as estradas para os agricultores ter como escoar suas produções, as estradas estão cheias de trepidação, buracos e atoleiros, cidade sem prefeito é assim', disse Wilson.

Em outra postagem ele relata, 'Soubemos que os fiscais do PAC (PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO) estão na região oeste, eles vieram conferir se as máquinas doadas pelo governo federal as prefeituras estavam restaurando as estradas. Ora, o prefeito tem todo o maquinário, só coloca o óleo e ainda não faz, imagine no tempo que a prefeitura só tinha 01(uma) caçamba e 01 trator CBT e naquela época dava pra restaurar'.

'Realmente é o que se ver nas quatros regiões da zona rural de Apodi, são estradas ruins e cheias de buracos, é uma maquiagem, faz um pedacinho aqui e outro lá em acolá e nada presta, colocaram até pedras de granito em alguns lugares, sujeito agente até se lascar de uma queda, pensei até que no dia dos pais ia melhorar, mas deve ter melhorado pra algum pai por aí...', diz ele em outro trecho enquanto se deslocava pela região do Vale.


Para comparar com municípios vizinhos, Wilson Oliveira foi até Severiano Melo e testificou as condições das estradas da zona rural do município.


[publicidade] Conheça a Mix Doçuras; Tudo em bolo e doces para festas

Se você vai fazer aniversário ou pretende se casar e ainda não sabe onde encomendar o seu bolo ou doce para festas, conheça a MIX DOÇURAS. Aqui você tem produtos de qualidade com preços sem igual.

Na MIX DOÇURAS você diz o modelo que quer e ela faz pra você. Entre já em contato com a MIX DOÇURAS e faça sua encomenda. Ela trabalha com todos os tipos de doces e bolo personalizado.

Telefones: (84) 9.9431-4387 ou 9.8111-6225

Confira alguns dos nossos trabalhos:





[segurança] Escola é invadida por bandidos em Mossoró, funcionários e estudantes foram roubados

Uma escola foi alvo de um arrastão na tarde desta terça-feira (11) em Mossoró, na Zona Oeste do Rio Grande do Norte. Os criminosos levaram pertences de funcionários e estudantes, e fugiram em uma motocicleta.

De acordo com a polícia, dois homens participaram da ação. Eles chegaram à Escola Estadual José Martins de Vasconcelos na motocicleta, invadiram o prédio e anunciaram o assalto. A dupla recolheu celulares e outros objetos das vítimas e em seguida fugiram. A escola foi fechada e os alunos dispensados depois do ocorrido.

[segurança] Após motim, mais de 100 presos são transferidos de Parnamirim para complexo de Alcaçuz

Mais de 100 presos foram retirados da Penitenciária Estadual de Parnamirim e levados durante a madrugada desta terça-feira (15) para o pavilhão 5 do Complexo Penitenciário de Alcaçuz, como é mais conhecido o Presídio Rogério Coutinho Madruga. As duas penitenciárias ficam na região metropolitana de Natal.

A transferência aconteceu após os detentos da PEP se amotinarem em um dos pátios da unidade. A confusão aconteceu no momento em que agentes penitenciários tentavam fazer o isolamento de um interno considerado chefe de uma facção criminosa.

Após a saída dos detentos, agentes relataram que os presos que permaneceram na PEP, cerca de uns 400, foram trancafiados. Uma das alas da penitenciária passou recentemente por reformas e as grades, que foram todas arrancadas durante as rebeliões que ocorreram ainda em março de 2015, foram recolocadas nas paredes das celas. A outra ala, agora vazia, deve começar a ser recuperada já nos próximos dias.

[publicidade] Vidraçaria Apodi lança promoção Mês dos Boxes


A empresa que mais cresce em Apodi no ramo de vidros está com uma grande promoção para este mês, é o Mês dos Boxes.

Neste mês a empresa está oferecendo até 15% na compra de um boxe à vista, independente do modelo.

Há 11 anos no mercado a Vidraçaria Apodi tem gerado emprego e movimentado a economia do município. Com uma vasta experiência, os proprietários, Chiquinho e Ronália vem desenvolvendo modelos que deixam imóveis mais atrativos.

Além de vidros a empresa também trabalha com portões de alumínio, varandas, portas e janelas em vidro, expositores para lojas e muito mais, aproveite e vá conferir.

A Vidraçaria Apodi fica localizada a Rua Luiz Antônio Torres, 306, próximo ao Fórum.

Sede da empresa

Modelos

Modelos

Residência em Caraúbas

Edifício onde funciona o Cartório de Apodi

Edifício onde funciona a Secretaria de Saúde de Apodi

[política] Rita das Mercês delatou Executivo, Legislativo e Judiciário do RN ao MPF


A ação da Polícia Federal nesta terça-feira em Natal contra o governador Robinson Faria é a primeira diligência resultado da delação premiada que a ex-procuradora da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês, negociou com o Ministério Público Federal.

A ex-procuradora foi alvo em 2015 da Operação Dama de Espadas, coordenada pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte.

A colaboração de Rita, no entanto, passou longe da Procuradoria Geral de Justiça. Ela preferiu entregar o que sabe ao MPF por temer que houvesse interferência no Ministério Público do Rio Grande do Norte.

Feita há pouco mais de dois meses, a delação de Rita foi negociada em acordo conduzido pelo procurador da República Rodrigo Teles, a quem Rita narrou crimes na administração dos três poderes do Rio Grande do Norte e deixou claro que não é ela a dama de espadas.

Ao entregar o Executivo, Judiciário e Legislativo, a ex-procuradora da Assembleia Legislativa sabia que inevitavelmente o foro seriam os tribunais superiores, já que perante o STJ respondem o governadores e desembargadores.

A reportagem confirmou que pelo menos um membro do Tribunal de Justiça foi delatado ao Ministério Público Federal.

Com a negociação direta com o MPF, as instâncias locais ficarão agora obrigadas a seguir todos os procedimentos que vão derivar do Superior Tribunal de Justiça.

Tais procedimentos deverão incluir novas frentes de investigações, já que Rita entregou esquemas de desvios de recursos públicos celebrados em fraudes em contratos, o que incluirá no escândalo agentes do setor produtivo.

Até a publicação desta reportagem, o governador Robinson Faria ainda não havia se manifestado a respeito da ação desta terça.

Fonte: Portal no Ar

[política] Governador Robinson Faria é acusado de integrar organização criminosa e obstruir a Justiça


A Polícia Federal deflagrou nesta terça (15) a operação Anteros, que tem entre os alvos o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD).

Segundo nota da PF, ele teria atuado para obstruir a justiça. Faria é alvo de busca e apreensão.

Cerca de 70 policiais estão cumprindo 11 mandados, sendo dois de prisão e nove de busca e apreensão. Todos foram expedidos pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça).

"O ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ, determinou que fosse iniciada investigação preliminar para apurar os crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça que estariam sendo praticados pelo governador do Estado com ajuda de servidores estaduais", diz a nota da PF.

Os investigadores afirma que as manobras ilegais tinham o objetivo encobrir a apuração de atos do Executivo do Rio Grande do Norte relativos ao desvio de recursos públicos por meio da inclusão de funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado entre os anos de 2006 até os dias atuais.

Segundo a Folha apurou, a operação é decorrente da delação premiada de um político que atuou na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

A reportagem ainda não localizou a defesa do governador.

[segurança] Corte de verba emperra projeto de monitoramento nas fronteiras


O contingenciamento de 48% dos recursos de investimento do Ministério da Defesa via Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) leva as Forças Armadas a estudar medidas drásticas para se adequar à falta de dinheiro. As saídas em análise passam por antecipar a baixa de recrutas, diminuir o horário do expediente e revisar contratos. Antes de bater o martelo sobre decisões mais radicais, a Defesa já descartou ações que estavam previstas para este ano, como a expansão do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron) do Mato Grosso do Sul, onde funciona como projeto-piloto. Não há recursos para adquirir os equipamentos necessários para colocar a estrutura em funcionamento no Mato Grosso e na região Sul.

A Operação Pipa, de distribuição de água por meio de carros-pipa a comunidades em situação de seca no Nordeste, também está ameaçada pela falta de recursos. Parte da entrega é feita pelo Exército, que utiliza recursos próprios na mobilização de pessoal, embora o programa também receba recursos do Ministério da Integração Nacional. A compra de guaranis, um carro blindado produzido pela indústria nacional, também entrou na mira das tesouradas. De uma previsão inicial de cerca de 2,2 mil veículos que seriam comprados nos próximos anos, o Exército já havia reduzido para pouco mais de 1,5 mil e agora pode diminuir ainda mais o pedido.

[política] Governador do RN nomeia novo comandante para a PM


O governador Robinson Faria nomeou o coronel José Osmar Maciel de Oliveira como novo comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. A portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (15). Osmar Maciel irá substituir o coronel André Azevedo que pediu exoneração do cargo.

O comandante que foi promovido ingressou na Polícia Militar em 1991. Assumiu o posto de aspirante a oficial da corporação em 1994, chegando a Coronel em 2016. "recebi com muita honra o convite do governador. Reconheço as dificuldades pelas quais passa a segurança pública no Rio Grande do Norte e o seu contexto nacional. Somos conscientes do grande desafio, mas com um trabalho em equipe e integrado, vamos enfrentar a criminalidade", declarou o comandante.

O coronel Osmar Maciel substitui o coronel André Azevedo, que vinha respondendo pela função desde dezembro de 2016.

[política] Governador do RN é alvo de operação da Polícia Federal


O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), é alvo de uma operação da Polícia Federal deflagrada nesta terça-feira (15) que investiga a suspeita de prática dos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça por parte dele e de servidores do governo potiguar.

Segundo a PF, a investigação mira "manobras ilegais" para impedir investigações sobre desvio de recursos públicos por meio da inclusão de funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado desde 2006.

A operação, batizada de Anteros, visa a cumprir 11 mandados judiciais, expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça, dos quais 2 de prisão e 9 de busca e apreensão. A PF não informou quais são os alvos de cada um. Agentes foram ao edifício onde mora o governador logo no início da manhã.

A determinação para o início das investigações é do ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ. O caso está sob sigilo, segundo a PF.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

[segurança] Assaltantes roubam carro de ex-presidente do TJ em Natal; motorista é levado

Criminosos roubaram um carro do desembargador Cláudio Santos, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, na manhã desta segunda-feira (14), em Petrópolis, Zona Leste de Natal. O motorista, que trabalha para a família há cerca de dois anos, foi levado pelos assaltantes e deixado no bairro Gramoré, na Zona Norte da capital.

O caso aconteceu por volta das 10h, de acordo com o próprio desembargador, que conversou com o G1. "Ele estava esperando o meu filho sair da escola. Por pouco, meu filho não foi levado junto. Ele tem síndrome de Down, não sabemos o que poderia ter acontecido", contou Santos.

O assalto aconteceu na avenida Floriano Peixoto, próximo a uma escola de pintura, onde o filho do desembargador participava de uma aula.

Após ser rendido, o motorista foi levado junto com os criminosos e o carro modelo Ford Ka branco. O desembargador só foi avisado do caso depois que o funcionário foi liberado. "Ele ligou para avisar, está muito abalado, estava chorando bastante. A insegurança está demais", comentou.

Ninguém ficou ferido na ação. Os assaltantes fugiram e não foram identificados até o momento. O carro também não foi encontrado.

No início da manhã desta segunda (14), o carro de outro desembargador do TJRN foi alvo de criminosos, no bairro Tirol, na capital. O motorista do veículo oficial, um sargento da Polícia Militar, reagiu e baleou os dois suspeitos.

Segundo a Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte, em média, 21 veículos são roubados por dia na região metropolitana de Natal.

[segurança] RN é o segundo do Nordeste que mais solta presos em audiências de custódia

O Rio Grande do Norte é o segundo estado do Nordeste onde mais se soltam presos em audiências de custódia, aponta levantamento da reportagem do portalnoar.com no banco de dados do Conselho Nacional de Justiça, que regulamentou as audiências desde outubro de 2015.

Quando se consideram as 27 unidades federadas do Brasil, o Rio Grande do Norte é o décimo estado onde mais se soltam presos. A Bahia é onde mais solta, com índice de 61,25%. O Rio Grande do Sul é o estado mais rigoroso com a soltura. Lá, apenas 15,17% dos presos em flagrante são liberados.

No Brasil, foram realizadas 258.485 audiências de custódia de outubro de 2015 a 30 de junho deste ano. Foram 115.497 (44,68%) atos de liberdade provisória e 142.988 (55,32%) prisões preventivas.

No mesmo período, foram realizadas 3.270 audiências de custódia no Rio Grande do Norte. Os números são exclusivos de Natal, de acordo com o Tribunal de Justiça do RN, e ainda não contabilizam as realizadas em Mossoró.

As audiências de custódia consistem na apresentação a um juiz, em até 24 horas, do flagranteado em crime. Caberá ao magistrado decidir se o mantém preso ou libera.

Diante de um juiz, 1.561 presos foram liberados até 24 horas após terem sido presos em flagrante por algum cometimento de crime no Rio Grande do Norte. Já 1.709, ou 52,26%, tiveram a prisão preventiva decretada.

As liberações de alguns presos têm inflamado o debate sobre a utilização do instrumento. Na semana passada, um homem condenado por assalto foi liberado após audiência de custódia.

Em junho, um traficante preso com 8 quilos de cocaína e uma pistola 380 foi liberado em audiência de custódia. Ele só voltou à prisão após a repercussão do caso na sociedade, quando teve a prisão preventiva decretada.

Os dados do CNJ ainda indicam que 2% das prisões (77 casos) têm registro de alegação de violência no ato da prisão. As estatísticas ainda registram que 34 casos, ou 1.04% do total, foram encaminhados para o serviço social.

Abaixo, o levantamento feito pelo portalnoar.com nas 27 unidades da federação. Os dados foram tabulados por ordem decrescente, listando de quem mais solta para quem mais prende:

Ranking Brasil

61,25% Bahia

57,86% Amapá

56,28% Mato Grosso

51,58% Distrito Federal

50,38% Santa Catarina

49,12% Acre

48,83% Amazonas

48,02% Roraima

47,76% Minas Gerais

47,74% Rio Grande do Norte

47,55% Alagoas

46,21% Espírito Santo

46,06% São Paulo

45,67% Maranhão

44,56% Piauí

44,05% Goiás

44,02% Pará

43,32% Paraíba

42,56% Rio de Janeiro

42,25% Paraná

41,29% Sergipe

40,57% Ceará

39,65% Pernambuco

39,52% Tocantins

37,50% Rondônia

35,31% Mato Grosso do Sul

15,17% Rio Grande do Sul

Fonte: BLOG DO DINARTE ASSUNÇÃO

[segurança] Bandido tranca casal no banheiro e rouba alianças em Apodi

Ao meio de hoje (14), um bandido armado conseguiu abordar uma mulher que chegava em casa no Bairro Peque, em Apodi e a rendeu, trancando-a no banheiro juntamente com seu esposo que estava com a bebe na sala.

O assaltante mandou que ambos ficassem no banheiro enquanto ele rondava a casa a procura de dinheiro. A bebê ficou na rede. "Nós o pedimos para pegar a bebê mais ele não permitiu, ele já chegou apontando a arma", disse a jovem mãe.

Segundo as vítimas, o homem, que era moreno e estava em uma moto, levou as duas alianças do casal e um celular.

Esse é o primeiro caso de assalto a mão armada no Bairro Peque em Apodi. A Polícia Militar foi acionada.

Os moradores irão solicitar ao município que inclua o Bairro no sistema de monitoramento por câmeras da cidade.

[economia] Melão potiguar tem aumento de 187% nas vendas para o mercado externo


Um aumento de 187% nas vendas para o mercado externo. O melão produzido no Rio Grande do Norte movimentou mais de 39 milhões de dólares de janeiro a junho deste ano – uma produção de 65 mil toneladas – aumento que se deu, principalmente, pela migração de produtores em busca de áreas ricas para produzir.

“Principalmente porque o Ceará, que era também um grande estado produtor, tem problemas hídricos. Como não há água suficiente lá, muitos produtores migraram para o Rio Grande do Norte já desde o final do ano passado. Então, esses números começam a refletir agora, a partir do primeiro semestre deste ano”, ressaltou Luiz Roberto Barcelos, presidente do Comitê Executivo de Fitossanidade do Rio Grande do Norte (COEX).

Poços profundos

A estratégia dos produtores tem sido aproveitar o subsolo da região para perfurar poços cada vez mais profundos. A medida deve garantir o crescimento no decorrer do ano, inclusive com aumento de 5% na área plantada – 1.000 hectares a mais.

A produção do melão no Rio Grande do Norte corresponde a 50% da produção brasileira. A fruta produzida no estado abastece o mercado interno durante o ano todo. Mas, é no período da safra, que dura em média 8 meses, que o mercado internacional também sente o gosto da fruta.

A partir de agosto, mais da metade da produção do estado (que chega a 400 mil toneladas) vai principalmente para países da Europa, como Inglaterra e Espanha.

Tecnologia

Numa fazenda em Tibau, na região Oeste potiguar, quase na divisa com o Ceará, a área plantada deve permanecer a mesma: 10 mil hectares. Mas, a produção vau aumentar, já que processo de colheita será mais rápido.

Com o investimento em tecnologia feito no início do ano, o trabalho que era manual agora é mecanizado. “A gente tá esperando produzir 250 mil toneladas nos 10 mil hectares”, revelou o técnico agrícola Valmir Lins. Em Apodi a produção também dispara com o período da safra, as empresas que fazem o plantio já iniciaram a contratação.

Fonte: G1RN

[esporte] Arena das Dunas é depredada por torcedores do América-RN


A confusão iniciada por integrantes de uma torcida organizada do América-RN nas arquibancadas da Arena das Dunas após a eliminação da equipe na Série D do Campeonato Brasileiro, em que a Polícia Militar precisou usar gás de pimenta e bombas de efeito moral, também teve reflexo na área interna do estádio. Vândalos promoveram um verdadeiro quebra-quebra e depredaram vários ambientes da arena. Banheiros foram totalmente destruídos, portas quebradas, lixeiras arrancadas, catracas danificadas e até mesmo um quiosque foi colocado abaixo. Fotos que circulam nas redes sociais mostram o cenário de terra devastada. O prejuízo ainda não foi calculado, mas o certo é que a conta será paga pelo América-RN - existe um acordo com a administração de que os danos ao estádio são descontados da renda da partida, que foi de R$ 356.940 neste domingo. O boletim financeiro do jogo não foi divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol.

A Arena das Dunas e o América-RN ainda não se manifestaram sobre a depredação. Em campo, a Juazeirense segurou o empate por 1 a 1 e conquistou o inédito à Série C, enquanto o time potiguar terá que amargar mais um ano a Série D. Após o jogo contra o Ceilândia, o América já havia realizado campanha para pedir que torcedores não depredassem cadeiras porque o prejuízo é arcado pelo clube. Na oportunidade, deixou de faturar R$ 5.500 da renda. Agora, com certeza, a conta será maior.

[segurança] Colete de PM baleado em tiroteio na Zona Norte de Natal estava vencido há dois anos

O colete à prova de balas usado pelo sargento da Polícia Militar baleado nesta sexta-feira (11) durante uma troca de tiros na Zona Norte de Natal estava vencido há aproximadamente dois anos. O sargento Claudemir de Souza Bezerra, de 36 anos, está internado com uma bala alojada no peito, entretanto não corre risco de morte.

O tenente-coronel Zacarias Mendonça, comandante do Policiamento Metropolitano, diz não ter conhecimento de que o material estava vencido. Ele declarou que, mesmo que não esteja no prazo correto de validade para uso, o colete à prova de balas pode ter colaborado para minimizar os efeitos do disparo. De acordo com o oficial, o equipamento não perde totalmente a funcionalidade depois de vencido.

Segundo a PM, o policial foi atingido depois que a viatura em que ele estava foi alvejada por um homem suspeito de comandar o tráfico de drogas no loteamento José Sarney. O suspeito também foi baleado no tiroteio e levado ao hospital, contudo não resistiu aos ferimentos e morreu.

O projétil que acertou Claudemir de Souza Bezerra transfixou o colete balístico que ele usava e atingiu seu peito. O colete, de acordo com a indicação no próprio equipamento, está vencido há dois anos. Familiares de Claudemir também confirmaram à reportagem que o material não estava dentro do prazo de validade.

O policial está internado e passa por uma drenagem. Agora ele aguarda a autorização para sua transferência de unidade hospitalar.

Coletes vencidos

O presidente do Sindicato dos Policiais Federais, José Antônio Aquino, é membro do Fórum de Segurança Pública do RN e afirma que a organização procurou tomar providências quanto aos coletes balísticos vencidos dentro de cada uma das corporações que compõem o Fórum.

Segundo Aquino, os policiais federais entraram com uma ação na Justiça para obrigar a aquisição de coletes novos para a corporação. “E conseguimos. Vamos disponibilizar essa ação para as demais corporações, para que elas possam fazer o mesmo”, conta.

Ainda de acordo com José Antônio Aquino, atualmente, no Rio Grande do Norte, apenas a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal dispõem de coletes à prova de bala dentro da validade em quantidade suficiente para todos os policiais.

sábado, 12 de agosto de 2017

[polícia] 45 contêineres caem de navio na baía de Santos e população saqueia


Centenas de eletrônicos, eletrodomésticos, equipamentos para hospitais e material de vestuário estão espalhados pelo mar em uma área que abrange Santos e Guarujá, no litoral sul de São Paulo. Os produtos estavam armazenados en 45 contêineres que despencaram de um navio na madrugada desta sexta-feira, 11, na Baía de Santos. Autoridades tentavam coibir a ação de saqueadores. Itens como aparelhos de ar-condicionado, mochilas, cilindros de oxigênio, pneus, toalhas e tapetes estavam sendo recolhidos.

Equipes da Companhia Marítima da Polícia Militar Ambiental prenderam ao menos 11 pessoas por saque. Um grupo de dez homens foi surpreendido no Canal do Estuário do Porto de Santos em duas embarcações onde estavam mais de 100 itens, a maioria eletrônicos e eletrodomésticos. Na praia do Guaiuba, um pescador foi detido quando desembarcava cinco bicicletas de alumínio que custam entre R$ 10 mil e R$ 12,5 mil.

Os contêineres caíram no mar entre 1h30 e 3h, quando o navio Log-In Pantanal estava ancorado no Fundeadouro n.º 3, a duas milhas (3,2 quilômetros) da costa, em área destinada a embarcações com programação definida de atracação no Porto de Santos. O mar estava agitado, com ondas acima de 2 metros de altura. A navegação ficou fechada na região até 8h30.

A Marinha vai abrir inquérito administrativo para apurar o acidente. Ninguém ficou ferido. Segundo a Capitania dos Portos de São Paulo, a agência marítima Orion, responsável pela embarcação, encaminhou rebocadores ao local. A reportagem tentou contato com a empresa, mas não houve resposta.

O navio Log-In Pantanal (IMO: 9351799), de bandeira brasileira, foi construído em 2007 pela Aker MTW Werft GmbH, na Alemanha. Pertence ao armador Log-In Logística Intermodal S/A, com sede no Rio. Tem 182,47 metros de comprimento, calado (área embaixo da água) de 10 metros e largura máxima (boca) de 25,20 metros. A embarcação tem capacidade para transportar até 23.821 toneladas e pode carregar 1.706 contêineres. No dia 26 de junho, dois contêineres vazios caíram de outro navio no Porto de Santos.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO